AventureBoxExplore
Create your account

Review Salomon Peak 30l

Review de mochila leve e versátil

Continuando os reviews, vou falar da minha segunda coisa esquisita. A primeira foi a barraca sea to summit specialist duo.

Pois bem, trata da mochila Salomon Peak 30l que adquiri no Peru em 2019. Uma grata aquisição, já que lá custa 1/3 daqui.

Impressionante como o brasileiro não cansa de pagar impostos.

Adquiri na própria loja da Salomon em Lima como uma compulsão que possuo por mochilas...

Ela é muito leve cerca de 500g e possui um sistema completamente diferente das mochilas normais digo isso porque ao contrário do que usualmente fazemos a barrigueira não é o ponto mais importante do apoio de peso.

Nessa mochila a distribuição de peso é muito compartilhada com os ombros o que torna seu uso minimalista uma vez que não contamos tanto com a cintura sendo responsável por uma boa distribuição do peso que carregamos em nossas mochilas.


Porém se você adota uma linha de trekking light ou ultra light fará bom uso dessa mochila. Até mesmo para um ataque um day hikking.

Seu primeiro uso comigo foi em Huayhuash, que fazia justamente isso: servia para levar minhas coisas de uso, ao passo que o restante era despachado com as mulas.

Depois no Saco do Mamanguá-Paraty.

Mas o teste mesmo veio agora, com Ilha Grande.

Ela possui bolsos laterais mais a semelhança com as mochilas convencionais para por aí. possui um zíper que garante amplo acesso ao seu interior, com uma sacada de que existe uma parte oculta para transporte de casacos ou roupas molhadas ao se abrir todo zíper. Possui ainda um bolso superior para pequenos objetos e nas alças dois conjuntos de bolsos com espaço para garrafas de bebidas também fora isso a um espaço para encaminhou back de até 3l (já testei).

Não sei ao certo a capacidade máxima de peso mas suportou tranquilamente 7kg ao longo dos meus 160km percorridos na Ilha Grande.


A ideia da mochila é mais para corrida do que para um trekking uma vez que deixa livre a área do quadril para o melhor movimento.

Além disso ela possui uma série de pequenos entalhes para fixar mosquetão as ou prender alguns itens amarrados.

Serviu muito bem é o meu uso nessa longa caminhada, deixando de ser, para mim, somente uma mochila de ataque.

Como disse posso várias mochilas desde uma futura Pro que sozinha pesa cerca de 3,5kg até essa minimalista Salomon de 500g (agora tenho uma nova ultra leve, de 450g).

É preciso assim adequar o seu equipamento a mochila, vale dizer, devemos sempre pensar primeiro no equipamento (que temos que levar) e depois na mochila que utilizaremos

Levei a barraca um liner, barraca, poncho, isolante, roupas, lanche e uma série de outros itens deixando só de fora a parte de fogareiro, pratos e talheres de camping (quem já leu a reportagem sobre a barraca sabe que ela tem dimensões compactas), por isso no meu caso os 30l foram mais que suficientes para o uso durante 11 dias.

Uma coisa que eu tenho notado é que cada vez mais tenho reduzindo o peso dos equipamentos e consequentemente o tamanho da mochila. Isso me proporciona uma caminhada muito mais prazerosa.

Como já disse aqui, o meu primeiro grande trekking foi o circuito completo em Torres del Paine. Ali utilizei uma futura Pro deuter, com 60 + 15 l. Nem preciso dizer que ao final do circuito percebi que havia levado muito mais coisa do que necessitava hoje não tinha lido nada a respeito do local principalmente quanto a acomodação e alimentação. Ora Torres del Paine é um parque muito bem estruturado onde se consegue alimentação para a caminhada (lanchinho) e refeições substanciosas no jantar. Fora isso, tem acomodações, seja nos quartos coletivos seja através de aluguel de barracas

Mas incrivelmente essa imensa mochila não levou barraca ou alimentação robusta somente lanchinho e diversos casacos e roupas que somente usei porque havia levado...

Por isso meus amigos procuro sempre ter em mente que o trekking não irar lhe proporcionar todo conforto que possuímos em nossas casas, mas você certamente não passará frio nem desconforto extremo a menos que queira

Sempre é preciso ponderar o peso extra que será levado por você ou o portador, o conforto que você pode abrir mão e o prazer de caminhar mais leve.

Também procuro acomodar todos os equipamentos em sacos a maioria dos tanques para que os itens fiquem mais protegidos e seja mais fácil localizados quando necessito

Isso facilita também a escolha da mochila pois colocando todos os sacos em cima da cama posso visualizar qual das mochilas usarei.

A Mochila é feita em nylon 70D duplo ripstop, possuindo boa resistência a água e secagem muito rápida. E possui boa ventilação.

Segundo o fabricante:

A Mochila PEAK 30 da Salomon é uma mochila extremamente leve com excelente estabilidade e muito versátil. Com espaço de armazenamento para pequenas excursões, ela é perfeita para acompanhar você pelas montanhas, trekking ou mesmo uma corrida de trail running onde você precisa de mais espaço para carregar equipamentos.

Pesando aproximadamente 500 gramas e construída com sistema Airvent Agility + e Motion Fit Trail, a PEAK 30 se move confortavelmente com seu corpo enquanto mantém a carga estável, promovendo total liberdade de movimento, ou seja, ela se encaixa bem o suficiente para ser precisa e estável para uma corrida moderada, mas é grande e confortável o suficiente para noites leves.

As alças e costados feitos em EVA e malha 3D Air Mesh tridimensional, são furos que ajudam na circulação do ar tornando muito respirável. Ainda nas alças foram adotados diversos bolsos para otimizar sua corrida, sendo dois com fechamento em zíper e dois em malha expansível para armazenamento de squeezes além dos bolsos laterais. Na barrigueira possui 2 compartimentos expansíveis.

Sua estrutura conta com dois compartimentos, o principal com acesso na parte superior, e compartimento externo rente ao costado para acomodar sistema de hidratação.

Além disso, a PEAK conta com várias fitas para a estabilização de carga na parte traseira, tiras de compressão e laço de ajuste rápido para acomodar bastões de trekking, e detalhes refletivos para atividades noturna.

Outro diferencial é que a PEAK 30 tem resistência a umidade e água. Uma mochila impermeável que suporta coluna de água de até 500 milímetros, além de possuir uma secagem muito rápida.

A compra da PEAK 30 da Salomon é indicada para quem procura estabilidade suficiente para movimentos dinâmicos, seja para uso em montanhas ou para corridas de Trail Runnig leves que necessitem passar até uma noite.

Conclusão:

Enfim, é uma mochila multi uso, muito leve. Que se ajusta bem na categoria de trekking light. Não tem a resistencia de uma deuter, por exemplo (não recomendo ela para mata fechada, ou pelo menos, use com uma capa de chuva para melhor proteção), mas é muito leve e consegue fazer uma boa distribuição de peso (se não for muito peso). Consegue ser bem resistente a agua (inclusive com zipers projetados para isso), além de secar mais rápido.