AventureBoxExplore
Create your account
Escalada Ana Chata - Via Colapso da Modernidade

Escalada Ana Chata - Via Colapso da Modernidade

Conquista da via Colapso da Modernidade na pedra da Ana Chata em São Bento do Sapucaí - SP.

Climb Mountaineering

Em maio de 2016 o amigo e parceiro de escalada Glauco Gonçalves comentou sobre uma possível "linha" de escalada para uma nova via na face sul da Ana Chata. Estava marcada a empreitada…

Dias depois, saímos de casa bem cedo rumo ao estacionamento do Chico Bento, onde deixamos o carro. Com pouco mais de uma hora de caminhada, chegamos à base da pedra. Começamos, então, a divisão e organização dos equipamentos de escalada e conquista: corda, capacete, cadeirinha, sapatilha, mosquetões, fitas, chapeletas, chumbadores, furadeira, broca, estribos, clif, etc. Uma extensa lista de ferragens que seriam úteis - se não obrigatórias ! - para o projeto do dia.

Era a minha primeira conquista "de baixo para cima" em estilo tradicional, ou seja, sairíamos do chão fixando as proteções conforme o nosso deslocamento vertical, ao aposto de fixarmos uma corada no cume, rapelar e montar as proteções com a segurança já instalada.

O Glauco assumiu os primeiros metros. Entre furos de clif - pequeno "gancho" para furo e/ou agarra na rocha - e passagens em livre foi, aos poucos, ganhando altura. Era também necessário limpar a pedra, já que a face sul é mais úmida e possui mais liquens e musgos. O trabalho, de baixo e na perspectiva do segurança, era muito animador. Mas após a terceira chapeleta ele sugeriu uma mudança, "vamos trocar?", gritou lá de cima.

E assim entrei na via para o resto da conquista animado em aprender mais uma técnica de escalada. Decidimos que faríamos todo o trabalho com uma furadeira à bateria, pois furar 7cm com martelo e batedor para a fixação de cada chapeleta seria um trabalho enorme e, provavelmente, não acabaríamos no mesmo dia.

Precisei sair um pouco mais para a esquerda que o planejado, pois os detalhes de movimentação na rocha enquanto eu conquistava mostravam-se mais animador para aquele lado. Seguia em busca de agarras de mãos e pés na esperança que um dia outras pessoas repetissem a via, tornando-a frequentada.

O final do dia aproximava-se. E com ele a decisão de encerrar a via e montar a primeira parada. Retornei feliz à segurança do chão antes do por do sol. Com um grande abraço, a nossa conquista estava pronta ! Bastava agora juntar as tralhas, descer a trilha e parar no primeiro bar para comemorar.

Com o Brasil em chamas devido à crise política, batizamos a via de Colapso da Modernidade, um 6º grau bem sambentista.

Semanas depois, com outros amigos, conquistei uma variante da Colapso. E para contrapor ao nome, apenas de brincadeira, batizamos de Fortalecimento da Antiguidade.

O início das vias fica bem próximo à caverna da Ana Chata na face sul. Para quem sobe na trilha, uns 15 metros antes da entrada da caverna, à direita. As segundas enfiadas ainda são projetos e espero acabar neste ano de 2017.

Boas aventuras.

Antônio Calvo
Antônio Calvo

Published on 05/08/2017 23:02

Performed on 05/10/2016

1 Participant

Armazém Aventura

Views

4928

1
Sabrina Marques
Sabrina Marques 03/16/2019 12:15

Demais! Ótimo relato Antônio

Antônio Calvo

Antônio Calvo

São Bento do Sapucaí

Rox
121

Adoro esportes de aventura e a vida ao ar livre ! Trabalho como guia, instrutor e empresário sob o guarda chuva do Armazém Aventura. Estou em São Bento do Sapucaí - SP.

Adventures Map
www.armazemaventura.com.br

238 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Renan Cavichi, Peter Tofte and 394 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Peter Tofte, Fabio Fliess and 149 others support the Together page.