AventureBoxExplore
Create your account
Jalapão

Jalapão

A Exuberante Jalapão

O Parque Estadual do Jalapão está localizado no estado de Tocantins, a 180 km de Palmas, capital do estado. O parque abrange áreas dos municípios de São Félix do Tocantins e Mateiros.

O Jalapão, como um todo ocupa 34 mil km2, nos municípios de Ponte Alta do Tocantins, Mateiros, São Félix do Tocantins, Lizarda, Rio Sono, Novo Acordo, Santa Tereza do Tocantins, Lagoa do Tocantins e Rio da Conceição, dos quais, cerca de 1.600 km2 correspondem ao parte estadual e outros 7.600 km2, à Reserva Ecológica Serra Geral de Tocantins, onde o acesso só é permitido com autorização dos órgãos de proteção ambiental.
Sua vegetação é de cerrado, com todas as suas variantes: desde os campos limpos até as densas matas de galeria passando por cerrados rupestres e paimeirais. O Cerrado é muito rico em tipos de vegetação e plantas com flores não faltam.
Sua fauna é abrangente. a Araraúna, em extinção, é um dos simbolos do parque, assim como o lobo Guará. Há também sucuris, jibóias, cascaveis, tatus, emas, onças e uma diversidade incrível de aves, apenas para falar de alguns.

Do ponto de vista geológico, destacam-se os relevos residuais (tipo de elevação topográfica - "mesas, chapadas" - que se destacam em uma superfície plana, que são resultado de erosões ao longo dos milênios) cânions, cavernas, dunas e surgências de água subterrânea (localmente conhecidas como fervedouros). No tocante aos relevos residuais, destacam-se as Serra do Espírito Santo, que serve de área fonte para a formação das Dunas do Jalapão. As cavernas são de litologias (formações rochosas) variadas com predomínio dos carbonatos do Grupo Bambuí, que hospedam as feições mais representativas do relevo cárstico (dissolução química ou corrosão das rochas, que leva ao aparecimento de uma série de características físicas, tais como cavernas, dolinas, vales secos, vales cegos) na região e, minoritariamente, os arenitos do Grupo Urucuia, que também possui cavidades de dimensões menos expressivas. Os fervedouros são pontos de exfiltração de águas advindas nos aquíferos profundos e que por descontinuidades estruturais afloram quase sempre associados às zonas de veredas. Esse conjunto de feições atribui ao Jalapão grande potencial ainda pouco explorado no viés geológico,geomorfológico e ambiental.

Optei por uma "expedição" de 3 dias, pela NorteTur. Ótima pedida, visto que lá são cerca de 700km de estradas todas sem asfalto e mal-sinalizada, e requer uma excelente carro 4 x 4 com um belo tanque de combustível e recursos de rádio para contato, visto que o local é inóspito.

Sinceramente, não recomendo para quem for sozinho, a não ser que vá com guia. Todos os que se aventuram lá vão ou em expedições (próprias ou alugadas de lá), ou com guia.

Consegui visitar algunas interessantes e maravilhosas localizações

- Cachoeira da Velha

- Dunas e Serra do Espírito Santo

- Canyon do Suçuapara

- Morro da Catedral

- Morro dos Três Macacos

- Cachoeira do Formiga

- Fervedouro do Ceiça

- Fervedouro do Buritizinho

Compilei tudo e postei num site que criei com este própósito: www.loveyourself.com.br. Lá há mais detalhes a respeito desta viagem.

Carlos Araújo
Carlos Araújo

Published on 03/27/2016 22:25

Performed from 03/10/2016 to 03/12/2016

Views

3491

1
Carlos Araújo
Carlos Araújo 05/11/2016 00:02

Um desavisado chega a pensar que o Morro da Catedral é uma catedral mesmo, rsss

Carlos Araújo

Carlos Araújo

São Paulo - SP

Rox
68

Começando agora a dar valor e a observar mais as maravilhas da Natureza. Adoro andar... tanto na cidade quanto no campo.

Adventures Map

133 Following