AventureBoxExplore
Create your account
Peru dia 5 - Laguna Humantay

Peru dia 5 - Laguna Humantay

Superação e a realização de um sonho a 4200 metros de altitude.

Mountaineering Hiking

Peru, 27 de agosto de 2019

Começo minha história aqui no AventureBox pela passagem mais marcante da minha vida até aqui!

Um momento que virou a chave aqui dentro, e que me fez enxergar que eu sou capaz!

Minha ida a Laguna Humantay/Peru.

Sempre que via suas fotos na internet eu ficava encantada!
Que lugar mágico!
E pensava: eu preciso ir até lá e ver essa maravilha com meus próprios olhos!

A Laguna Humantay, é uma das mais altas do mundo (aproximadamente 4200 m acima do nível do mar) e está situada na base do nevado de Humantay e ao lado do famoso nevado de Saltkantay, na região de Cusco, mais especificamente na província de Anta, nas proximidades de Mollepata.

Essa incrível laguna é formada pelas águas do degelo do nevado de mesmo nome. Sua coloração em tons de turquesa (que variam de acordo com a luz), encantam e fascinam todos que tem a oportunidade de chegar até ela.

Talvez tenha sido sua cor que tenha me fascinado desde o início, ou o fato de estar aos pés deste incrível nevado. Não sei dizer ao certo, mas eu precisava ir até lá, eu precisava respirar aquele ar, sentir aquele vento!

Eis que o grande dia chegou!

No dia 27/08/2019 o pessoal da agência que havíamos contratado (contratamos com uma agência na Praça de Armas) passou para nos pegar nos arredores de San Blas por volta das 4:00 da manha e seguimos rumo a tão sonhada laguna.

Fazia muito frio, mas a ansiedade era tanta que isso era o que menos me incomodaria naquele momento. Eu só queria desfrutar de cada segundo da maneira mais intensa possível!

No pacote contratado estava incluso o café da manhã e o almoço em uma casa no povoado de Mollepata.

A casa era super simples, mas fomos muito bem acolhidos e estava tudo muito gostoso.

E assim, após tomar nosso café da manhã, seguimos rumo a Soraypampa, de onde seguiríamos caminhando até a laguna.

Quando desci da Van em Soraypampa meu coração já quase saiu pela boca ao avistar o imponente nevado de Salkantay, que mesmo a quase 6 km de distância já pode ser avistado.

O guia nos instruiu a respeito de horários e alguns cuidados, nos forneceu um cajado de madeira (muito pesado a propósito) e lá fomos nós!

Empolgação a mil, eu queria fotografar tudo o que via pela frente!

Aos poucos o grupo foi se distanciando e eu fui ficando para trás, pois eu precisava parar com frequência.

Eu sabia que não seria fácil, e de fato, não foi!
Não tive problemas com o mal de altitude, mas o terreno irregular e íngreme exigiu muita atenção e um esforço físico gigantesco.

As pernas doiam muito, e eu não queria utilizar o cavalo (é muito triste ver o esforço que eles fazem p subir), eu precisava chegar lá com minhas próprias pernas!

A linda paisagem, o som do riacho que corre pertinho da trilha e o cheiro das plantas encontradas pelo caminho, me motivavam a seguir.
Eu estava quase lá, mas as pernas já não me obedeciam mais. Eu pensei em desistir, não tinha mais forças! Fiquei muito triste!
Foi então que eu olhei para baixo e percebi o tanto que eu já havia subido. Em poucos segundos, vi passar diante dos meus olhos um filme da minha vida inteira, com todas as dificuldades e barrerias que eu já havia enfrentado até aqui.
Foi difícil segurar a emoção! Chorei inconsolavelmente! Meu Deus, aquela montanha estava me ensinando tanto!

Olhei novamente para cima e vi meus amigos me incentivando. Respirei fundo e segui adiante!

O que vi na sequência, quando consegui finalmente chegar lá em cima, nenhuma foto e nenhuma palavra será capaz de definir! Meus Deus! Eu consegui! Eu estava lá, vivendo de fato tudo aquilo!!! Como eu agradeci por isso!!! Como eu agradeci estar viva para poder estar ali!!!

Eu não queria descer! Eu queria morar naquele lugar!

Foi um misto de superação, gratidão e alegria! Que lugar! Que vibe!!! Que lição eu tive aquele dia! A montanha é viva e nos ensina, ensina muito! Nenhuma dor ou dificuldade é tão grande que não possamos superá-la! Jamais vou me esquecer disso! 🙏

Um misto de alegria (por ter conseguido chegar lá, aos 4200 de altitude), e tristeza (por ter que voltar) tomou conta de mim naquele dia!
Era destino fazer o percurso sozinha, eu precisava daquele momento! Precisava refletir, e claro, subir aos poucos porque as pernas não estavam tão preparadas. Subi e desci distante dos meus amigos, que sempre estavam às frente, mas eu, eu queria desfrutar de cada segundo extra naquele lugar.

Adiei ao máximo a minha descida, e quando já não tinha mais jeito, comecei a retornar devagar.Em um determinado momento, ainda tomada pela emoção, notei que já não estava mais só, eu tinha uma companheira!!!
Essa vaquinha linda (acho que era uma vaca e não um boi), começou a me acompanhar!
Ontem, fuçando nas minhas pastas, me perdi relembrando dessa viagem e de como ela foi transformadora pra minha vida!
Por mais momentos como este, por mais sonhos se realizando, por mais mulheres lá em cima, conquistando!

🏔

Dani Garbiatti
Dani Garbiatti

Published on 03/03/2021 14:24

Performed on 08/27/2019

Views

211

3
Renan Cavichi
Renan Cavichi 03/04/2021 10:41

Demais... Lindas fotos! Bem-vinda!

Dani Garbiatti
Dani Garbiatti 03/04/2021 10:42

Muito obrigada!!!🙏🙏 Já estou amando isso aqui!

Online Pelo Mundo
Online Pelo Mundo 04/22/2021 16:12

Demais!!! ⛰️

Dani Garbiatti

Dani Garbiatti

São José do Rio Preto, SP

Rox
276

▲Fotografando e inspirando mulheres a descobrir o mundo, por onde o vento soprar!▲ ▲ instagram: @which_way_the_wind_blows

Adventures Map
www.instagram.com/which_way_the_wind_blows/

10 Posts

See More

52 Following