AventureBoxExplore
Sign Up

Laguna Churup - Huaraz

Segunda caminhada de aclimatação, na região de Huaraz. Preparação para o Circuito Huayhuash.

Hiking

No dia 08, depois de uma boa noite de sono e um café da manhã reforçado no Hostel Churup, já estávamos prontos para encarar a segunda trilha de aclimatação, na Laguna Churup. Como teríamos companhia nessa trilha (alguns clientes do Scheler), nos "esforçamos" para estarmos prontos as 7h30, horário marcado para a van nos buscar no hostel. Por ironia, o motorista se atrasou e chegou quase meia hora depois.

Diferente do dia anterior, na Laguna Rajucolta, nessa trilha não vimos a necessidade de contratar guia, papel que seria desempenhado por mim, pois estive lá em 2009 e também porque a trilha é super marcada, sem chance para erros. Seguindo a idéia de forçarmos nosso corpo a cada dia, essa caminhada seria bem mais puxada, já que a laguna está localizada a 4450m de altitude. Embora curta (menos de 4km), a altimetria é de praticamente 600m de desnível.

A trilha para a Laguna Churup está bem mais próxima de Huaraz e depois de aproximadamente 50 minutos de viagem, chegamos ao ponto inicial. Logo de cara, algumas mudanças com relação ao que eu lembrava da região em 2009: haviam banheiros instalados no local (pela módica quantia de 1 nuevo sol) e uma "portaria" do Parque Nacional Huascarán. Em poucos minutos, vieram nos cobrar o ingresso de entrada no parque. Como de costuma, existem duas opções: o ingresso para um único dia (10 soles) e outro para 21 dias (65 soles). Como só faríamos mais uma trilha de um dia dentro do parque, optamos pela compra do primeiro ingresso.

Com os ingressos comprados e as mochilas arrumadas, começamos a subida lentamente. Observei outras "benfeitorias" na trilha, pois os degraus ficam mais arrumados. O início da trilha parecia uma escadaria sem fim. Sempre que a inclinação cedia e a trilha ficava mais plana, haviam "cabanas" com alguns bancos e uma mesa rústica para curtir o visual e descansar um pouco as pernas antes da próxima subida. Até a metade da trilha, se a minha memória não falha, contei umas três cabanas dessas.

Quando chegamos na terceira cabana, melhor construída (parecia um ponto de apoio do parque), fizemos uma pausa um pouco maior para comermos alguma coisa. A partir desse trecho, a subida fica mais forte. Cerca de 200 metros a frente, existe um paredão de pedra que precisa ser vencido por uma canaleta na diagonal. Mais uma vez, fizeram melhorias e instalaram um cabo de aço (protegido por uma mangueira) em todo esse trecho. Achei um pouco exagerado, mas é uma segurança para muitos, já que a trilha é muito frequentada.

A trilha segue por um trecho de subida forte e desce um pouquinho antes de chegar na área de camping preparada pelo parque (sim, muita gente acampa nas cercanias da laguna). A partir desse ponto, começa o trecho mais íngreme e mais cansativo da trilha. São cerca de 650m até as margens da laguna, mas a inclinação e o esforço para vencer alguns trechos traz o coração na boca! Em 2009 usávamos apoios naturais (pedras e árvores) para vencer esse trecho, mas agora foram instalados mais cabos de aço.  Segundo nos informaram, isso aconteceu porque um brasileiro se acidentou no local e como havia subido sozinho, ficou dois dias esperando por socorro.

Vencido esse trecho, faltavam cerca de 200 metros para chegar a laguna. Lá chegando, me surpreendi novamente com a cor da água e ainda mais com os efeitos do aquecimento global no Nevado Churup, praticamente sem neve.

Descansamos, "almoçamos", tiramos muitas fotos e nos preparamos para começar a descida, que certamente forçaria nossos joelhos. A descida foi tranquila e foi um pouco mais rápida que a subida. O que nos fez perder um pouco de tempo foi principalmente os trechos de "escalaminhada", que acabavam gerando um pequeno engarrafamento. Pouco antes das 15h já estávamos de volta no estacionamento e esperamos todos chegarem para voltarmos para Huaraz.

Chegamos no Churup, tomamos um bom banho e saímos no começo da noite para comprar mais alguns mantimentos para a próxima trilha e também para jantar (fomos novamente no excelente restaurante Trivio, que fica no Parque Periodista, bem próximo da Plaza de Armas. Voltamos para o hotel para mais uma boa noite de sono, já que no dia seguinte teríamos que sair as 5h da matina para a Laguna 69.

Conto isso no próximo relato! Até lá...

Fabio Fliess
Fabio Fliess

Published on 09/05/2016 22:37

Performed on 08/08/2016

2 Participants

Letícia Fliess Jeff Almeida

Views

3979

5
Renan Cavichi
Renan Cavichi 09/12/2016 18:52

Pô Fliess, só as aclimatações já valem a trip! Rsrs

Fabio Fliess
Fabio Fliess 09/13/2016 15:58

Hahaha... Fala Renan!! São uma trip a parte!!! O tempo tá curto, mas essa semana ainda eu posto a terceira caminhada! E já estou escrevendo o relato de Huayhuash... Aguardem! :)

Renata Maciel da Rosa
Renata Maciel da Rosa 10/07/2016 21:13

Ahh.. Churup danada!! kkkk... Eu comecei a subida em outro ponto, um pouco antes da entrada oficial da trilha, e segundo o guia um pouco menos íngreme que a escadaria. Depois de certo tempo chegamos onde vc chamou de terceira cabana e aí sim seguimos a trilha até a Laguna! A descida fizemos pelas escadarias mesmo! Fiquei curiosa com o que vc falou sobre a diferença da cor da água quando vc foi pela primeira vez. Era mais clara?! Abs!!

Fabio Fliess
Fabio Fliess 10/10/2016 15:53

Oi Renata... Aquela escadaria é uma desgraça! kkkk Sobre a cor da água não vi diferenças, na verdade. Foi só a surpresa agradável de me deparar novamente com aquela cor incrível. Diferença mesmo eu vi na quantidade de neve no Churup. Efeitos do aquecimento global...

Renata Maciel da Rosa
Renata Maciel da Rosa 10/18/2016 21:57

Oi Fábio!! rss.. Imagino subir aquela escadaria! kkk... Ah! Eu que entendi errado! Verdade! A cor da água é incrível mesmo!! E pena os nevados estarem literalmente derretendo... Me apaixonei pela região! Obrigada mais uma vez pelas ajudas e desculpe te encher com minhas inseguranças! Da próxima vez não vou sozinha! rss.. Abs!

Fabio Fliess

Fabio Fliess

Petrópolis - RJ

Adventures
44
Rox
1804

Take it easy e bora pras montanhas! Instagram: @fliess

Map

2342 Contacts



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Fabio Fliess, Bruna Fávaro and 254 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Ana Retore, Renan Cavichi and 38 others support the Together page.