AventureBoxExplore
Sign Up

Travessia Extrema x Fechados | Serra do Cipó/MG.

Trekking realizado na Serra do Cipó, em Minas Gerais.

Trekking

Travessia Extrema x Fechados

Tipo de Aventura: Trekking entre os dias 15/11/2019 e 17/11/2019.

Ponto de início: Arraial de extrema, às 10:00 do dia 15/11/2019

Ponto Final: Fechados, às 13:00 do dia 17/11/2019.

DICAS:

  • A viagem é longa, então esteja preparado e escolha um meio de transporte comfortável e um motorista experiente.
  • Não é uma travessia técnicamente exisgente e de uma beleza cênica única. Ou seja, é ideal para montanistas com pouca experiência.
  • Contrate um guia experiente, já que não é difícil se perder na imensidão da serra do Cipó.
  • A travessia é repleta de cachoeiras, não esqueça a roupa de banho.

ROTEIRO:

Dia 1: Arraial de Extrema - Camping próximo ao Rio Preto.

Dia 2: Camping próximo ao Rio Preto - Camping próximo a descida para Fechados.

Dia 3: Descida final até Fechados.

RELATO

Dia 1 – 15/11/2019

Saímos do Rio de janeiro às 21:00 ainda no dia 14/11/2019 com um pouco de atraso por conta do forte trânsito da cidade na véspera de feriado. Fizemos uma viagem bem longa, com uma parada em Belo Horizonte para buscar o nosso guia Chico Trekking, por volta das 6:00. Após mais algumas paradas, principalmente par ao café da manhã, chegamos aproximadamente às 10:00 no Arraial de Extrema. Desembarcamos, arrumamos tudo com calma e iniciamos a caminhada sob a ameaça de chuva.

Muita chuva na estrada.

E não deu outra, após alguns minutos morro acima, depois de paisagens características, a chuva veio quando estávamos sob um relevo mais elevado da Serra do Espinhaço. Confesso que essa foi a hora em que pensei “Deu merda”, já que as previsões eram muito inseguras e que tínhamos pegado horas e horas de estrada com muita chuva. Mas não é que tudo virou em questão de minutos. Foi só começar a descer que a chuva parou, o tempo deu uma firmada, as nuvens permaneceram altas a caminhada se mostrou belíssima. Era de comum acordo entre todos o pensamento de que aquele tempo protegido do sol era ótimo e agradável para toda a travessia. Que continuasse assim.

Ollha o tempo melhorando.

Sem chuva, fomos nos aproximando do Rio Preto, progredindo sem se afastar muito do mesmo pelo resto do dia, atravessando porteiras e currais. Por volta das 16:00, atravessamos o rio e encontramos um lugar legal para montar acampamento. Apesar de muito pedregoso, todos deram um jeito legal. Daí o dia foi finalizado com um banho merecido em uma das quedas do Rio Preto. A galera estava exausta da viagem, por isso, o tradicional bate-papo do fim do dia foi curto. Também porque a chuva voltou à noite e nos expulsou para dentro das barracas.

 

Aquele banho merecido.

Dia 2 – 16/11/2019

Levantamo-nos às 7:00, nos abastecemos de água e tomamos café da manhã. Seguimos nesse dia rumo a região de Barbado. A trilha se manteve fácil, sem nenhuma grande subida ou descida. Por volta das 11:00, o Chico pediu que parássemos, deixássemos as mochilas e seguíssemos rumo à Cachoeira da Samambaia, a qual considerei o ponto mais bonito de toda a travessia. A trilha não era demarcada, o que reforça a importância de estar com um guia que conhece bem a região e suas belezas escondidas. Depois de passar por muitas pedras e pequenos vara matos, cerca de 20 minutos depois lá estávamos nós tomando banho em suas águas, tomando os tradicionais jatos na cabeça. Nossa, como eu estava precisando desse banho de energias positivas.

 Saída do camping.

A Cachoeira da Samambaia.

Seguimos então para o Subidão do Miltinho, pirambeira que dá acesso a verdadeira linha de cumeada da Serra do Cipó, que dá nome ao Parque Nacional da Serra do Cipó, lugar tão frequentado por nós montanhistas. Essa foi uma subida bem legal, já que fiquei para trás conversando muito com dois grandes amigos: o Barba e o Dino. Foi quando percebemos há quanto tempo nós não fazíamos algo juntos por esse Brasil. Vale a foto para registrar. Nesse dia o tempo firmou e tivemos até lances de sol.

Subidão do Miltinho.

Caminhando com grandes amigos.

Atravessamos então a Serra do Cipó e começamos a descida para o Arraial de Fechados. Após algumas cachoeiras sem nome, achamos uma boa área de camping para descansarmos. Era 16:30 e tivemos tempo de tomar banho com calma. Na volta, cozinhamos, brincamos e passamos um bom tempo admirando as estrelas. Destaque para o Dino que tirou fotos incríveis.

Dia 3 – 17/11/2019

Acordamos novamente às 7:00, levantamos acampamento e seguimos para a Cachoeira do Horizonte com sua borda infinita. Foi uma combinação perfeita entre contemplação da natureza e conversas sobre o cenário atual dos esportes outdoor. Nos restava então a descida final. Com direito a um grande abraço no nosso motorista, o Beto, por conta dos mimos que ele nos trouxe no fim da caminhada.

Seguimos então para o camping do Arraial de Fechados, onde almoçamos, jogamos sinuca e totó e brincamos muito. Fomos embora por volta das 14:30. Tudo deu certo apesar da previsão de chuva. Essa foi a minha última travessia de 2019, um ano incrível e de muito aprendizado e contato com a natureza. Que venha 2020 com muito mais experiências e vivências. E, claro, a presença sempre forte de grandes amigos.

 

Bruno Negreiros
Bruno Negreiros

Published on 02/16/2020 14:20

Performed from 11/15/2019 to 11/17/2019

4 Participants

Josye Villela Clube Outdoor André Leopoldino (Dino) Adhemar

Views

337

5
Fabio Fliess
Fabio Fliess 02/16/2020 14:26

Ê Cipozão sem porteira. Irado demais Bruno! Parabéns...

Clara Santo
Clara Santo 02/20/2020 21:02

Ai que tudo!!! Pank

Thales Pordeus
Thales Pordeus 03/13/2020 15:42

Qual mochila você utilizou?

Bruno Negreiros
Bruno Negreiros 03/13/2020 16:47

Uma Deuter Air Contact Pro 60+15!

Tomas
Tomas 05/10/2020 01:27

Caraca irmão, eu estava na mesma região no mesmo período. Estava como instrutor no FEAL de 10 a 23 de novembro, fizemos a travessia de Lapinha da Serra até Cemitério do Peixe. Região linha demais.

Bruno Negreiros

Bruno Negreiros

Rio de Janeiro

Rox
1617

Engenheiro ambiental e montanhista com o sonho de contribuir para a disseminação dos esportes ao ar livre e de aumentar a conscientização ambiental e social no mundo outdoor.

Adventures Map
www.instagram.com/brunobnegreiros?r=nametag

4 Posts

Bruno Negreiros Sinto Saudade!
Bruno Negreiros Você conhece o FEAL?
Bruno Negreiros Dica de Livro: Manual de Trekking & Aventura
Bruno Negreiros A Escalada
See More

4013 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Renan Cavichi, Ana Retore and 309 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Bruna Fávaro, Fabio Fliess and 81 others support the Together page.