AventureBoxExplore
Create your account
Travessia Cobiçado x Ventania

Travessia Cobiçado x Ventania

Uma das mais belas travessias de Petrópolis

Hiking Mountaineering

O que falar dessa travessia que eu mal conheço, mas já considero pacas? rs

A travessia Cobiçado x Ventania é uma das mais lindas de Petrópolis. Quase todo o caminho tem uma vista incrível de morros, vales e uma parte da cidade de Petrópolis. Ela começa no bairro Morin, ao lado da Igrejinha de Três Pedras.

Grupo reunido em frente a Igrejinha de Três Pedras - Foto de Von Held

Fiz essa travessia organizada pelo grupo Partiu Trilhas e Trips, do Rio de Janeiro. Portanto, tive transporte até esse ponto. Porém, para quem quiser fazer solo, ir de ônibus é uma ótima opção, a linha 469 se não me engano, para exatamente ao lado dessa igrejinha.

Dali, caminhamos pela rua, meio de pedras meio de terra, até a entrada da trilha numa subida leve.

Entrada da trilha

Neste ponto se inicia uma subida forte e pesada... Pra ter ideia, tem um desnível de uns 500/600m em pouco menos de 2km. Levei cerca de 1h50 até o cume.

Vista do início da trilha para o Cobiçado - Foto de Von Held

Selfie no Cobiçado =D

Um detalhezinho é que a partir do Cobiçado é possível ver o trecho do primeiro dia da travessia Petrópolis x Teresópolis, e localizar os Castelos do Açu.

Do alto do Cobiçado até o Morro dos Vândalos tem outro trecho chatinho, apesar de curto. Tem uma descida de boa, e logo em seguida uma nova subida forte. O Morro dos Vândalos é o ponto mais alto dessa travessia.

Vista do Morro dos Vândalos

Cobiçado visto a partir do Morro dos Vândalos - Foto de Von Held

A partir deste ponto, seguimos por um trecho contornando a Pedra do Diabo, que exige um pouco mais de atenção. Ali nós vamos passando pela lateral da pedra, passando por lascas de pedra. Já havia escutado que tinha corda no trecho, mas não a encontrei. Em todo caso, é possível percorrer o trecho sem essa ajudinha. Daí, seguimos para o Morro do Tridente.

Depois do Tridente, tem uma descida bastante íngreme e escorregadia, em terra batida e com poucos apoios de galhos e pedras.

Mas, depois dessa ralação, só alegria. Chegamos ao campo do Alto Ventania, onde todo o esforço anterior é recompensado. É um campo lindo, plano, com flores, vento fresco e com uma vista absurda de linda!

Campo do Alto Ventania

Pouco depois de percorrer esse campo, encontramos a plaquinha que indica o cume do Alto Ventania.

Plaquinhas do Alto Ventania

Então, após esse trecho, iniciamos a descida final com destino ao bairro Caxambu (onde também tem ônibus passando toda hora, o 470 - esse eu tenho certeza!)

Essa descida final vai beirando os fios de alta tensão e conecta a trilha à estrada do Bairro Caxambu. É uma descida leve, que dura por volta de 2km. (Próximo do final há uma cachoeira bem bacana, levem roupa de banho!) Terminamos a travessia por volta de 16h30 num barzinho, comemorando o aniversário de um tiozão que estava por lá. rs

A rapazeada do barzinho ofereceu comes e bebes, e tratou de arrancar boas risadas da gente!

É isso, (re)começando os trabalhos pra temporada de Montanha! <3

(Sobre a trilha, a dificuldade maior está na subida inicial ao Cobiçado, bem forte e com Sol na cabeça o tempo todo, e a subida ao Morro dos Vândalos. Além disso, a trilha não tem água pra captar ao longo de seus 12km. Apenas um cano na descida do Ventania e na cachoeira já nos metros finais. E também tem bastante mato alto, espinhos... Acabam machucando se não estiver com uma roupa apropriada.)

Danielle Hepner
Danielle Hepner

Published on 04/09/2019 20:36

Performed on 04/07/2019

Views

1930

2
Fabio Fliess
Fabio Fliess 04/10/2019 13:27

Que legal Danielle. Essa travessia é realmente linda! Uma trilha clássica de Petrópolis. Estive nesse último sábado (06 de abril), fazendo essa trilha, no sentido inverso. Uma dica: próximo das placas do Ventania, existe uma entrada que leva até um ponto de água. Logo após as placas, você desce um pouco e logo a trilha fica plana. É a primeira entrada a sua esquerda. Leva a uma clareira e depois uma descida forte até a água. Parabéns pelas fotos. Abs.

Danielle Hepner
Danielle Hepner 04/11/2019 19:28

Fábio, que legal! Por pouco não nos esbarramos, estive lá dia 7! Parei nessa clareira para comer, porém logo depois já peguei o caminho final da trilha! Obrigada pela informação! Abraços!!

Danielle Hepner

Danielle Hepner

Rio de Janeiro - RJ

Rox
2158

nerd! professora de matemática apaixonada por montanhas, viagens, doguinhos e ukulele.

Adventures Map

8 Posts

See More

1258 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Renan Cavichi, Bruna Fávaro and 405 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Peter Tofte, Bruno Negreiros and 156 others support the Together page.