AventureBoxExplore
Create your account

IBITIPÓCA - O BELO PARQUE ESTADUAL MINEIRO

Cachoeiras límpidas , água gelada e uma paisagem de tirar o fôleto.

Silvio Serrano
Silvio Serrano 07/02/2021 20:51

O nome engraçado deriva do tupi-guarany , ibiti quer dizer terra , e poca

alguma coisa que estoura , que se abre .

Relativamente pequena para os padrões dos parques brasileiros, a área total de Ibitipoca é de aproximandamente 1500 hectares .

Descoberta pelos bandeirantes no final do século XVII, Ibitipoca , teve a sorte que outros parques não tiveram : suas terras são imprestáveis ao cultivo , o que possibilitou a sua preservação até hoje.

Situada na zona da mata, a 88 quilômetros de Juiz de Fora, numa disjunção da Serra da Mantiqueira , Ibitipoca atraiu naturalistas há dois séculos pela diversidade biológica e recentemente turistas pela beleza natural.

O ponto de partida para qualquer caminhada , é o pequeno platô , onde ficam

a área de camping , os banheiros e a lanchonete , a um quilómetro da cancela de entrada do parque .

O visual desse ponto , já dá para ter uma idéia de toda a beleza existente no lugar .

A água é o elemento que oferece as melhores imagens e alternativas de lazer apesar de límpida, ela possui uma coloração vermelho-escuro , resultante da decomposição de vegetais e da acidez do solo.

Dois ribeirões cortam a área do parque , formando saltos, cachoeiras , lagoas e escorregas .

Para conhecer melhor a área do parque é preciso um bom preparo físico , pois a região é montanhosa e alguns dos mais belos pontos do parque ficam a mais de 1700 m de altura . É bom acordar cedo e aproveitar as primeiras horas do dia que são mais frescas , pois a subida é íngreme. O pico do pião é um dos melhores programas do passeio . Ele guarda as ruinas de uma capela destruída pelo tempo e pelo vento , aliás , o seu grande parceiro nessa trilha .

Outro belo lugar para se visitar na parte alta do parque é a janela do céu , uma cachoeira que despenca de um abismo , formando desenhos maravilhosos pela ação do vento em suas águas.

O pico da lombada , com 1784m é o ponto culminante de toda a serra da Mantiqueira , sendo o melhor local para se apreciar o por do sol . O pico do pião e o pico da lombada são ligados por uma estrada, aberta bem no alto da montanha pelos funcionários do parque para conter o avanço de queimadas, fenômeno comum em Ibitipoca , quase sempre provocados por raios.

Um bom programa para se fazer no parque é visitar as grutas existentes e que são em torno de 50 . Uma das mais bonitas é a gruta das bromélias.

Com mais de 3000 metros de túneis e galerias , ela é famosa pelas clarabóias naturais por onde o sol entra formando verdadeiros jardins subterrâneos.

Na parte baixa do parque não deixe de visitar a ponte de pedra , cavada pelo rio do salto . Numa sequência belíssima pode-se caminhar ao longo do rio desde a prainha de areias brancas ( fruto da decomposição do quartzito ), passando pelo lago das miragens , e então por baixo da ponte de pedra chegar a cachoeira dos macacos e , por fim para quem quer mais adrenalina , seguir até a pedra quadrada.

Em Ibitipoca a natureza revela-se ainda mais bela nas cores e formas das mais de 800 espécies botânicas , inclusive algumas espécies carnivoras . Lar dos lobos-guarás , só com muita sorte , você vai avista-los , a não ser que ele se aventure pelas áreas do camping em busca de comida fácil.

Ibitipoca também é o lar do sapo de chifre (hyla ibitipoca ), endêmica do local.

Os belos campos de Ibitipóca valem uma visita , de pelo menos três dias para usufruir de todas as suas belezas . Com certeza você vai voltar com a alma lavada pelas águas limpidas desse paraíso.