AventureBoxExplore
Create your account

Comparativo de fogareiros a álcool

Resumo comparativo (inútil) sobre fogareiros a álcool com base em um vídeo do Youtube

Fogareiros a álcool são bem incomuns, creio eu, entre os trilheiros do Brasil. No entanto, ainda existe um monte de aficcionados por essas belezuras antiquadas, como eu e o Rafael Beraldo, principalmente fora do país, onde ainda parece haver uma grande comunidade de interessados nesse tipo de mecanismo, sejam os industriais, como o famoso Trangia, que você acha no Mercado Livre pela bagatela de R$ 190,00, ou os manufaturados, como o "Melhor fogareiro do mundo", de acordo com o Ricardo Cavallini, outro que parece se divertir muito fabricando e usando esse tipo de material. Aliás, é um desses que eu uso nas minhas expedições por aí.

Além disso, como parece demonstrar essa publicação comparativa do Piá Ventura, talvez ainda existam pelas bandas tupiniquins alguns interessados em fogareiros à álcool.

Seja como for, hoje acabei me deparando com o vídeo de um gringo que resolveu pôr à prova várias dessas obras de engenharia e, como ele apresentava uma grande tabela no final com seus resultados, eu, em vez de trabalhar, resolvi perder 40min da minha existência colocando os seus dados em um gráfico - na verdade dois.

Resumidamente, o experimento consistia em mensurar o tempo de fervura (boil time) de dois copos de água e o tempo total de queima (burn time), ou seja, quanto tempo o fogareiro ficava aceso, com uma onça de álcool (aproximadamente 30ml).

Os resultados que ele obteve estão compilados no gráfico abaixo:

O resultado parece claro: o dito "melhor fogareiro do mundo" (Fancy Feast, no gráfico, mas também chamado de catcan stove) de fato é o que mais rápido em ferver os tais copos de água. Repare, no entanto, que o seu tempo total de queima também é muito rápido. Há fogareiros, porém, como o Trangia e o Lixada, que você encontra no Ali Express por cerca de R$ 80,00, que demoram um pouco mais para ferver a água, mas que duram muito mais, mantendo a chama acesa por mais tempo.

O que eu resolvi fazer, então, e que o cidadão gringo lá não fez, foi calcular a eficiência de cada fogareiro, simplesmente dividindo o tempo de fervura (boil time) pelo tempo total de queima (burn time). Desse modo, temos uma mensuração de quantos porcento do tempo total de queima foi usado para ferver a água. Nessa métrica, quanto menor o valor, melhor o fogareiro, já que o tempo restante após a fervura significa sobra de combustível para ferver mais água ou fazer outro alimento. O resultado está compilado no gráfico abaixo:

Nesse caso, o famoso Trangia de fato mostrou seu valor (desconsiderem, obviamente, o fogareiro do Walmart, que morreu antes sequer de ferver qualquer coisa e por isso tem um zero ali no gráfico).

Olhando para esse gráfico, eu dividiria tais fogareiros em três grupos, que, acredito, devem ser mais ou menos equivalentes: o Tangia, o Lixada e o Solo (próximo dos 0.70 de eficiência); os 4 próximos dos 0.80 de eficiência, incluindo aí o Fancy Feast e o Sprite Can (que eu ainda tenho vontade de construir); e os 3 acima de 0.80.

Ah! Agora, se você quiser saber exatamente qual fogareiro é qual aí nessa lista, terá que conferir o vídeo que o cara fez lá no canal dele.

A imagem da capa eu roubei desse cara aqui.

6
Rafael
Rafael 03/01/2021 23:36

Excelente contribuição esse último gráfico. Ajuda a tomar uma decisão que se já parecia óbvia, agora está comprovada: fogareiros feitos em casa não só são viáveis, como alternativas muito mais baratas. Interessante que os do tipo "Fancy Feast" são um divisor de águas entre o grupo 2 e 3. O próximo passo me parece ser construir diversos fogareiros desses a partir de latas e pavios diferentes e ver se há diferença de desempenho entre eles, ou seja, se há ou não consistência nós fogareiros caseiros da classe fancy feast.

Igor de Oliveira Costa
Igor de Oliveira Costa 03/01/2021 23:43

Rapaz, o maluco lá do YouTube é um obcecado em ferver água. Parte dessa comparação aí que vc sugere ele já fez. Segue o link: https://youtu.be/LTIwPa1RvaY

Rafael
Rafael 03/02/2021 00:00

Massa! Valeu, vou conferir.

Edson Maia
Edson Maia 03/06/2021 12:18

Eu tenho uma espiriteira(fogareiro) igual ao que a marca Azteq vendia por aqui... comprei da China pois não consegui o da Azteq em lugar nenhum quando procurei. Uso com etanol e é muito eficiente e econômico. Mas ele é mais para backup. Por segurança ainda acho mais eficiente fogareiro à gás.

Igor de Oliveira Costa
Igor de Oliveira Costa 03/07/2021 17:36

Concordo, Edson, acho que não tem comparação os fogareiros a gás, com todo uma tecnologia embutida, possibilidade de controle de chama, etc. O que mais me atrai nos a gás é o volume (não o peso). Com os fogareiros a gás, por mais que sejam pequenos, como aquele da Naturehike que é minúsculo, tem sempre o volume do botijãozinho de gás ou da garrafa. Com os a gás, levo só a espireteira e uma quantidade planejada de álcool, que acaba ocupando muito menos espaço. Pra mim, é um divisor de águas. Quanto a esse da Azteq, já vi um reviu dizendo que era bem bom, mas que as perninhas de suporte às vezes deixavam uma insegurança.

Igor de Oliveira Costa
Igor de Oliveira Costa 03/07/2021 17:38

*...o que mais me atrai nos a álcool...