AventureBoxExplore
Create your account
Machu Picchu Celebração 25 anos de Montanhismo e União

Machu Picchu Celebração 25 anos de Montanhismo e União

Para comemoração da dupla Bodas de Prata o Peru foi o escolhido. Trekking Montaña Sagrada, Cañion del Colca, Cusco, Arequipa, Lima.

Bodas de Prata na Montanha Sagrada!

Desde que nos conhecemos sempre praticamos trekking / montanhismo e ou lugares poucos convencionais.

Para imaginarem como tudo começou, nossa primeira viagem internacional foi logo para o Grand Cannyon de lá fomos até L.A, alugamos um carro e fizemos a Pacific Coast 101 até São Francisco parando em todas as cidades costeiras. A partir desse dia nunca mais nos separamos.

E para cada ano juntos uma celebração diferente mas sempre fazendo alguma viagem bem radical nacional e ou internacional. Já fizemos o topo, o meio e o fim do mundo. Mas voltando ao Perú que é o assunto do post, que país incrivel ! Tanto pela sua geografia, história, cultura, gastronomia, esportes de aventuras. As pessoas amáveis, acolhedoras. Paisagens estonteantes e muita mas muita coisa legal pra fazer, especialmente se você é um apaixonado por trekking como nós. Vivemos por isso e para isso !

Fizemos a trilha a pé até M. Picchu e que sensação enebriante chegar lá em cima e disfrutar daquela beleza ancestral, além de ouvir toda sua história contada com propriedade pelo nosso guia José que é um descendente dos Quechuas. Muito legal saber um pouco dessa cultura. Segundo ele este ano entrou um projeto de governo para que volte a lingua Quechua nas escolas. Os jovens das comunidades preferem Ingles ao invés da lingua deles e aos poucos a tradição vai se perdendo. Os pais estão lutando para que não morra essa cultura secular.

Quase chorei de tanta alegria em estar finalmente pisando naquele lugar onde passei toda minha vida só vendo por fotos, vídeos e agora estar in loco, não tem palavras para descrever o tamanho da emoção.

Foi realmente mágico podermos celebrar nossas bodas dupla, a de união e de montanhismo. Era uma questão de honra e gratidão irmos a Montanha Sagrada e pedir as bençãos da Pachamama.Voltamos carregados de energia e boas vibes ! Tanto que dias mais tarde fizemos o Canõn del Colca um trekking pra lá de irado!.

Agora quando vejo minhas fotos desse lugar a Montanha Sagrada, aliás esse nome faz jus pois é, perceptivel uma força maior que toma conta de todo nosso ser. É mágia pura! Olhar pra elas é me transportar em energia . Ao fechar os olhos posso sentir as mesmas emoções daqueles momentos em que fomos apresentados a ela. Foi um reconhecimento! Viche! Demais!! Não queria que aquele dia acabasse. Infelizmente o tempo lá urge e tinhamos que fazer todo o caminho de volta até a Hidrelétrica e não era pouco ! E de lá de van de volta p Cusco

Preciso mencionar que

A trilha da Hidroeletrica a Águas Calientes que tanto ouvia dizer isso ou aquilo superou minha expectativa.

Ela é linda, agradável , florida, ruido das águas do rio que a estrada ferrea beira quase o tempo todo. som acolheder dos passaros para alegrar ainda mais esses pouco mais de 12 km.

Tem de tudo nessa trilha, logo no início dela de onde partem os trens lindos modernos e confortáveis tem a opção de fazer a pé que no caso foi a escolhida. Uma porção de barracas com comes e bebes, capa de chuva, etc etc e pasmem tem até um Exchange se precisar fazer algum câmbio de última hora. Logo em seguida aparece um restaurante bem simpatico que aliás, é exatamente ali que começa literalmente a trilha. Depois disso esse comercio escassa até na metade do caminho quando surge um restaurante com uma área bem gostosa para um descanso dos que estão indo ou vindo da montanha. Preferimos a continuar e chegar ao ponto mais rápido porque uma nuvem negra se aproximava E foi ótima a opção escolhida porque assim que entramos no lindo e aconchegante Vilarejo de Águas Calientes a chuva caiu sem dó, lavando nossa almas.

Pousar, descansar em Águas Calientes encravada no sopé da montanha é uma excelente pedida. Lugar pra lá de agradável, bacana. Literalmente a Torre de Babel, gente do mundo inteiro passa por ali ou na subida ou na descida de M.Picchu. As ruas são simpaticas com variedade de lojas coloridas, bons restaurantes, cafés, praças além de visuais impressionantes. A noite é lindo de contemplar o Céu.

Ali conhecemos e contratamos nosso guia que nos foi indicado por um trekker argentino que conhecemos longe dali . E que inclusive graças a uma outra dica legal dele nos fez mudar um roteiro, estavamos em dúvida parar para pousar em Ollantayatambo e a dica foi pousar em Santa Tereza, onde tem uma das melhores termas da região, batendo segundo os entendidos até mesmo as termas maquiadas de Águas Calientes, por ter menos gente e mais piscinas. Excelente lugar para dar um tempinho e relaxar antes e ou depois de Machu Picchu nas numa das 4 piscinas abertas até de madrugada não tem preço.

Para chegar até as Termas a partir do Centro é por meio do tuk-tuk (motocicleta adaptada para levar até 3 pessoas) meio de transporte muito comun nessa região. Inclusive em Ollantaytambo outra cidadezinha que nos encantou!

(*) Se tiver curiosidade entre no post do Canõn del Colca e outros que fizemos no Peru.

Sempre lembrando que somos 60ões e nossa filosofia é a Aventura Não Tem Idade.

2
Priscila
Priscila 10/23/2018 12:34

Parabéns casal!!!! Grande inspiração...

Aventura Não Tem Idade
Aventura Não Tem Idade 10/25/2018 23:21

Valeu ! Priscila.bj

Aventura Não Tem Idade

Aventura Não Tem Idade

São Paulo

Rox
360

Aventura não tem Idade ! Montanhistas 'Nós somos vocês amanhã' 60ões trekkistas

Adventures Map
Aventure box

116 Following