AventureBoxExplore
Create your account
Cicloviagem a Barra de Mamanguape - PB

Cicloviagem a Barra de Mamanguape - PB

Réveillon cicloviajante

Camping Bike Trip Bikepacking

Fazer uma cicloviagem para passar o réveillon de 2019/2020 numa praia da Paraíba. O convite partiu dos amigos Isaac e Narandaye, que vivem em João Pessoa. Para abreviar a viagem, eu e Babi colocamos as bikes num ônibus em Recife e chegamos na capital paraibana no meio da tarde do dia 29 de dezembro.


Nos encontramos com Isaac e sua companheira, munidos de suas respectivas bicicletas, num parque da cidade e logo rumamos para o destino. A idéia era pernoitar numa praia de Lucena e seguir viagem no dia seguinte. Mas o local ideal para o camping era após a travessia de um mini ferry-boat. Tivemos de pedalar forte para não perder a última embarcação do dia, em Cabedelo. Cruzamos o trecho hidroviário já à noite.

Acampar é bom demais. Em Lucena, escolhemos um local sem muitos olhares, e montamos nosso acampamento. Ao amanhecer a praia estava cheia de barcos de pesca, e assistir aquelas pessoas em sua atividade laboral foi bom demais.

Canavial, o melhor pedal!

Tomamos café numa padaria de Lucena e partimos numa rota maravilhosa, que se iniciava num curto trecho de asfalto e seguia para uma longo trajeto por estrada de chão, dentro de um extenso canavial. O calor já no início da manhã nos obrigava a parar regularmente para beber água e descansar. Mas depois de um tempo fomos criando resistência e a estrada parecia nos embalar na viagem. Era muito prazeroso o pedal naquela estradinha de barro, cheia de subidas e descidas, trechos arenosos onde as bikes dançavam e pareciam que iam cair.

O Isaac era nosso guia, pois ele havia descoberto Barra de Mamanguape há pouco tempo e já tinha voltado lá algumas vezes. Era só seguir o Isaac e tudo certo. Melhor guia!

O trajeto era muito bom, eu estava adorando aquilo ali, mas sim, era muito cansativo, a gente ia na adrenalina. Curva após curva, baixadas, subidas, matinhas, casas de moradores, era um pedal de suor, muito suor. Mas eis que no meio do canavial, encontramos uma espécie de oásis. Uma lagoa com água límpida, onde diversas crianças se banhavam. E lá fomos nós nos refrescar também. As mães dos pequenos estavam próximo lavando roupa e todos nós curtimos aquele momento.

A chegada

Mas a viagem precisa prosseguir, e enfim chegamos ao nosso destino beirando o meio-dia. Buscamos o camping gratuito, que fica mais afastado da vila, mas por outro lado muito pertinho da foz do rio e da praia. Excelente. Abrimos nosso chão e firmamos nossas barracas. Daí começamos a explorar o local. Descobrimos a praia maravilhosa (e deserta), o rio de água fresquinha e bem largo. Era 30 de dezembro. Curtimos o fim do dia, e uma noite super agradável.

Barra de Mamanguape é um local que ainda está sendo descoberto. Ainda conserva a precariedade que tanto amamos, ruas não calçadas junto às belezas naturais para nutrir todos os sentidos. É bom demais sair vagando e puxando conversa com os moradores. Sempre cheios de histórias e causos.

/ VEJA MAIS FOTOS NA GALERIA DESTA AVENTURA.

Damião Santana
Damião Santana

Published on 08/10/2020 13:50

Performed from 12/29/2019 to 01/02/2020

Views

433

Damião Santana

Damião Santana

Recife - PE

Rox
91

Moro em Recife. Amo cicloviagens e caminhar pelas montanhas.

Adventures Map

43 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruna Fávaro, Renan Cavichi and 405 others support the Minimum Impact Manifest