AventureBoxExplore
Create your account
Eduardo 01/02/2021 19:56
Las Leñas - Argentina

Las Leñas - Argentina

Viagem para curtir a estação de esqui em Las Leñas - Argentina

Ski Mountaineering

A ESCOLHA

Tendo em vista que eu não podia me afastar por muitos dias do trabalho em 2010, procurei um local com relativo fácil acesso, que tivesse uma boa infraestrutura para esqui e também com poucas filas nas pistas. Missão impossível? Nem tanto! Chile e Argentina possuem ótimas opções com acessos relativamente fáceis: Chile com suas estações de esqui próximas a sua capital Santiago e Argentina com locais não tão próximos de Buenos Aires, mas com voos regulares.

As opções no Chile foram descartadas por 2010 ter sido uma temporada com pouca neve. Além disto, os valores de passagens aéreas não estavam convidativos se comparados com a Argentina.

Definido o país, passei a escolher qual estação se adequava melhor ao que eu buscava: fácil acesso, boa infra e poucas filas. Bariloche e Cerro Bayo são ótimas estações, mas possuem uma quantidade enorme de turistas. Assim, optei por ir para Las Leñas.

COMO CHEGAR

Las Leñas fica na província de Mendoza, a 1.200 km de Buenos Aires. As melhores opções para chegar lá são por via aérea em voos de Buenos Aires ou Santiago até a cidade de Mendoza ou Buenos Aires até a cidade de San Rafael. A diferença é que chegando em Mendoza você terá mais 4,5h de transporte terrestre até a estação de esqui e via San Rafael são 2,5h. Optei pelo segundo.

As vans que fazem o trajeto entre o aeroporto de San Rafael e Las Leñas podem ser contratadas via internet. Normalmente possuem as saídas programadas com a chegada dos voos. É bom deixar tudo programado previamente. É legal mencionar que são super confortáveis e o trajeto é bem bacana.

Por todo o caminho a estrada é muito boa.

Alguns campos de extração de petróleo são observados pelo caminho.

Chegando a Las Leñas. Sem caminhos tortuosos, a viagem é super agradável.

A estação de esqui fica a 2.256 metros de altitude. Lembrem-se de levar o bloqueador solar. Vejam que eu não estava com o meu e apesar do frio, os raios solares continuaram sendo bem agressivos!

O HOTEL

São diversas as opções de estadia e adequam-se às mais variadas expectativas. Para mim procurei analisar os seguintes quesitos: conforto, piscina, acesso às pistas de esqui e preço.

Não vou me estender no assunto hotéis já que existe farta informação sobre o assunto na Internet, mas deixo a minha dica: Hotel Aries. Possui quartos confortáveis, uma piscina externa aquecida (o que é muito bom para o final de um dia de esqui), aluguel de equipamentos dentro do hotel, traslado até o teleférico e preço adequado pelos serviços.

MONTANHA

Las Leñas possui uma variedade muito boa de pistas e vai bem para todos os níveis de esquiadores. Basta dizer que uma equipe americana na minha temporada estava gravando um documentário de esqui fora de pista em altas montanhas. A montanha mais alta da estação de esqui possui um pico de 3.430 metros de altitude. Existem ainda pistas noturnas para quem ainda tiver pique. São 68 km de pistas esquiáveis num total de 30 pistas e 14 meios de elevação. Em resumo, infraestrutura não falta. E o melhor, em geral sem grandes filas (apenas em feriados o volume aumenta um pouco)! Quem quiser se desafiar mesmo, é possível esquiar 6 km desde o pico mais alto da estação até a base onde ficam os hotéis. Para quem somente quer brincar ou aprender, as pistas verdes (básicas) são três, mas oferecem um espaço adequado para iniciantes bem como instrutores para aulas.

Mapa de Pistas

EXPERIÊNCIA

Comecei a exploração pelas pistas básicas. São largas e bem servidas por um teleférico.

Pista Venus I

Após um pequeno aquecimento, comecei a subir para as pistas intermediárias.

As paisagens começam a ficar mais bacanas nestas pistas mais altas e mesmo em final de temporada (meio de agosto) ainda havia neve suficiente para brincar.

A sinalização por toda a estação é muito boa. Difícil, senão impossível se perder pela montanha. E a placa acima mostra a melhor forma de evitar turistas sem noção: colocando o preço do resgate em caso de acidente !

Na foto acima pode-se observar como a ótima infra do local.

A GRANDE ATRAÇÃO

A grande atração da estação de esqui de Las Leñas definitivamente é subir até o topo da montanha mais alta e descer esquiando. O melhor é que não é necessário ser profissional para realizar tal feito. Existem descidas consideradas difíceis (pistas vermelhas e pretas), mas é possível descer por um caminho considerado intermediário em dificuldade (pista Apolo - azul). Assim, boa parte dos esquiadores podem se aventurar por ali.

Intitulado de rodovia para o paraíso, o teleférico Marte leva os esquiadores até o topo de Las Leñas a 3.430 metros de altitude. O caminho começa a 2.240 metros na base. Inicialmente pega-se o teleférico Vênus, depois o teleférico Netuno e finalmente o teleférico Marte de dois lugares, mais íngreme e às vezes fechado devido ao vento forte que faz o teleférico balançar muito. A viagem longa compensa. Alguns esquiadores brincam que é possível fazer um heliski (modalidade em que o esquiador pula de um helicóptero diretamente no cume da montanha para depois descê-la esquiando) pulando do teleférico (por favor não façam isso). Chegando lá é admirar a vista espetacular e descer esquiando.

Obs.: Está prevista a desativação deste teleférico Marte e a substituição por um bondinho. A previsão era para o inverno de 2021, mas com a pandemia ainda precisamos ver se será colocado em prática no cronograma inicial.

Vista à partir da saída do teleférico Marte


Fim de temporada com a neve já derretendo, mas a paisagem ainda é bacana.

Vista da pista após descer parte do trajeto.

Para quem topa um desafio, ainda é possível contratar uma expedição fora de pista, que segue nestes tratores de neve para regiões mais afastadas.

OUTRAS INFOS

  • É possível contratar um fotógrafo para bater fotos profissionais de você esquiando na montanha. Você combina as pistas e pode ter shots muito bacanas!
  • Ao final do dia, na base de acesso aos teleféricos havia um deejay tocando músicas e a festa seguia pelo entardecer.
  • Não entrei no assunto preços neste relato, mas os tickets para os meios de elevação e aluguel de equipamentos não são caros. Seguem o padrão sul americano que é definitivamente mais em conta que na Europa Ocidental ou América do Norte.

Em resumo, na minha opinião, para esquiadores e snowboarders iniciantes, intermediários ou avançados, Las Leñas é uma ótima opção. Não deixem de conhecer!

Eduardo
Eduardo

Published on 01/02/2021 19:56

Performed from 08/14/2010 to 08/28/2010

Views

204