AventureBoxExplore
Create your account

Parque Nacional Da Serra da Bocaina

Você Sabia Que !? é o novo canal de curiosidades do @elasoutdoorsp! Acompanhem no nosso IG!

Parque Nacional da Serra da Bocaina (PNSB)

O Parque Nacional da Serra da Bocaina é uma das maiores áreas protegidas da Mata Atlântica com 104 mil hectares.

Localiza-se em trecho da Serra do Mar na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Engloba as cidades: Angra dos Reis (RJ), Parati (RJ), Areias (SP), Cunha (SP), São José do Barreiro (SP), Ubatuba (SP).

A sede do parque fica na cidade de São José do Barreiro, no Estado de São Paulo e administrado pelo ICMBio.

O PARNA (Parque Nacional) foi criado em 08 de junho de 1972.

A criação do parque teve como objetivo a implantação de um escudo de vegetação nativa, nas escarpas da Serra do Mar como proteção de um eventual acidente nuclear nas usinas de Angra I e II.

Estima-se que 60% da vegetação seja composta por mata nativa (mata atlântica), e que o restante seja mata regenerada (secundária) há mais de 30 anos.


O parque oferece muitas atrações turísticas naturais, tais como praias, piscinas naturais, rios, cachoeiras, picos e mirantes, sem contar a riqueza de flora e fauna, típica da Mata Atlântica.

O parque, do ponto de vista turístico, pode ser dividido em dois roteiros bastante distintos: Serra e Litoral

■■■■ Serra ■■■■

Também chamada “parte alta”, é onde o visitante encontra várias cachoeiras, picos e mirantes.

A parte serrana inclui os municípios de São José do Barreiro, Areias e Cunha, além de Silveiras, Arapeí e Bananal (zona de amortecimento).

Na entrada do parque fica o início do trecho final da Trilha do Ouro, com uma extensão de aproximadamente 73 quilômetros, e que termina na praia de Mambucaba, em Angra dos Reis.

Esse roteiro tem acesso por São José do Barreiro, no Vale do Paraíba.

Os caminhos e trilhas do ouro que o atravessam, remanescentes da época dos tropeiros, bem como a cultura caipira e caiçara conservada na porção serrana e litorânea, respectivamente.

Cachoeira de Santo Izidro • 70m: é a cachoeira mais próxima da sede na região serrana. Situada a 1,5 km da entrada principal do Parque (45 minutos de caminhada).

Cachoeira das Posses • 40m: tem acesso pela portaria do parque em São José do Barreiro, a aproximadamente 8 km de distância.

Cachoeira do Veado: Fica a 26,9 km da portaria principal do Parque e é a mais famosa sendo parada obrigatória para visitantes que fazem a Trilha do Ouro.

Consiste em duas quedas de mais de 100 metros e fica a dois dias de caminhada, pela Trilha do Ouro, num dos locais mais preservados do Parque.

A Pedra da Macela • 1.840m: é o mais relevante dentre os mirantes do Parna da Serra da Bocaina. Embora ela esteja localizada no município de Paraty/RJ seu acesso é por Cunha/SP. De outro ponto do mirante é possível apreciar boa parte do Vale do Paraíba.


Pico do Tira Chapéu • 2.088m:
Está entre os dez pontos mais altos do Estado de SP. É o ponto mais elevado do PARNA

A vista para o Vale do Paraíba, Vale do Mambucaba e Paraitinga compensa as três horas de caminhada morro acima.

Mirante do Sobrado • 1850m
Fica próximo da portaria do parque em São José do Barreiro e tem aproximadamente 1.850m de altitude. A subida de 2 horas de caminhada leva ao ponto mais alto que dá vista para todo o vale do rio Mambucaba, onde se vê a Pedra da Macela e Pedra do Frade. Fica exatamente na divisa do parque com a Fazenda Floresta, em São José do Barreiro.


■■■ Litoral ■■■

Também chamada “parte baixa”, inclui trechos dos municípios de Ubatuba, no Estado de São Paulo, sobrepostos parcialmente com o núcleo Picinguaba do Parque Estadual da Serra do Mar; e de Paraty e Angra dos Reis, no Estado do Rio de Janeiro.

Tem como destaque as praias do Meio e da Caixa D’Aço, além de uma piscina natural, todas emolduradas pelo verde da Mata Atlântica. O acesso ocorre por Paraty.

Região de Trindade

Mambucada
O Rio Mambucaba nasce no alto da Serra da Bocaina, em São José do Barreiro, e desce em direção ao litoral, desaguando na divisa entre Paraty e Angra dos Reis.

Acompanhando a maior parte de seu curso segue uma das trilhas do ouro mais famosas da região

Pedra do Frade


A Pedra do Frade pode ser vista de diferentes pontos altos do parque, como o Pico do Tira Chapéu, Pedra da Macela e Mirante do Sobrado. A Pedra pode ser vista também de todo o litoral de Angra dos Reis, inclusive da BR 101.


Tem aproximadamente 1.500m de altitude e de seu topo se tem uma visão 360° avistando-se a baía da Ilha Grande, a planície litorânea de Angra dos Reis e Parati, a Serra da Bocaina e a Serra do Mar.

Patrimônio Mundial da UNESCO

Chamado por alguns como “o paraíso do trekking no Brasil”, em julho de 2019 o PARNA recebeu o título de Patrimônio Mundial da UNESCO.

O título abrange áreas de seis municípios dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, sendo que a maior parte está em Paraty (RJ) e Angra dos Reis (RJ). A região preservada inclui, ainda, Ubatuba (SP), Cunha (SP), São José do Barreiro (SP) e Areais (SP). A área é cercada por quatro áreas de conservação ambiental, além de ser palco de um dos principais centros históricos e culturais do país.


Abrange um território de quase 149 mil hectares, contemplando o Parque Nacional da Serra da Bocaina e a Área de Proteção Ambiental de Cairuçu, ambas unidades de conservação federais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), além das estaduais (Parque Estadual da Ilha Grande e a Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul).


A área de entorno, com mais de 407 mil hectares, possui 187 ilhas, grande parte coberta de vegetação primária, onde salta aos olhos da rica diversidade marinha. Agora, são 22 bens brasileiros na lista de sítios de excepcional valor universal.

Além dos recursos naturais – que abrangem montanhas e praias – a proposta enaltece a cultura, com as comunidades quilombolas, indígenas e caiçaras que vivem na região. O título considera tanto a biodiversidade quanto a cultura local, que inclui, entre os pontos, o artesanato e a língua dos povos tradicionais da região.

O local é o primeiro bem brasileiro inscrito na categoria de sítio misto, cultural e natural.

Elas Outdoor Sp

Elas Outdoor Sp

São Paulo

Rox
1061

Relatos e dicas de mulheres apaixonadas pelo esporte outdoor ♀️⛰🏕🏄🏽‍♀🧗🏻‍♀🚴🏾‍♀🚣🏿‍♀ Instagram: @elasoutdoorsp 🔰 Desde 03/2020

Adventures Map
linktr.ee/elasoutdoosp

43 Posts

See More

111 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruna Fávaro, Bruno Negreiros and 386 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Renan Cavichi, Fabio Fliess and 142 others support the Together page.