AventureBoxExplore
Create your account
Serra do Lopo: Extrema x Joanópolis

Serra do Lopo: Extrema x Joanópolis

No extremo sul da Serra da Mantiqueira, a Serra do Lopo é a porta de entrada dessa bela e imponente cadeia montanhosa do Sudeste Brasileiro.

A Serra do Lopo está inserida no extremo sul da Serra da Mantiqueira, na divisa dos estados de Minas Gerais e São Paulo e apresenta-se em duas faces principais: a noroeste, por onde iniciamos a travessia, que faz parte do município de Extrema (MG), voltada para o interior paulista e, a sudeste, por onde terminamos, dentro dos limites do município de Joanópolis (SP) e voltada para o Vale do Paraíba e o litoral. A altitude da serra varia de 900 m a 1780 m no Pico do Lopo ou Pedra do Cume, ponto culminante. É uma região estratégica e de grande relevância ecológica, sócio-ambiental e econômica, principalmente devido à existência de uma densa rede hídrica, com presença de inúmeros córregos e nascentes de águas e importantes remanescentes florestais, sendo essencial a conservação ambiental para o bom funcionamento, por exemplo, do Sistema Cantareira, que abastece quase 9 milhões de pessoas. E também de relevância turística, com cachoeiras, picos e mirantes com belas paisagens, excelente para a prática de esportes de aventura, como o trekking, rapel, mountain bike, asa delta, entre outros. A serra forma um importante maciço com cobertura florestal e também se destaca a presença de vários afloramentos rochosos, que ocorrem entremeando a vegetação circundante e os campos de altitude. Pratique e multiple a ideia de Mínimo Impacto em Ambientes Naturais* colaborando para a manutenção e equilíbrio dos ecossistemas.

SOBRE A TRAVESSIA

O trekking foi realizado nos dias 07 e 08/10/2017, começando no Terminal Rodoviário de Extrema (MG) e finalizando no Terminal Rodoviário de Joanópolis (SP). É uma travessia muito massa e bem interessante, principalmente para os iniciantes no montanhismo. O Pico do Lopo está inserido em propriedade particular e agora é cobrada uma taxa de visitação de R$ 20,00 (fev/19). Para acampamento há necessidade de agendamento prévio (35) 99713-4161 .

Principais atrativos: Pico do Lopo | Pedras das Flores | Pedra do Marino | Pedra dos 5 Dedos | Rampa de Voo Livre | Pedra do Sapo

*Distância total: 28,5 km | Altitude mínima: 865 m | Altitude máxima: 1700 m | Ganho acumulado de elevação: 1389 m | Perda acumulada de elevação: 1381 m

*Dados obtidos por meio de gps e diferem do aventurebox

1º Dia (07/10): São Paulo | Extrema | Rampa de Voo Livre | Pedra do Marino | Pedra das Flores

Saímos de São Paulo em um dia chuvoso, Eu, Leandro, Diana e Alice, os outros confirmados desistiram devido ao tempo nada convidativo. Porém, a previsão indicava que as condições melhorariam, então arriscamos e nos demos bem!

A travessia se iniciou pela Trilha da Pedra do Sapo, por volta das 13hs, em meio a vegetação secundária de mata atlântica em estágio médio de regeneração, bem demarcada, sombreada, com algumas bifurcações e acentuado aclive. Aproveite para abastecimento de água nesta trilha!

Atingimos a Pedra do Sapo, e pela primeira vez foi possível visualizar o munícipio de Extrema. Em seguida, se inicia a Trilha do Pinheirinho que se estende até a Torre da Embratel. A partir dali, iniciamos a caminhada em chão de concreto até o Trevo. Seguimos sentido a Rampa de Voo Livre >> Portal das Pousadas, logo a frente, bifurcação à esquerda para a trilha que leva ao Pico do Lopo. Após alguns kms nesta trilha há uma trifurcação sinalizada. Entramos a direita na Pedra do Marino e avistamos pela primeira vez o Pico do Lopo, já estava escurecendo e tivemos que acelerar nossos passos.

Seguimos em frente rumo a Pedra das Flores e Pico do Lopo, e deixamos para o dia seguinte ir visitar a Pedra dos 5 Dedos (à esquerda). No caminho há um último ponto de água em um pequeno córrego, não muito longe do acampamento base, mas em dias secos a vazão pode ser bem baixa. Chegamos ao acampamento por volta das 19hs, nos aconchegamos, preparamos o jantar, visitamos a Pedra das Flores (bem próxima) e nos preparamos para dormir.

Distância: 11 km | Altitude mínima: 881 m | Altitude máxima: 1625 m | Ganho acumulado de elevação: 1017 m | Perda acumulada de elevação: 273 m

2º Dia (08/10): Pico do Lopo | Pedra dos 5 Dedos | Joanópolis | São Paulo

Levantamos cedo, preparamos o café da manhã, organizamos nossas coisas e partimos para atacar o Pico do Lopo. Escondemos nossas cargueiras próximo a Pedra das Flores e subimos leves. É o trecho mais complicado da travessia, porém nada demais. Há um pequeno desnível e logo nossa subida ocorre em meio aos afloramentos rochosos. Pouco antes de chegar ao topo há um lance de corda fixa, nada complicado. Chegamos ao Pico do Lopo, porém, não atingimos o cume verdadeiro e não assinamos o livro, pois há necessidade de equipo simples de escalada. Curtimos o visual de 360º dos municípios de entorno da serra e da Represa do Jaguari (Sistema Cantareira).

Iniciamos a volta, mas antes visitamos a Pedra dos 5 Dedos, comemos algo e partimos. O trajeto é o mesmo até o Trevo, dai então, descemos sentido Joanópolis, em uma estrada pedregosa bem chata de caminhar. Essa estrada sai no asfalto que leva para o terminal de ônibus, onde embarcamos de volta para São Paulo. Desde então, meio que sem querer, nasceu o Travessias & Travessuras, um grupo de amigos que se reúnem sempre que possível para andar por aí.

Distância: 17,5 km | Altitude mínima: 865 m | Altitude máxima: 1700 m | Ganho acumulado de elevação: 372 m | Perda acumulada de elevação: 1108 m

*As fotos foram cedidas por todos os participantes

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

*Apoie o Manifesto de Mínimo Impacto: aventurebox.com/minimum-impact-manifesto

*Mais sobre Práticas de Mínimo Impacto: icmbio.gov.br/portal/images/stories/visite-os-parques/guia2.pdf

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Daniel Bispo
Daniel Bispo

Published on 04/10/2019 12:27

Performed from 10/07/2017 to 10/08/2017

Views

2447

5
Fabio Fliess
Fabio Fliess 04/12/2019 14:09

Salve Daniel. Muito bacana o relato. Estou querendo fazer essa travessia em breve. Você menciona que é preciso autorização prévia para acampar nas proximidades do Pico do Lopo. Como faço para conseguir essa autorização??? Parabéns pela aventura. Abraços.

Daniel Bispo
Daniel Bispo 04/13/2019 10:01

Salve Fliess. Valeu!! Faça que é bem legal. Uma dica: faça subindo ou descendo pela trilha da vargem, muito mais legal do que a estradinha de joanópolis. Eu fiz Vargem x Extrema no ano passado, logo mais compartilho o relato. Para agendamento e infos: (35) 99713-4161 Abraços.

Fabio Fliess
Fabio Fliess 04/15/2019 10:42

Opa Daniel. Valeu pela dica. Já tinha visto esse outro caminho e ia mesmo te perguntar sobre ele. rsrs Agradeço também pelo contato para agendamento. Abração.

Daniel Bispo
Daniel Bispo 04/17/2019 09:21

Fliess, esse outro trajeto é bem mais legal! Qdo for da um toque, não estou longe da região, de repente apareço por lá tbm. Abraços

Fabio Fliess
Fabio Fliess 04/17/2019 09:23

Opa! Deixa comigo Daniel. Abraços.

Daniel Bispo

Daniel Bispo

Piedade (SP)

Rox
43

Meio ambiente ecologicamente equilibrado é um direito. Conservar e defender, é um dever! @daniiel_bispo

Adventures Map

208 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruna Fávaro, Renan Cavichi and 396 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Fabio Fliess, Bruna Fávaro and 150 others support the Together page.