AventureBoxExplore
Create your account

Lendas Pico do Jaraguá

@elasoutdoorsp uma lenda diferente sobre algum lugar incrível.

Senhor do Vale

O Pico do Jaraguá é o ponto mais alto do município de São Paulo, no Brasil, elevando-se a uma altitude de 1.135 metros.

Situa-se no bairro do Jaraguá, a oeste da serra da Cantareira.

Nos seus arredores, foi criado o Parque Estadual do Jaraguá (PEJ), uma Unidade de Conservação criada em 1961 (e declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1994) para salvaguardar a fauna e a flora localizada ao longo de 492,68 hectares dos biomas do Cerrado (savana arborizada) e da Mata Atlântica.

Há atualmente seis aldeias guaranis ao redor do pico.

Vista do Pico do Jaraguá, que significa "Senhor do vale" em tupi-guarani".

Nuvem Branca do Jaraguá

No período colonial, os chamados bandeirantes utilizavam o Pico do Jaraguá como referência (um tipo de bússola) para se orientarem ao longo do Planalto Paulista (faixa de terra que cobre quase metade do Estado de São Paulo).

O Jaraguá é o marco da desobediência ao Tratado das Tordesilhas, que delimitava as fronteiras do Brasil. É o símbolo do bandeirismo expansionista.

O pico do Jaraguá, senhor dos montes, via passar ao seu sopé os caminhos que conduziam primeiro os indígenas, depois os bandeirantes pelo Brasil.

Quando de São Paulo partiam as bandeiras sertão a dentro, por dois ou três dias de
caminhada, ainda conseguiam avistar o Jaraguá.

Então, as mães, esposas e filhas que tinham seus filhos, maridos e pais nas bandeiras,
subiam até o pico do Jaraguá e, de lá, com lenços brancos ou lençóis amarrados à guisa de bandeira, acenavam ao que cada vez mais se distanciava.

Era o adeus!...

Quantas lágrimas derramadas naquela escalada, quanta esperança não se tornava em desespero, após esta última despedida.

Agora, quando uma nuvem branca aparece cobrindo o cimo do Jaraguá, em dia de
céu límpido, é a alma daquelas que morreram de tanto esperar, e ali voltam para a despedida final.

A nuvem branca é a soma de milhares e milhares de gotas de lágrimas derramadas
pelas que foram dizer adeus ao bandeirante que partia para prear índios, buscar ouro,
alargar as fronteiras do Brasil.

Este local era considerado pelos Bandeirantes o Portal da Então Vila de São Paulo do Campos de Piratininga.

E hoje, mesmo que seja lenda, a verdade é que em maio, mês em que as bandeiras partiam, embora o céu esteja todo cor de anil, lá em volta do pico do Jaraguá existe uma nuvem branca recontando o passado glorioso dos paulistas – é a Nuvem do Adeus!...

Mais antigo que o Everest

Mais antigo que a cordilheira dos Andes (formada entre 100 milhões e 30 milhões de anos) e que a cordilheira do Himalaia (originada entre 70 milhões e 30 milhões de anos), o Pico do Jaraguá foi modelado na paisagem há cerca de algo entre 700 milhões e 500 milhões de anos, durante a formação do supercontinente Gondwana.

Havia uma trilha indígena com mais de 3 mil quilômetros, que cortava a América do Sul de leste a oeste, a qual talvez passasse por cima do elevado.

Morro Testemunho

O Pico do Jaraguá é um elevado de quartzo intemperizado (quartzito).

O quartzo conta com nível de dureza "7" na Escala de Mohs e é, portanto, mais duro que o aço, que tem grau 4-4.5 na mesma escala.

O quartzito, por sua vez, tem mais de 75% de quartzo em sua composição. Isso faz do Pico do Jaraguá um morro altamente resistente contra a erosão.

Por isso, ele é chamado de Morro Testemunho no meio acadêmico.

Casarão Afonso Sardinha e seus mistérios

Localizado no Parque Estadual do Jaraguá, em São Paulo, conhecido por ser uma edificação histórica, mas que também apresenta grande atividade paranormal. muitas pessoas testemunharam manifestações sobrenaturais seja no próprio casarão ou nos seus arredores.

Quem já passou a noite na centenária edificação diz que é possível ouvir sons como os de correntes sendo arrastadas, estrondos pelas paredes e vultos perambulando por seus cômodos.

Os seguranças que fazem a ronda noturna pelo parque evitam passar por perto do casarão alegando que já viram vultos circulando por suas dependências, além de ouvirem risadas e lamentos vindos do seu interior.

Na aldeia indígena próxima ao parque, onde ainda hoje se encontram as pias utilizadas para lavagem do ouro na época, também há relatos de manifestações estranhas.

Afonso Sardinha (o velho), de origem portuguesa, foi um bandeirante conhecido como caçador de índios e traficante, sendo um dos primeiros a comprar escravos em Angola e trazê-los ao Brasil.

Sardinha descobriu vestígios de ouro no Ribeirão Itaí, que fica no Pico do Jaraguá, por volta de 1580 e com isso resolveu se estabelecer na região, fundando a Fazenda Jaraguá.

Nela ele construiu a sede, o casarão que hoje leva seu nome, e nele viveu até 1616, quando faleceu.

A quantidade de indígenas e negros mortos na região do Pico do Jaraguá foi enorme.

Afonso Sardinha e seus capatazes guerrearam com os Carijós e Guaranis pela posse das terras durante dez anos, até que finalmente saíram vitoriosos. Podemos então calcular a quantidade de vidas que foram ali perdidas.

Elas Outdoor Sp

Elas Outdoor Sp

São Paulo

Rox
1072

Relatos e dicas de mulheres apaixonadas pelo esporte outdoor ♀️⛰🏕🏄🏽‍♀🧗🏻‍♀🚴🏾‍♀🚣🏿‍♀ Instagram: @elasoutdoorsp 🔰 Desde 03/2020

Adventures Map
linktr.ee/elasoutdoosp

43 Posts

See More

111 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruno Negreiros, Dri @Drilify and 405 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Fabio Fliess, Peter Tofte and 156 others support the Together page.