AventureBoxExplore
Create your account
Aiuruoca (Pico do Papagaio e Cachoeira dos Garcias)

Aiuruoca (Pico do Papagaio e Cachoeira dos Garcias)

Acampamento n e realização de trilhas para o Poço das Fadas, Pico do Papagaio e Cachoeira dos Garcia (Relato: Henrique Protázio)

Mountaineering Hiking

Aiuruoca + Papagaio
Data:
05/10/2019 e 06/10/2019
Local: Aiuruoca, Minas Gerais
Atividade: Camping Estruturado + Ataque para Pôr do Sol
Participantes: 14 pessoas (6 novatos)
Transporte: Van de 15 lugares (Beto)
Início: Camping O Panorâmico, dia 05/10/2019
Ponto Final: Cachoeira dos Garcias, dia 06/10/2019

RELATO

Dia 01 - 05/10/2019

Ponto de encontro marcado no posto Shell da Rodoviária, o grupo se manteve pontual e saímos às 00:25, tivemos um participante faltante em cima da hora, circunstâncias da vida. Fizemos uma viagem tranquila. o grupo, como sempre, ERA muito bom e se manteve com entrosamento excelente.

Nossa primeira parada foi num posto após a subida da Serra das Araras, que durou mais ou menos uns 30 minutos. Seguimos viagem pela Dutra, com trânsito excelente, acabei cochilando e ao me deparar com um dos trajetos que o GPS nos indicava, pedi ao nosso anjo da guarda e motorista, Beto, alterar o trajeto pois conhecia a estrada e era bem ruim, aumentamos o trajeto em uns 40 km, mas fizemos uma viagem bem tranquila, fizemos mais uma parada para abastecimento em Resende e seguimos viagem, subimos a serra dos 3 Estados em direção ao nosso destino, estrada com muitas curvas sinuosas, fizemos mais uma parada na cidade de Pouso Alto para um café, lá pelas 5 hs da manhã, o termômetro marcava 14º graus.

Seguimos viagem até o centro de Aiuruoca, chegamos e fomos logo tomar café da manhã na padaria Delícias do Trigo. Após o café, seguimos com a Van rumo ao Vale do Matutu, onde se localizava nosso ponto de apoio, o Camping O Panorâmico, após cerca de 40 min de estrada de chão, chegamos . Fomos muito bem recebidos pelo Odilon, proprietário do Camping. Retiramos nossas coisas da Van, escolhemos nosso canto para montar as barracas, colocamos roupas de banho e seguimos em direção a Cachoeira das Fadas, que localizada bem próxima de um local bem conhecido da região chamado Casarão. Tomamos um bom banho gelado, tiramos fotos, e conversamos um bocado.

Nosso acampamento.

Galera curtindo a Cahcoeira (Poço) das Fadas

Não demoramos muito, pois estávamos preocupados com o horário do almoço e para a grande aventura do dia, que seria o ataque do Pico do Papagaio para assistirmos o pôr do sol. Voltamos para o Camping, almoçamos aquela comida caseira mineira, descansamos um pouco e nos arrumamos para iniciar a trilha. Por volta das 13:15 hs iniciamos a trilha, tínhamos a previsão de 03:30 hs de duração, a ida com subida bem intensa, boa parte da trilha era exposta, estava bem quente neste dia, um dos cães do Camping nos acompanhou pela trilha o tempo inteiro, um verdadeiro guia e companheiro, logo foi carinhosamente apelidado de “Paçoca”.

Subidão

Rumo ao Papagaio

Durante nossa subida, fizemos paradas para descanso, alimentação e fotos. Nosso querido motorista e amigo, Beto, subiu conosco para fazer a cobertura de nossa aventura com seu Drone. Haviam participantes bem experientes com fotos e fizeram clicks incríveis do pessoal e da paisagem, agradecimento total ao Golias e ao Sílvio. O primeiro grupo chegou ao cume por volta de 16:50 hs, e os demais por volta de 17:05 hs. Tiramos fotos, lanchamos e nos posicionamos estrategicamente para assistir o espetáculo.

Cume do Pico do Papagaio de Aiuruoca

O tempo estava aberto, contemplamos o pôr do sol, e não demoramos muito a iniciar a nossa descida, antes de descer nos agasalhamos e munidos de nossas lanternas para iluminar nosso retorno, iniciamos a descida de volta ao camping. Atenção redobrada, pois já estava escuro e mantivemos o grupo junto na parte mais fechada da trilha. Após um tempo de caminhada, o grupo da frente abriu uma diferença e, em comum acordo com quem fechava a trilha, combinamos de ir direto sem paradas, descida tranquila e com bastante atenção. Por volta das 20:30 hs estávamos de volta ao camping famintos, havíamos combinado de tomar um caldo. Após a chegada de todos, parte do grupo resolveu comer uma pizza num bar próximo ao camping. Após todos de banho tomado, partimos então caminhando para o bar para nos hidratarmos e comermos pizza, sempre em companhia de nosso fiel cãopanheiro “Paçoca”. Comemos nossas pizzas, bebemos e conversamos bastante, nossa já famosa pós-trilha, por volta de meia noite, voltamos ao camping para descansar para o dia seguinte.

Valeu, Paçoca.

Dia 2 - 06/10/2019

Acordamos com calma no camping, tomamos café e definimos o real rumo do nosso último dia. Decidimos ir direto para a cachoeira dos Garcias, a mesma fica localizada no Vale dos Garcias, também em Aiuruoca. Pegamos a estrada de saída da cidade, e em um determinado ponto acessamos a estrada de terra rumo ao Vale dos Garcias. A estrada em sua maior parte é razoável, alguns pontos bem ruins, mas o Beto e sua Van deram conta do recado, não descemos para o Restaurante Casal Garcia de Van, ela ficou parada em um recuo mais acima e fizemos uma caminhada de cerca de uns 20 min.

O caminho para a cachoeira é bem marcado, uma descida leve que nos deixou direto na poço da queda da cachoeira, estava um dia bem quente e aproveitamos bastante o poço. A água estava bem gelada, o que por sua vez nos deixava com frio ao ficarmos muito tempo na água, nos esbaldamos muito pelas águas do Garcia.

Cachoeira dos Gárcias.

Antes de ir embora, paramos um pouco no Restaurante para fazermos uma hidratação e petiscar, a previsão do tempo foi precisa ao apontar início de chuva leve para aproximadamente 14hs, ao caírem as primeiras gotas d'água, encerramos nossa conta e fomos em direção a Van para retornarmos ao Rio de Janeiro. Fizemos uma parada na estrada, especificamente em Baependi, para almoço tipicamente mineiro, ao fim do almoço, fiz um discurso de agradecimento e então seguimos viagem de barriga cheia. Fizemos uma parada na Garganta do Registro para compras de queijos e tomarmos um cafézinho e logo seguimos viagem rumo ao Rio de Janeiro. Chegamos cedo ao nosso destino final, o Posto Shell próximo a rodoviária novo rio, nos despedimos e seguimos cada um para sua casa.

Clube Outdoor
Clube Outdoor

Published on 10/30/2019 08:35

Performed from 10/05/2019 to 10/06/2019

3 Participants

Henrique Protázio Bruno Negreiros Adhemar

Views

395

3
Victor Rogath
Victor Rogath 11/24/2019 05:12

Seems was nice place.!

Clube Outdoor
Clube Outdoor 03/20/2020 19:41

Aiuruoca é o lugar!

David Sousa
David Sousa 04/17/2021 07:00

Lindo!

Clube Outdoor

Clube Outdoor

Rio de Janeiro

Rox
1205

Grupo de amantes da natureza com o objetivo de promover práticas outdoor e o desenvolvimento do autoconhecimento e da conscientização crítica, ambiental e social.

Adventures Map
clubeoutdoor.com.br

3 Posts


2797 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruna Fávaro, Fabio Fliess and 385 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Fabio Fliess, Renan Cavichi and 140 others support the Together page.