AventureBoxExplore
Create your account

COMO ESCOLHER E ARRUMAR SUA MOCHILA CARGUEIRA

Um guia completo para te ajudar a escolher e arrumar a sua mochila cargueira

Alma Outdoor
Alma Outdoor 08/14/2020 09:03

Por: Sandro Gavião

É fácil se perder na hora de escolher uma mochila cargueira para chamar de sua. Afinal de contas são muitas marcas e modelos, cada uma com suas especificações e características.

Nesse artigo vamos te ajudar a entender os diferentes tipos de mochilas, como escolher a mochila certa para a sua atividade e como arrumar suas coisas dentro de uma mochila cargueira para otimizar espaço e não deixar nada para traz.

COMO ESCOLHER UMA MOCHILA CARGUEIRA
Entrar na loja e escolher uma mochila cargueira talvez seja o momento mais delicado, pois é agora que o nosso bolso entra em ação.

A ideia de que a mais cara é a melhor nem sempre é verdade. Não adianta comprar uma mochila super cara se você irá fazer apenas trilhas curtas. E claro que o oposto também é válido, não pense em economizar se precisa de uma mochila para grande carga e vários dias de caminhada.
Analise bem os tipos de mochilas e suas utilizações e escolha a mochila que se encaixe perfeitamente com o seu tipo de atividade.

Uma coisa é fato, ninguém faz milagre, não existe mochila cargueira barata sem abrir mão de qualidade e conforto. Ou seja, desconfie de mochilas cargueiras muito baratas.

TIPOS DE MOCHILAS E SUAS UTILIZAÇÕES
O principal é saber que existem quatro tipos de mochilas para atividades outdoor divididas de acordo com a sua capacidade de carga e uma específica para hidratação:

Mochila de ataque: são as mochilas menores com capacidade de até 35 litros. Cabe o necessário para trilhas de algumas horas ou de um dia sem necessidade de pernoitar como blusa, alimentos leves, hidratação, utensílios de higiene, etc.

modelo de mochila de ataque

Mochila semi cargueira: um pouco maiores, com capacidade de 35 a 55 litros. Ótimas para trilhas de mais de um dia onde há a necessidade de pernoitar e carregar barraca, alimentos e demais equipamentos de camping.

modelo de mochila semi cargueira de 40 litros

Mochila cargueira: com grande capacidade de carga, a partir de 55 litros. Indicadas para não deixar faltar nada em travessias de vários dias.

modelo de mochila cargueira de 50 litros

Mochila de hidratação: como o nome sugere, a maior parte de seu espaço é feita para acomodar um compartimento de hidratação que varia de 1,5 a 3 litros de água. Em alguns modelos há também compartimentos para carregar pequenos itens como blusa, celular, carteira, capacete...
É indicada para trailrun, mountain bike, hiking ou qualquer atividade onde o praticante não quer diminuir o ritmo pegando uma garrafa d’água. Ele pode se hidratar enquanto corre, pedala ou caminha. Existem modelos de mochilas de ataque e cargueiras que também tem um compartimento para reservatório de hidratação.

modelo de mochila de hidratação

A maioria das mochilas atuais têm em sua descrição capacidade de carga extra. Exemplo: 50 litros mais 10, ou 70 litros mais 10. Isso porque essas mochilas tem uma espécie de avanço ou um compartimento expansível. Caso necessário (e na maioria das vezes é) pode ser utilizado para armazenar mais itens. Ou seja, é uma mochila de 50 litros que na verdade carrega 60.

AS PARTES DE UMA MOCHILA CARGUEIRA
​Na hora de escolher preste muita atenção em todas as partes que compõem sua futura mochila cargueira.

Tampa A tampa fica no topo da mochila. Além de fechar a parte superior, ela deve conter um compartimento para itens que precisam de fácil acesso como celular, protetor solar, barra de cereal, canivete, remédios ou qualquer outra coisa pequena que possa se perder dentro da mochila.
A maioria dos modelos têm tampa com bolsos externos e internos.

Alças As alças devem ser bem acolchoadas e macias e com uma boa costura que não fique em atrito com os ombros. Uma alça ruim que fique arranhando pode estragar a roupa, causar uma assadura ou até ferimento pelo atrito prolongado.

Bolsos laterais Também devem ser utilizados para itens de fácil acesso. Por ter geralmente um formato mais alongado são ótimos para levar garrafas d’água ou um pequeno tripé de câmera.

Tiras de compressão As tiras de compressão ficam na parte externa da mochila. Geralmente nas laterais, dependendo do modelo também podem estar em outras partes como na tampa ou na parte de baixo da mochila. Ótimas para prender aquela blusa que você acabou de tirar do corpo, isolante térmico ou os bastões de caminhada.

Cinto peitoral Localizada nas alças, na altura dos ombros. Apesar de ignorada por muitos, é extremamente importante para estabilizar a mochila no corpo durante os movimentos em trilhas acidentadas. As tiras podem ser reguladas na altura do tórax deslizando-as para cima ou para baixo. As mulheres devem ter uma atenção especial a essa regulagem evitando que as tiras fiquem em cima dos seios.

Cinta lombar Popularmente conhecida como barrigueira. É um item muito importante, pois ajuda a estabilizar a mochila nos quadris. Ela deve ser larga, almofadada, de fácil regulagem e feita com material transpirável e que dê conforto ao se movimentar. A maioria dos modelos de qualidade aproveita essa parte para colocar mais compartimentos para pequenos itens.

Costado O costado é a parte da mochila que fica em contato com as costas do usuário. Uma boa mochila cargueira deve ter um costado bem acolchoado, com um design que deixe um espaço entre as costas e a mochila criando uma espécie de corredor de ventilação nessa região. Parece apenas mais um luxo, mas fará toda diferença no conforto evitando o acumulo de suar nas costas que pode causar até mesmo uma irritação de pele depois de algumas horas de caminhada.

Barras de estabilização Esse é um item muito importante em mochilas com carga acima dos 40 litros. Podemos dizer que é a alma de uma mochila.
As barras fazem parte da estrutura da mochila. Elas são responsáveis por deixar a mochila reta evitando que se dobre as costas de maneira incorreta causando desconforto ou até mesmo uma lesão na coluna.
Geralmente as barras são feitas de um metal leve conhecido como duralumínio. Outras marcas utilizam barras de plástico rígido, o que deixa a mochila cargueira mais leve, porem pode ser que a durabilidade do plástico não seja tão longa quanto a do metal.
Seja qual for o material, esse é um item que se deve prestar muita atenção na hora da escolha. Não saia da loja com uma mochila cargueira sem uma boa estrutura de barras de estabilização.

EXTRAS As partes descritas acima são básicas em qualquer mochila de qualidade. Mas vale a pena pesquisar e comparar as marcas e modelos que oferecem itens a mais:

Bolsos extras: a criatividade é o limite e quanto mais bolsos extras tiver melhor. Muitas marcas colocam bolsos nas alças ou na cinta lombar. Outras têm redes na parte de fora para itens que precisam de rápido acesso.

Divisões internas: Aqui também não há limite para a criatividade de cada modelo. As divisões são importantes para organizar melhor os itens dentro da mochila. Alguns modelos oferecem compartimentos isolados dentro da mochila para colocar roupa suja ou molhada por exemplo.

Partes removíveis: há modelos que tem partes removíveis. Como as tiras. Se você sabe que não irá utilizar todas as tiras, basta remove-las. Outros modelos têm bolsos que se destacam e podem ser utilizadas individualmente como uma bolsa pequena ou pochete.

Capa de chuva: esse é um item extra que é quase obrigatório. A maioria das marcas de qualidade oferecem capas de chuvas em seus modelos.

Mochila cargueira com capa de chuva

COMO ARRUMAR SUA MOCHILA CARGUEIRA

Agora que você já escolheu sua companheira de aventuras, é importante saber como organizar todos os itens dentro de sua mochila cargueira antes de enfiar um monte de tralhas e roupas.

Não vou explicar aqui o que levar, mas sim como organizar seus itens dentro de uma mochila. Check list Fazer uma checagem de todos os itens que pretende colocar em sua mochila cargueira é o primeiro passo.

Além de uma lista em um papel ou planilha eletrônica é importante fazer uma checagem visual. Coloque todos os itens em cima de uma mesa ou até mesmo no chão e analise tudo que precisa levar e se seu equipamento está em ordem.

Isso é fundamental para entender qual a condição do seu material, se está faltando baterias no equipamento de iluminação, se a sua faca esta afiada, se o seu saco de dormir está limpo, as varetas de sua barraca não estão quebradas... A verificação visual também é importante para não esquecer itens importantes que muitas vezes são ignorados. Não é difícil alguém se preocupar em checar como está o equipamento de escalada, mas esquecer do papel higiênico. Peso da mochila cargueira O peso que você irá carregar em sua mochila cargueira pode determinar se você vai terminar o dia com uma experiência incrível em meio à natureza ou se a visita a um ortopedista será sua próxima parada. O excesso de peso em médio prazo pode lesionar sua coluna e joelhos.

Use uma regra bem simples para determinar a quantidade de peso de sua mochila cargueira. Carregue sempre no máximo 20% de seu peso corporal. Ou seja, se você pesa 80 quilos sua mochila deve pesar no máximo 16 quilos.

Esse peso deve até ser menor se a pessoa não tiver um bom preparo físico e condições musculares para aguentar.

COLOCANDO OS ITENS DENTRO DA MOCHILA CARGUEIRA

Nesse momento é importante distribuir o peso de forma correta e inteligente. Se houver muito peso na parte de cima da mochila, por exemplo, além de sobrecarregar os ombros, pode ocasionar um desequilíbrio ao caminhar na trilha e isso com certeza resulta em um tombo. O mesmo pode acontecer se concentrar todo o peso na parte de baixo.

O ideal é concentrar o peso no costado ao longo da coluna, mantendo assim o centro de equilíbrio.
Divida sua mochila em partes da seguinte maneira:

Fundo: Coloque itens que podem ser amassados, saco de dormir, lonas, roupas, etc.

Costado: Coloque itens mais pesados no costado, rente à coluna. Nessa parte também devem estar os materiais mais frágeis que não podem sofrer impactos ou umidade.

Corpo da mochila: Aqui vão os itens que podem ser amassados ou sofrer impacto como roupas e toalhas por exemplo.

Parte superior e tampa: os itens que precisam de acesso rápido vão aqui. Maquina fotográfica ou celular, óculos, agasalho, protetor solar, etc.

Bolsos laterais: Esses são ideias para garrafas de água.

No fundo de sua mochila cargueira coloque itens que podem ser amassados como o saco de dormir.

Agora é hora de descobrir se a sua mochila cargueira está com o peso bem equilibrado.


Coloque sua mochila no chão sem nenhum apoio, ela deve ficar em pé, se ela cair para algum lado reveja a distribuição dos itens dentro dela.
Outra maneira de verificar o equilíbrio da mochila é colocando a mochila nas costas. Preste atenção se ela está jogando seus ombros para trás ou sobrecarregando seus quadris. Se isso acontecer reveja a distribuição dos itens.

Prenda a cinta lombar e o cinto peitoral. Fique com a mochila por uns 15 minutos, tente andar, se inclinar para todos os lados. Analise se o peso é ideal e se ela não te derruba para nenhum lado.
Se sentir que a mochila cargueira está bem equilibrada, parabéns é só partir para a aventura.
Mas, se achar que a mochila cargueira está te desequilibrando ou que o peso está acima do que você aguenta comece tudo de novo.

Não se preocupe. Arrumar uma mochila cargueira não é fácil. Repita quantas vezes for possível e mesmo assim ainda haverá erros. Apenas o tempo e a prática deixarão você craque na arrumação de sua mochila. DICAS EXTRAS PARA ARRUMAR SUA MOCHILA CARGUEIRA

  • Não deixe espaços vazios: Deixe pequenas peças de roupa e objetos menores para o final e preencha todos os espaços vazio da mochila com eles.

  • Utilize sacos estanques: Coloque itens que não podem molhar como equipamentos de imagem e alimentos dentro de sacos estanque. Além de mantê-los secos, organiza melhor os espaços dentro da mochila. Recipientes plásticos para congelar alimentos servem perfeitamente e são encontrados com facilidade em supermercados.​
  • Isolantes térmicos: Com certeza você já viu aquela imagem clássica da mochila cargueira com o isolante térmico enrolado na parte externa. Bonito né? Mas dependendo da trilha ela pode atrapalhar enroscando em galhos. Uma dica interessante é dobrar o isolante e colocar na mochila como se fosse uma divisória. Ele ajudará a manter os itens pesados encostados no costado e a organizar melhor a mochila.​
  • Se sua barraca não cabe na mochila: Desenrole a barraca e dobre bem em formato quadrado. Agora ela cabe no fundo de sua mochila. As varetas podem ir presas nas fitas de compressão laterais. Só não esqueça os specs.

Vamos trocar conhecimento e experiências? Tem mais dicas de como arrumar sua mochila cargueira? Compartilhe conosco. Mande uma mensagem no formulário abaixo ou entre em contato em nossas redes sociais.

AGRADECIMENTO: Muito obrigado a Curtlo por fornecer as imagens que ilustram essa matéria.

6
Bruno Negreiros
Bruno Negreiros 08/14/2020 09:05

Muito legal!!

Alma Outdoor
Alma Outdoor 08/14/2020 09:13

Valeu Bruno

Marcelo Tartari
Marcelo Tartari 08/17/2020 20:25

Ótimas dicas para quem está começando no trekking

Alma Outdoor
Alma Outdoor 08/18/2020 08:36

Obrigado Marcelo. O intuito aqui é ajudar sempre. Abraços

Matheus Villela
Matheus Villela 08/18/2020 15:09

Excelente matéria! Parabéns pela dedicação e grato pelo tempo de preparo desse conteúdo!

Alma Outdoor
Alma Outdoor 08/18/2020 15:51

Wow!!! Obrigado pelo reconhecimento Matheus!!!

Alma Outdoor

Alma Outdoor

Rox
371

Conteúdo informativo de qualidade para incentivar e inspirar as pessoas à prática de atividades ao ar livre, a interação com a natureza e a uma vida mais saudável.


19 Posts

See More

29 Following