AventureBoxExplore
Create your account
Itatiaia - Parte Alta -Prateleiras

Itatiaia - Parte Alta -Prateleiras

A aventura se destaca pela emocionante vontade de estar lá, dessa vez ao ataque do cume do Prateleiras

Mountaineering Climb Hiking

No cume do Maciço Prateleiras, estão Tiago, Célio, Eu e Agatha, uma aventura que começou no sábado final de tarde, quando pegamos estrada com Agatha no volante e Tiago de copiloto e eu no banco de trás até a cidade Jacareí aonde encontraríamos nosso amigo Célio Vong. Assumimos outro carro e pegamos estrada rumo ao Parque Nacional do Itatiaia, primeiro parque nacional do país, para o Tiago era sua segunda vez desde 2016, eu já havia visitado algumas vezes mais assim como os demais; era noite já e paramos para jantar no pé da estrada.

A manhã começou nos dando esperança de um tempo bom ou alguma janela de tempo quando avistamos a Serra Fina totalmente limpa, na estradinha que leva a portaria do parque, como era de esperado fomos os primeiros a adentrar o Parque e as 7h45 já estavamos saindo da portaria rumo ao Plano Inicial, fazer o circuito Agulhas x Asa de Hermes x Chapada da Lua. Na entrada no Parque pensamos no plano B e a toda subida viamos as nuvens percorrendo o tempo os picos mais distantes e então veio a idade do Maciço das Prateleiras, um pico que seria novo para os três integrantes. Foi quando decidimos então atacar o cume do Prateleiras.

Na foto abaixo, Agatha percorrendo a trilha que nos leva até a base do Prateleiras.

Aqui é a bifurcação para quem deseja fazer a Travessia Ruy Braga.

Já na base do Prateleiras, descansamos um pouco e lanchamos preparando-se para os trepa -pedras e escalaminhadas que nos aguardava. Na foto abaixo, podemos ver o Prateleiras bem de pertinho.

Colocamos o anoraque e agora toda experiencia que temos devemos usar nas subidas, desde contra posição, tesouras e até chaminés ajudariam.. Nas fotos abaixo registro do Célio enquanto nos instruia e nos guiava pela trilha.

Essa última foto nos prepara para os lances de corda/fita para transpor a pedra final do cume, que poderá ser visto melhor com as fotos que fizemos na descida. Na foto abaixo podemos ver o Célio preparando a descida para transposição.

Na foto acima mostra o último lance de fita/corda para ascensão...

Chegando no cume é hora de partilharmos tudo aquilo de melhor que esperávamos, assinar o primeiro livro do Ano para nós foi a maior conquista dessa primeira aventura do ano, cada um trouxe aquilo de melhor para degustar no cume rsrs, Agatha e sua "pichulinha" de Coca, Tiago nos trouxe uma paçoca "ogirinal" e eu um Alpino...confere aí:

Que paçoca é essa rsrss...

Tiago e Célio conferindo a Altimetria..

Encontramos uma baratinha que circuncidava-nos o tempo todo..

Livro do cume assinado e com direito a foto..

Segue nossa posição com foto por Célio

Agora é hora de descer e encarar tudo aquilo que subimos, muita da ascensão dependeu muito da colaboração do quatro, da experiência do nosso amigo Célio e a nossa também em aprender e seguir corretamente os procedimentos, para chegar até o cume é preciso ter os equipamentos necessários para a segurança e transposição das pedras, no detalhe da foto abaixo podemos ver as fitas unidas por nós que nos ajudou descer (ida) e subir (volta) as pedras.

Esse lance foi muito dificil para mim e para minha amiga Agatha, com muita paciência, nosso amigo nos deu a dica e os macetes, a coragem veio e pronto!.

Ao voltarmos pudermos nos testar novamente nos trechos que subimos, e ao descer o nevoeiro começava a se tornar mais constante em volta da montanha, próximo já do fim da transposição entre os trepa-pedras tiramos Tiago essa foto...

Voltando pela trilha que nos levava de volta ao abrigo Rebouças notamos e encontramos a diversidade que é esse parque com sua Flora e Fauna, não sei porque mas algumas das plantas que naturalmente é verde estava verde e as flores que eram brancas também olhe as fotos abaixo..

Chegando já na base do Prateleiras paramos e tirei esa foto da Agatha num "sofazinho"natural..

Paramos para ver e ouvir os movimentos das águas que por sinal estava muito mais volumosa nessa época.

Ao fundo da foto é possível ver os trechos demarcados pela cachoeira.

Voltamos ao abrigo onde admiramos de novo o movimento constante das nuvens sobre o Cume do Agulhas Negras que abria e fechava ....

Tiago avistando Agulhas Negras

Eu e Agatha no trecho de volta ao posto do Marcão e fim da nossa aventura.

Olha como a natureza nos presenteou com essa imagem linda do Agulhas aberto!!!.

Meu total agradecimento ao Célio que nos proporcinou um dia incrível com essa oportunidade e aos meus amigos Tiago e Agatha por esse convite maravilhoso.

Espero que tenham gostado do relato, simples mas para ficar na lembrança!!!

Fizemos um pequeno vídeo sobre, acesse a aba de vídeos não deixe de ver!!:D

Dri @Drilify
Dri @Drilify

Published on 01/30/2018 11:20

Performed on 01/28/2018

1 Participant

Tiago Amaral

Views

3336

6 Comments
Riany Oliveira 01/30/2018 11:35

Que legal!! Fotos lindas!

Fabio Fliess 01/31/2018 09:47

Itatiaia é sempre muito bom! As fotos ficaram muito bonitas. Estilo vintage? rsrs Parabéns!

Dri @Drilify 01/31/2018 17:04

sim zsim adoro quando as imagens passam algum sentimento através da cor!

Renan Cavichi 01/31/2018 20:40

Célio Vong está em todas! ahaha Muito massa o registro! Parabéns!

------------------------- 02/02/2018 16:22

Um bela subidinha com ventinho, rs

Dan Vieira 02/05/2018 14:57

irado !