AventureBoxExplore
Create your account
Travessia Cobiçado x Ventania | Petrópolis - RJ

Travessia Cobiçado x Ventania | Petrópolis - RJ

Trilha/hiking de um dia realizado em Petrópolis, passando pelos Picos do Cobiçado, Vândalos, Diabo, Tridente e o Alto da Ventania - PARNASO

Mountaineering Hiking

Travessia Cobiçado x Ventania | Petrópolis - RJ

Trilha realizada em 19.06.2021 (Véspera de aniversário)

Tipo de Aventura: hiking realizado em um dia.

Tracklog Gravado: https://aventurebox.com/box/edit/travessia-cobicado-x-ventania-petropolis-rj/tracklogs

Ponto de início: Igrejinha Três Pedras - https://goo.gl/maps/AJQcRf2ftWBJQJg77

Ponto Final: Bar do Caveira - https://goo.gl/maps/oKeL4fti7WSd29mVA

DICAS

  • Considerei essa uma ótima opção de caminhada para aqueles que querem curtir um belo visual e ter um bom desafio para ser vencido em 1 dia.
  • Antes da placa que marca a entrada da trilha, uma das participantes desta aventura foi mordida por um cachorro que surgiu em uma de uma das últimas casas da rua. Mesmo que a mordida não tenha sido forte e que ela tenha continuado normalmente, algo pior poderia ter acontecido. Já verificamos que essa não é a primeira vez que isso acontece no local. Por isso, fique atento.
  • Aproveite os Picos do Cobiçado, Vândalos, Diabo, Tridente e o Alto da Ventania. Não é em toda caminhada que você conquistará tantos cumes.
  • Classificação da Trilha (FEMERJ): Algo entre Moderada e Moderada Superior, sem exposição ao risco, de boa orientação e com insolação média.
  • Ao fim da travessia, você pode pegar o Ônibus 470 e retornar à Igrejinha Três Pedras. O Ônibus passa a cada 40 minutos e seu ponto final é exatamente ao lado do Bar do Caveira. Ou seja, além de toda a beleza, essa travessia ainda conta com uma logística simplificada.
  • Tracklog seguido (dsilva.rocha): https://www.wikiloc.com/trail-running-trails/travessia-cobicado-ventania-42476465
  • Conheça e siga todas as regras de visitação do Parque Nacional da Serra dos Órgãos - PARNASO.
  • Essa aventura contou com rastreamento e opções de segurança disponíveis no Localizador Spot Gen4. Com ele, é possível que amigos e familiares saibam que você está bem, ou que precisa de ajuda caso algo dê errado!

Spot Gen4 presente na aventura.

RELATO

A semana que antecedeu esta aventura contou com muita tensão em minha vida pessoal, pois eu tinha que finalizar a parte escrita do meu projeto da pós. Eu estava tenso e tendo que conciliar o trabalho aos estudos. Por conta disso, sabia que não conseguiria viajar ou fazer nada de muito especial que tomasse o fim de semana inteiro, já que sua respectiva apresentação seria no dia 21/06, um dia depois do meu aniversário.

Confesso que isso me entristecia um pouco... Seria mais um aniversário sozinho e sem comemorar, já que em 2020 fiquei recluso por conta da pandemia. Foi quando surgiu um interessante convite do Gabriel Lousada, parceiro de tantas escaladas. Ele queria muito conhecer a Travessia Cobiçado x Ventania e sabia que seria véspera do meu aniversário. Pensei: "caramba, essa é uma das trilhas clássicas aqui no estado do Rio de Janeiro que eu nunca fiz". Ou seja, seria a oportunidade perfeita de unir a satisfação de conhecer picos novos com a certeza de que retornaria no sábado e conseguiria finalizar as coisas pendentes no domingo. E assim foi, partimos para essa aventura.

Acordei por volta das 5:15, preparei os lanches e coloquei os últimos equipamentos na mochila. Saímos, eu e Dani, rumo à Casa do Alemão, famoso ponto de parada no meio da Rodovia W. Luís, onde muitos aventureiros deixam os carros para embarcarem em vans ou em outras caronas. Chegamos lá às 7:00 e ficamos aguardando o Gabriel, não sem antes reparar em alguns estilos curiosos dos ricaços que ali paravam para tomar café da manhã (teve um cara que entrou de roupão e Crocs). 10 minutos depois Gabriel e Patrícia chegaram... embarcamos no Sanderão do Biel e partimos para Petrópolis...

Já avistando o Cobiçado.

Foi uma viagem rápida e tranquila subindo a serra e passando pelo centro de Petrópolis até o bairro rural de Caxambu. Chegamos na Igrejinha Três Pedras, aproximadamente às 8:00, arrumamos os equipamentos e começamos a caminhada ainda pelas ruas do Bairro. E assim fomos por aproximadamente 1km até um desvio à esquerda onde encontramos a placa de demarcação da trilha.

Início da Travessia Cobiçado x Ventania.

Mas aqui vale um ponto de atenção. Alguns minutos antes de chegarmos à placa, enquanto passávamos pelas últimas casas do bairro, um cachorro raivoso surgiu repentinamente. A primeira impressão era de que não aconteceria nada, já que tínhamos conseguido afasta-lo com o auxilio de bastões de caminhada. Foi quando, sem percebermos, ele voltou pelas costas de uma participante e a mordeu na parte de trás do joelho. Afastamos o Dog do capeta novamente e nos deparamos com a sua dona saindo preocupada. Falamos com ela sobre o acontecido e ela não pareceu surpresa... aparentemente isso já tinha ocorrido outras vezes. Pedimos, por favor, para que ela vigiasse o cachorro e evitasse que novos problemas acontecessem com outros aventureiros. Após verificarmos que estava tudo bem, decidimos por seguir com a caminhada.

Retornando à aventura, após a placa começamos a boa subida do Cobiçado (quase sempre avistando o pico) mantendo o sentido leste, horas por dentro de uma vegetação mais fechada, outras de menor porte. Fomos dos aproximados 1.250m de altitude (placa) até o seu cume, com aproximadamente 1.650m... Estávamos em um ritmo cadenciado, aproveitando a paisagem e cercados por nuvens. Com aproximadamente 3km de caminhada, chegamos no Pico do Cobiçado... O vento batia forte, mas não nos impediu de comemorar e tirar umas boas fotos...

Pico do Cobiçado com o restante do caminho à frente.

Seguimos agora o caminho pelas cristas, descemos um pouco, viramos à esquerda e depois novamente à direita para encarar mais uma boa subida... no rumo perfeito demarcado pela foto anterior. Aqui a vegetação ficou mais alta e o ambiente estava deslumbrante. Mantivemos o ritmo e chegamos ao Pico dos Vândalos com aproximados 5km de caminhada. O vento estava ainda mais forte e o frio começava a apertar. As nuvens subiram e não tínhamos um bom campo de visão. Por isso, optamos por passar sem muitas fotos e fazer uma pausa para o lanche um pouco mais em baixo, já protegidos do vento.

Lembramos da importância da alimentação no gerenciamento da temperatura corporal... como ventava muito e as temperaturas estavam baixas, comer bem seria crucial para evitar um certo desconforto pelo restante da caminhada. Assim fizemos até que, uns 20 minutos depois voltamos a andar... logo chegamos a uma bifurcação que dava até a Pedra do Diabo. As meninas seguiram na frente enquanto eu e Gabriel fizemos o ataque ao cume... 5 bons minutos mais intensos. Cheguei lá em cima esbaforido (Gabriel tá andando demais...). Caminhada boa e já três cumes conquistados (Cobiçado, Vândalos e Diabo).

Descemos e reencontramos as meninas alguns minutos depois... aumentamos o ritmo já que não havia muitas subidas mais. Fomos seguindo e vencendo mais um cume (Morro do Tridente)... Agora só faltava o Ventania. E assim chegamos lá por volta das 13:30 da tarde... Eu tirei algumas boas fotos da placa que simbolizava o caminho. Te falar que essa travessia fez jus ao nome: VENTOU INTENSAMENTE QUASE QUE O TEMPO INTEIRO. Também comemoramos com alguns outros cachorros que surgiram de repente, mas agora todos muito amigáveis e carinhosos.

Alto Ventania.

Só nos restava descer quase que em paralelo (com algumas quebradas) à faixa de servidão da Linha de Transmissão que cruza o cume do Alto Ventania. Foi uma descida tranquila e animada de aproximadamente 3km até encontrarmos novamente com as casas da parte baixa do vale e a placa que marca o fim da trilha e indicando que todo o trajeto estava no Parque Nacional da Serra dos Órgãos - PARNASO.

Fim da trilha indicando que a trilha está no Parque Nacional da Serra dos Órgãos - PARNASO.

Voltamos a caminhar pelas casas por aproximadamente 1km mais até encontrarmos o Bar do Caveira. Lá, enquanto fazíamos uma pequena parada para ir ao banheiro ou comer algo, vimos chegar o ônibus 470 em seu ponto final. Não tínhamos certeza de que ele passaria no começo da trilha, mas resolvemos perguntar: "oh pilotow, passa lá na igrejinha?"... ele respondeu positivamente e entramos no ônibus. Estava vazio e tranquilo de se deslocar, já que ainda estávamos no meio de uma pandemia... Perguntamos ao mesmo com qual frequência ele saia do seu ponto final e ele nos disse ser a cada 40 minutos. Boa anotação para eventos futuros...

Menos de 20 minutos depois, chegamos na igrejinha e reencontramos o carro... Comemoramos e concluímos a travessia e eu FINALMENTE tinha feito a famosa Travessia Cobiçado x Ventania... uhuuuul.

CONCLUSÕES

Era praticamente o meu aniversário e eu estava MUITO feliz em ter feio uma boa caminhada nova, com belos visuais, apesar do vento e das nuvens. Chegaram os 31 anos e que eles tragam muitas outras boas aventuras.

Terminei também com o sentimento de que voltarei. Como disse no começo do relato, vejo essa trilha como um bom treinamento para iniciantes que querem vencer uma boa caminhada com visuais incríveis. Voltarei certamente com o Clube Outdoor e tantas outras vezes mais. Na próxima, quero ver todo o visual aberto, inclusive a visão incrível das cristas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos... ah, volto também para conectá-la com a Uricanal e com o que mais tiver de ser.

Ah, quero destacar também a incrível companhia do Gabriel, Patrícia e Dani... grandes pessoas e grandes amigos... Obrigado por compartilhar essas horas que anteciparam o meu aniversário. Obrigado pelo presente!!

Bruno Negreiros
Bruno Negreiros

Published on 08/30/2021 20:47

Performed on 06/19/2021

3 Participants

Danielle Hepner Gabriel Lousada Spot Brasil

Views

357

12 Comments
Rafael Damiati 08/30/2021 21:07

Espero que em muito breve! 🤘🏼

1
Bruno Negreiros 08/30/2021 21:07

Bora!!!

Gabriel Lousada 08/30/2021 21:28

Fico feliz demais de ter participado desse dia contigo, irmão!! 🤟🏼

1
Bruno Negreiros 08/30/2021 21:28

Valeu Gabs... agora a gente tem que ir de Sandero até o suuuuul

Gabriel Lousada 08/30/2021 21:30

Partiu!!!!

1
Bruno Negreiros 08/30/2021 21:31

Bora!!!

Dri @Drilify 08/31/2021 09:47

Muito bom eu tô querendo fazer essa travessia já tem um tempo, o seu relato vai me ajudar muito . Vlww

1
Bruno Negreiros 08/31/2021 10:48

Fala Dri!! Que maneiro... Você tá tirando onda aqui pela região serrana!!!

Bruno Negreiros

Bruno Negreiros

Rio de Janeiro

Rox
3222

Engenheiro ambiental e montanhista com o sonho de contribuir para a disseminação dos esportes ao ar livre e de aumentar a conscientização ambiental e social no mundo outdoor.

Adventures Map
www.instagram.com/brunobnegreiros?r=nametag

9 Posts

See More

5180 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Renan Cavichi, Bruno Negreiros and 409 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Fabio Fliess, Bruno Negreiros and 157 others support the Together page.