AventureBoxExplore
Sign Up

Agulhas, Chapada da Lua e Asa de Hermes

Tríplice no maciço Agulhas Negras, assinando todos os livros de cume, 2018

Climb Hiking Mountaineering

Era Abril de 2018 e estávamos de volta ao Parque Nacional de Itatiaia entre 9 amigos para fazer a tríplice do maciço Agulhas Negras: começando pelo cume do Agulhas, passando por Chapada da Lua e descendo por final até o encontro da Asa de Hermes, três livros de cume do PNI assinados por todos. 

Na foto: Agatha em primeiro plano, subida ao Agulhas

A subida clássica do Agulhas já era muito conhecida por todos ali, exceto Moabe, mas sempre é novo o olhar. A parte mais difícil do dia era assinar o livro do cume. Quando eu fiz Agulhas em 2015 tinha uma opção de fazer uma especial de "tirolesa" até o cume, agora era preciso descer e escalar a parte até o livro.

Na foto: Gui fazendo a segurança do outro lado. 

Na foto: Moabe descendo ancorado a corda principal e usando a corda de auxílio. Vale lembrar que essa parte é de extrema segurança todos os procedimentos usados na escalada. 

 Na foto: todo mundo já tinha passado o lance da escalada,  ao foi fácil porque não tinha um ponto certo para fazer uma parada com equalizada, mas subimos em segurança com ajuda do Célio, Moabe e Gui.

Meta cumprida, era 12h e tínhamos que começar a descer pelo outro lado que dá o acesso a Chapada da Lua. Encontramos outro desafio, chaminé (nome muito usado entre escaladores, onde exige a técnica para descida ou subida). 

Na foto: Moabe e cia aguardando para descer as mochilas. 

Na foto: Célio descendo a chaminé. 

Na foto: Moabe na Chapada da Lua com visão para Pedra do Altar. 

Assinamos o livro de cume e continuamos a descer pois não havia muito tempo se quisessemos subir ainda Asa de Hermes. 

Chegamos na base e deixamos as mochila para subir de ataque e assinar o livro da Asa de Hermes. 

Esse foi um resumo do nosso rolê de 2018 que só houve tempo de falar dele agora, com muitas saudades já. 

Agradeço ao Célio, Moabe e Gui por fazer toda segurança e levar os equipamentos necessários. 

Agradeço as meninas por toda nossa aventura juntas, na aba de fotos tem mais da gente subindo o Agulhas, é só olhar a foto que lembramos dos perrengues e situações vividas. 

Esse caminho de descida do Agulhas Negras eu nunca tinha feito, para mim foi uma experiência incrível e com pessoas incríveis. Desde 2015 eu fiquei com o sonho de assinar o livro de cume do Agulhas Negras e essas pessoas me ajudaram a realizar esse sonho, sou muito grata a elas. 

 

Dri @Drilify
Dri @Drilify

Published on 04/27/2020 07:40

Performed on 11/04/2018

2 Participants

Moabe Carvalho Rodrigues Celio Vong

Views

157

3
Agatha Matarazzo
Agatha Matarazzo 04/27/2020 12:23

Bem lembrado! Ainda me lembro de mais um obstaculo, ser bate e volta, e estar dirigindo depois de tanto haaro energia...mais foi experiencia inceivel!!!!

Celio Vong
Celio Vong 04/27/2020 20:24

Esse dia foi muito legal!

Caroline Daniel
Caroline Daniel 05/01/2020 21:43

agulhas sempre é massa!

Dri @Drilify

Dri @Drilify

São Paulo

Adventures
30
Rox
1056

Adriane Ferreira 26 y, montanhista, trilheira e artista. 🎨 IG @drilifyArt

Adventures Map

2 Posts

Dri @Drilify E-BOOK PARA COLORIR
Dri @Drilify O Que Você Sabe Sobre O Lobo-Guará?

456 Contacts



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Renan Cavichi, Fabio Fliess and 273 others support the Minimum Impact Manifest