AventureBoxExplore
Create your account
Parque Nacional da Serra da Capivara

Parque Nacional da Serra da Capivara

Uma visita de dois dias à história da humanidade cravada no coração da caatinga, no Piauí.

Hiking Canyon

O sudeste do Piauí é espaço para centenas de sítios arqueológicos reunidos em dois parques nacionais: o da Serra da Capivara e o da Serra das Confusões. É uma região de contrastes, na qual a riqueza arqueológica convive com as diversas formas de pobreza de seus moradores.

Em busca desse contraste, saímos da capital Teresina pela interminável rodovia que segue quase linha reta a Sul até a cidade de São Raimundo Nonato. A viagem durou cerca de 7 horas e foi bastante cansativa, por conta da monotonia da paisagem. Lá, nos hospedamos no Real Hotel, um dos mais baratos e localizado bem no centro da cidade. Ficamos em um quarto péssimo, bastante barulhento. No dia seguinte, partimos em direção ao parque.

O Parque Nacional Serra da Capivara se veste em esplendor multicolorido: verde, cinza, branco, roxo, amarelo. Os troncos retorcidos e secos e as canelas de ema aumentam a sensação de aridez da paisagem; a terra avermelhada e rachada espera pela chuva. A água define os caminhos por onde outrora o homem da pré-história passou. Boqueirões, chapadas, caldeirões e baixões. Mocós, serpentes, águias, onças. Mandacaru, coroa-de-frade, maniçobas, jatobás. Tudo isso numa exuberante simbiose que recebe um nome: Caatinga.

O primeiro dia de visitação começou cedo. O parque só permite a entrada acompanhada por um guia credenciado que cobra um valor tabelado (R$150/dia/grupo). E às 7h lá estava a Kátia, condutora que nos acompanharia. São 172 sítios arqueológicos preparados para visitação e tínhamos apenas 2 dias na região, ou seja, tivemos que reduzir ao máximo nossas escolhas. Veja no ckecklist a relação do que foi visitado.

Visitamos o "Desfiladeiro da Capivara", passamos por um local abrigado chamado "Inferno" e de lá seguimos para o "Baixão da vaca", um local em que se caminha por cima de uma pequena chapada. De lá pudemos avistar macacos e iraras (também conhecidas como papa-mel). Almoçamos no Centro de Cerâmicas da região e lá perto das 16 horas fomos para a famosa Pedra Furada. Com o pôr-do-sol se aproximando, partímos rumo ao "Baixão das Andorinhas", lugar em que as aves todos os dias se encontram num lindo show de dança até descerem de forma sincronizada para suas "casas".

No segundo dia de visitação fomos para o setor Pedro Rodrigues, subimos em uma pequena serra de onde tivemos uma vista incrível da região. Foi um momento muito especial olhar aquela imensa caatinga aos nossos pés. Passamos por mais alguns sítios arqueológicos muito interessantes e no fim do dia visitamos o imperdível Museu do Homem Americano.

Foi uma sensação incrível vivenciar o lugar. A antiguidade das pinturas dos inúmeros sítios arqueológicos são um testemunho vivo de tradições culturais de civilizações já há muito extintas. Poder observar resquícios de suas rotinas, práticas, rituais é de arrepiar. Também ficamos imersos numa região que evidencia a nós, leigos, as tantas transformações ambientais pelas quais já passou: de fundo de mar, passou a ser floresta tropical, até ser hoje o único bioma exclusivamente brasileiro - a caatinga.

Além disso, escolher visitar o Parque Nacional Serra da Capivara ganha também uma dimensão política, na medida em que apóia e divulga o incansável trabalho da arqueóloga Niède Guidon em mantê-lo ativo, considerando as frequentes crises financeiras que tolhem cada vez mais as possibilidades de pesquisa na região.

Contatos

Real Hotel: http://www.booking.com/hotel/br/real-empreendimentos-ltda.pt-br.html

Associação de condutores cadastrados: http://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/o-que-fazemos/visitacao/condutores_credenciados_PNSC_30.05.14.pdf

Bruna Fávaro
Bruna Fávaro

Published on 10/01/2016 15:19

Performed from 07/02/2016 to 07/04/2016

1 Participant

Sara Kang

Views

5339

14
Bruna Fávaro
Bruna Fávaro 10/11/2016 13:53

Cláudio, obrigada!! Moacir, vale muito a pena viu. Eu estava desconfiada de que não seria uma viagem tão bacana, e fui porque a amiga com quem eu viajava na época fazia muita questão. Não me arrependi nem por um momento e até achei que 2 dias foi muito pouco tempo, senti falta de mais 1 dia pelo menos.

Bruna Fávaro
Bruna Fávaro 10/11/2016 13:56

Marcelo, pois é. E quando você visita a região, as cidades ao redor do parque, a própria estrutura do parque, dá ainda mais aperto no coração pensar que uma iniciativa desse porte não recebe apoio, incentivo por parte do governo e que, pra sobreviver, precisa contar com apoio internacional. Conversar com a Niéde é encher o peito de paixão. A mulher viveu uma vida em função desse parque. Pensa! É muito lamentável que passe governo x, y, z e alguns problemas não saiam nunca do lugar.

Alexander Supertramp
Alexander Supertramp 10/14/2016 21:40

Bruna, devia ter aproveitado pra conhecer o parquen nacional de sete cidades tambem, mas é bom que fica pra uma proxima oportunidade quando passar por esses lados aqui do brasil! abraço

Wellerson Boldrini
Wellerson Boldrini 10/16/2016 19:21

Que bacana essa sua página tão recheada. Bem legais os relatos e deu um belo de um gás pra me fazer movimentar as coisas por aqui. Demais! :)

Rodolfo Damasceno
Rodolfo Damasceno 10/17/2016 08:19

Excelente relato, ótimas informaçoes. Muito bom, mais um roteiro pra minha lista. Isso novamente confirma minha percepção de que tenho que ganhar na loteria rss, senão essa lista não anda.

Bruna Fávaro
Bruna Fávaro 10/18/2016 09:30

Wellerson, bora animar caminhar por aí! Rodolfo, nem me fale, estuo pagando até agora as férias de julho hahahaha.

Walker
Walker 12/07/2016 11:25

Bruna, Parabéns. bem legal toda essa aventura. Eu quero começar a explorar a natureza assim também. Como vocês começaram ? Foi tipo, bora viajar ou teve muito planejamento ?

Viviane Rosa
Viviane Rosa 12/07/2016 20:04

Adorei seu relato... Pensar que quase fui aí e troquei pelo Jalapão... mas um dia irei, pq essa região na minha opinião tem uma das paisagens mais incríveis do Brasil... Parabéns e obrigada por compartilhar.

Bruna Fávaro

Bruna Fávaro

São Paulo

Rox
2586

Montanhista, ciclo-mochila-viajante, professora e de bem com a vida!

Adventures Map
facebook.com/bruna.favarosilvio

1 Posts


3662 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Fabio Fliess, Peter Tofte and 386 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Fabio Fliess, Peter Tofte and 142 others support the Together page.