AventureBoxExplore
Create your account
Ilha do Mel, PR

Ilha do Mel, PR

Cobrindo os três principais pontos turísticos da ilha: Gruta Encantadas, Farol das Conchas e Fortaleza.

Hiking

Para chegar na Ilha do Mel você pode optar por sair de Paranaguá ou Pontal do Sul. Ambas as cidades oferecem o serviço de transporte marítimo. De Pontal a viagem de barco dura aproximadamente 30 minutos. Foi da onde sai.

Você pode escolher dois locais na ilha para desembarcar: Encantadas, ao sul ou Brasília, na restinga. Para variar um pouco, o dia que eu fui estava com tempo bem instável, com raros momentos de Sol.

Comecei desembarcando em Encantadas e de lá, uma caminhada tranquila de aproximadamente 800 metros até chegar na Gruta Encantadas.

Após curtir a gruta, era hora de seguir para o próximo ponto da ilha, o Farol das Conchas. Da gruta, você tem duas opções. A mais preguiçosa é voltar pelo caminho que veio e pegar uma embarcação de Encantadas para Brasília. Ou uma caminhada de 5 km até o farol. Escolhi voltar para Encantadas e ir de barco, não só pela preguiça, mas ainda queria ir até Fortaleza e lá não tinha opção de barco, só caminhada mesmo.

Desembarcando em Brasilia, é só seguir as placas até o farol. São 2 km até lá e muitas escadas, mas a vista do lugar compensa, principalmente se o tempo estiver bom. Uma pena que não dá para entrar no farol.

Enquanto na Gruta das Encantadas o tempo estava relativamente bom, quando chegamos no farol começou a fechar, mas ainda sem chuva. Hora de encarar 5 km pela praia para chegar na Fortaleza. Pelo caminho encontramos umas 3 ou 4 carcaças de golfinho sendo devorada por urubus, algumas Maria Farinha e um simpático cãozinho que nos acompanhou parte do trajeto.

Quase chegando na Fortaleza, o tempo fecha de vez e começa a chover torrencialmente. Continuei, afinal não valia a pena desistir tão perto. O meu único erro foi não estar atento à tábua de marés. Não é muito inteligente ir para Fortaleza na maré cheia. Não chega a ser perigoso, mas se você está carregando seu valioso equipamento fotográfico, é no mínimo preocupante.

Enfim, vencida a parte alagada pela maré, chegamos na entrada lateral da Fortaleza.

E a chuva deu uma trégua, só queria nos sacanear no trecho mais complicado mesmo. Afinal, não bastava a maré cheia, tinha que vir água de cima também.

Lá na Fortaleza tem uma pequena trilha para o Morro da Baleia, são 300 metros de caminhada morro acima que termina nas ruinas do que antes foi uma base de artilharia anti aérea. Apesar da curta distância, é uma subida puxada e com chuva, escorregadia. Portanto é bom tomar cuidado, uma queda ali seria no mínimo dolorosa.

O dia já estava terminando e precisava voltar. Pelo menos não precisaria encarar nem maré alta e nem chuva, que parou por completo.

O caminho antes tomado pela água do mar, agora estava assim:

5 km de caminhada de volta para Brasília, pegamos a embarcação para Pontal do Paraná e ganhei um presente da natureza. O tempo abriu e pude apreciar um belo pôr do Sol:

André Rosa
André Rosa

Published on 08/11/2015 00:06

Performed on 10/21/2014

Views

4452

2
Camila
Camila 08/11/2015 09:56

Queee lindoooo!!!! Sou louca pra conhecer... parabéns pelas fotos!

André Rosa
André Rosa 08/11/2015 11:07

Vá sim Camila, o lugar é muito lindo mesmo. Mas prefira uma data mais perto do verão, para aumentar as chances de um dia bom. Como eu fiquei hospedado na casa de uma amiga em Pontal do Paraná, não tive necessidade de ficar na ilha, mas lá você também tem muita opção de hospedagem. Só tente evitar feriados prolongados e alta temporada. Na baixa os valores já não são muito convidativos, na alta então...