AventureBoxExplore
Create your account
Brejalzinho

Brejalzinho

Bonita e tranquila trilha até o cume do Brejalzinho, na região rural de Petrópolis

Mountaineering Hiking

Brejalzinho – 06.09.2020

Com todas as preocupações causadas pela pandemia da Covid-19 ainda em pauta, continuamos nossa busca por trilhas menos frequentadas em nossa cidade. Recebemos algumas dicas de um amigo e voltamos nossa atenção para as montanhas localizadas no entorno do Taquaril. Na véspera do feriado da Independência, resolvemos conhecer o Brejalzinho, uma bonita montanha cujo acesso é feito pela distante localidade do Jurity, na região rural do Brejal.
Essa montanha tem um outro acesso através do Camping Vale da Paz, que fica na Estrada do Taquaril. Nessa região, a montanha também é conhecida como Pedra de Aislan.
Por volta das 6h30, Letícia, sua mãe e eu saímos de casa. Fizemos uma rápida parada em um comércio para comprar lanche e água. Resolvidas essas questões, seguimos para o bairro da Posse e de lá até o final do asfalto da Estrada do Brejal, onde pegamos a direita, na Estrada Arnaldo Dyckerhoff, que nos levou ao pequeno comércio do Brejal. Nesse ponto, existem várias bifurcações. Na dúvida, basta perguntar onde é o ponto final do ônibus do Jurity. É nessa rua que você deve entrar.
A rua começa em bom estado, mas conforme vamos subindo vai se deteriorando e ficando cada vez mais estreita. Depois de passar pela última casa, existe um pequeno recuo a esquerda onde é possível estacionar o carro, sem atrapalhar os moradores. E nesse mesmo ponto, começa a trilha.
Mochilas nas costas, começamos a caminhar as 07h45. Logo no começo, passamos por uma ponte precária e seguimos por uma estradinha que leva até uma plantação de chuchus. Até esse ponto a estrada está bem cuidada. Contornamos essa plantação e seguimos subindo até chegar em uma porteira. A partir desse ponto, estávamos entrando no sítio Terras Frias. Caso encontre com os proprietários, peça autorização para passar. E nunca é demais reforçar: deixe porteiras e tronqueiras exatamente como as encontrou.
Não encontramos ninguém e passamos pela porteira e pegamos o sentido da direita na estradinha, que cerca de 100m a frente entra na mata, em um trecho muito bonito. A trilha fica mais plana e em pouco tempo chegamos em um colo, onde há uma cerca de arame farpado e uma placa indicando a “proibição de motocicletas”. Esse ponto é a junção com a trilha que vem da região do Taquaril. O altímetro do GPS marcava 1250m de altitude.
A trilha segue para a esquerda, subindo ao lado da cerca. A partir desse ponto, a inclinação aumenta, mas o caminho segue bem marcado. Em um trecho de mata, existem até algumas placas indicando o caminho correto.
Depois de aproximadamente 400m de caminhada, chegamos a um trecho com pedras, já bem próximo do cume. Subi na frente, para apoiar a subida da minha sogra, mostrando onde ela deveria passar. Não é nada complicado, mas é preciso passar com cuidado. Vencido esse trecho, as 09h10 estávamos no cume do Brejalzinho, com o altímetro marcando 1430m de altitude. O tempo estava muito limpo, propiciando um visual incrível das montanhas vizinhas, especialmente do paredão do Taquaril. Além desse, tínhamos visual do Pico do Brejal, da Maria Comprida e das montanhas da região de Araras. Também era possível ver os Três Picos de Salinas.
Ficamos uns 25~30 minutos no cume fazendo um lanche e tirando fotos. Apesar de ainda ser cedo, o calor já era bem forte. O dia realmente prometia ser muito quente. Esse fato, aliado à grande quantidade de mosquitos no cume, nos fizeram optar por descer mais cedo.
Apesar do sol forte, descemos sem pressa, curtindo o visual do caminho. As 10h50 já estávamos novamente no carro, contentes por conhecer mais uma montanha da cidade. Uma trilha fácil com um visual de cume incrível.

Fabio Fliess
Fabio Fliess

Published on 10/18/2020 15:35

Performed on 09/06/2020

2 Participants

Letícia Fliess Casal Outdoor

Views

390

2
Bruno Negreiros
Bruno Negreiros 10/20/2020 12:42

Se existe algo positivo nisso tudo, é explorar lugares novos. Grande relato, Fliess.

Fabio Fliess
Fabio Fliess 10/20/2020 17:43

Falou tudo Bruno!!!! É por aí mesmo. Caminhar é preciso! #tmj irmão

Fabio Fliess

Fabio Fliess

Petrópolis - RJ

Rox
3174

Take it easy e bora pras montanhas! Instagram: @fliess

Adventures Map

1 Posts


6490 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruna Fávaro, Peter Tofte and 376 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Renan Cavichi, Peter Tofte and 133 others support the Together page.