AventureBoxExplore
Create your account
Chapada dos Veadeiros

Chapada dos Veadeiros

A Exuberante Chapada dos Veadeiros

A Enigmática Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros cobre uma área de cerca de 21.000 km2, sendo que parte desta (648 km2) compôe o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, tombado como Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO.

O termo "veadeiro" designa uma raça de cães que se tornou eficaz nos séculos passados na caça dos veados que haviam em abundância na região. Infelizmente, é raro este tipo de animal no parque agora.

A região ficou famosa por histórias relacionadas à sua grande abundância de cristais. Uma delas é que a região fica sobre uma gigantesca placa de cristal de quartzo, o que gerou a história de um estudo da Nasa, que queria saber o porquê de "tanto brilho neste ponto do globo terrestre". Não consegui encontrar registro deste estudo, mas de fato há tanto tipo de cristal lá que "se chuta".

E, como se sabe, cristais emanam energias e isso atrai exotéricos de todo o mundo para lá. O fato é que eles não se encantaram apenas com isso. A Chapada tem um sem-número de cachoeiras incríveis e muita paisagem de tirar o fôlego, além de uma flora e fauna rica e diversa.

Além do Parque Nacional, tombado até pela Unesco, há muitas APA's que preservam quase a totalidade do parque além do Reserva Quilombola de Kalunga, cuja decisão também ajuda a aplacar a exploração agropastoril. O fato é que também as próprias fazendas também estão aprendendo que "o cerrado em pé dá mais dinheiro que ele deitado", em outras palavras, abandonando um pouco a agropecuária e explorando mais as riquezas naturais do seu entorno com a construção de pousadas e cobrança de taxas de visita para visitação de belezas naturais localizadas nas suas áreas.

Meu plano de visitação da Chapada dos Veadeiros começou com pesquisas na internet de uma pousada "recomendada para mochileiros". Como eu ia sozinho, é bom um lugar de fácil sociabilização. E a escolha da Pousada Buddys foi certeira. Eles tem um staff que conhece bem a região, te dá dicas interessantes, te acolhem de maneira familiar, contam "causos da chapada", te indicam até eventos culturais. De lá foi fácil localizar turmas para tirar o melhor proveito das trilhas e experiências da Chapada dos Veadeiros. fiquei por lá de 01/03/2016 até 09/03/2016, tempo excelente para tirar o melhor proveito da região.

deu pra visitar:

- Trilha do Rio dos Couros

- Trilha do Abismo e Mirante da Janela

- Trilha dos Cristais

- Trilha dos Canyons e Carioquinha

- Trilha dos Saltos

- Trilha das Loquinha (onde testemunhei uma TROMBA D´AGUA!!)

- Trilha do Vale da Lua

- Trilha das Almécegas

Algumas recomendações:

1) A cidade de Alto Paraíso, creio eu, é o princpal ponto de estadia. Lá se concilia preço razoável e facilidade de locomoção para as mais diversass trilhas. São Jorge, a cidade mais badalada da região também é uma boa opção já que fica LITERALMENTE NA PORTA DE ENTRADA do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

2) Uma boa opção para quem vai em turmas é alugar um carro em Brasilia. O valor de aluguel não é tão caro e um carro 1.0 dá conta do recado mesmo nas estradas de terra da região. A maior parte das estradas são asfaltadas e um verdadeiro tapete!! andei cerca de 500 km de estradas asfaltadas e encontrei apenas UM ÚNICO BURACO em todo este trajeto!!! a única estradinha a melhorar é o trajeto entre Teresina de Goiás e Cavalcanti.
Eu fui sem carro, daí eu tinha que "colar" numa turma que fizesse uma trilha que me interessasse. Não tive qualquer dificuldade em me enturmar, mas como bom mochileiro, é preciso ter iniciativa em sociabilizar-se. E falar inglês também, visto que há muitos estrangeiros lá. Como sempre, informe-se na sua pousada sobre informação de turmas de trilhas.

3) Esteja munido de contatos da pousada da sua escolha. Escolha uma pousada que realmente lhe orienta sobre os lugares e cujo pessoal esteja disponível para matar qualquer dúvida sua. O fato é que a maioria das pousadas já "fecham" por volta das 22h.

4) Há ônibus de Brasilia para Alto Paraíso. Mas há também carros que fazem este transporte. Muitas vezes os carros são melhores visto que eles podem, na volta, te levar direto ao aeroporto ou rodoviária de Brasilia.

5) Se você quiser esticar até o Parque Estadual de Terra Ronca, há transporte disponível na cidade. Informe-se na sua pousada. Terra Ronca fica a 250km ao leste de Alto Paraíso. Se quiser também dár uma esticada até o Jalapão, há ônibus até Palmas, que fica a cerca de 6h de viagem de Alto Paraíso. Como pode ver, se você tiver um bom período de férias, pode planejar uma boa trip ecológica no coração do Brasil "Veadeiros - Terra Ronca - Jalapão".

6) TOME CUIDADO COM AS TROMBAS D'AGUA E CABEÇAS D'AGUA. Eu mesmo presenciei uma tromba d'agua na Trilha das Loquinhas. é fácil esse fenômeno acontecer por lá em dias de clima instável. Regiões como Loquinhas e Vale da Lua são sensíveis a esses fenômenos. Em dias de chuva esteja atento a qualquer aumento, mesmo que pequeno, da água da cachoeira, ou quando a agua se torna turva de repente, ou com alguma sujeira descendo.

Mais detalhes e fotos eu postei no site www.loveyourself.com.br

Carlos Araújo
Carlos Araújo

Published on 03/27/2016 22:36

Performed from 03/01/2016 to 03/09/2016

Views

2736

1
Carlos Araújo
Carlos Araújo 11/24/2016 22:26

Preciso voltar :)

Carlos Araújo

Carlos Araújo

São Paulo - SP

Rox
68

Começando agora a dar valor e a observar mais as maravilhas da Natureza. Adoro andar... tanto na cidade quanto no campo.

Adventures Map

133 Following