AventureBoxExplore
Create your account
Pedra da Cuca e CEP 70

Pedra da Cuca e CEP 70

Trilha entre os bairros de Araras e Vale das Videiras, em Petrópolis.

Hiking Mountaineering

Pedra da Cuca e CEP 70 – 01.05.2019

Aproveitei o feriado do dia do trabalhador, “estrategicamente” inserido em uma quarta-feira entre as duas ATM’s (Abertura de Temporada de Montanhismo) do Rio e de Petrópolis, para fazer alguma trilha e me manter em atividade, pois os finais de semana foram de muito trabalho, ajudando nos stands do Centro Excursionista Petropolitano.
A ideia inicial seria fazer uma travessia ligando os bairros do Vale das Videiras e de Araras. Eu e Letícia combinamos com o Paulo Victor, um amigo do CEP, de nos encontrarmos na padaria de Araras para um café e uma carona até a entrada da trilha.
As 7h45 estacionamos o carro num recuo da estrada que leva ao Vale das Videiras, pouco depois da Cachoeira da Ponte Funda, e entramos na Rua Som das Águas, onde tem início a trilha para a Pedra da Cuca. Com 1701m de altitude e uma linda crista de quase 2kms, essa montanha chama bastante a atenção de quem passa pela região.
O tempo, que segundo a previsão estaria bom, começou a virar tão logo começamos a caminhar. Depois de cerca de meia hora de trilha, chegamos no Mirante da Cuca com tempo bem fechado e cara de chuva. Resolvemos seguir até onde fosse possível, ou melhor, até onde o clima deixasse.

A partir do Mirante, inicia-se a longa crista até o acesso ao cume da Cuca. Já foi uma trilha bastante fechada e repleta de carrapatos, mas hoje em dia, a passagem é bem tranquila e praticamente não temos mais a presença dos temidos aracnídeos, embora seja comum encontrarmos com cavalos no caminho.
Quando chegamos na entrada que dá acesso ao trecho final para o cume, o tempo estava completamente fechado. Por conta disso, resolvemos seguir o caminho da travessia e esticar pelo menos até o cume do CEP 70, uma montanha de 1740m e que marca praticamente a metade do caminho.
Caminhamos por aproximadamente 1km e chegamos ao cume do CEP 70, mas o tempo insistia em ficar fechado. Fizemos uma pausa prolongada para lanche e hidratação, na esperança do sol dar as caras. Como isso não se concretizou, optamos por abortar a travessia e voltar pelo mesmo caminho.

A volta foi relativamente rápida, sem paradas e imprevistos. Pouco depois de deixarmos as lajes de pedra em direção a Cuca, tomamos um baita susto com um cachorro que quase nos atropelou. Era o "famoso" Di Menor, elemento já bastante conhecido por quem costuma caminhar por aquelas bandas. Certamente estava acompanhando um grupo que fazia a travessia.
Acabamos optando também por não ir até o cume da Cuca, pois o tempo estava ainda pior que antes. Curiosamente, é bem comum o tempo ficar fechado no cume dessa montanha, mesmo que em seu redor o sol esteja brilhando.
Por ironia de São Pedro, quando estávamos chegando no final da trilha, o tempo deu uma bela melhorada e nos permitiu até mesmo ver os cumes que estavam ocultos desde mais cedo.

Independente da falta de visual e de não termos completado nosso objetivo inicial, acabou sendo um bom treino, com pouco mais de 10kms de trilha e altimetria de 700m. Também aproveitei a ocasião para testar o rastreamento do SPOT, que funcionou perfeitamente.
Mesmo com seu clima instável, recomendo muito essa trilha.

Atualização do Relato
Conforme pedidos, segue uma foto do elemento "Di Menor" tirada em outra ocasião!

Fabio Fliess
Fabio Fliess

Published on 05/20/2019 12:36

Performed on 05/01/2019

1 Participant

Letícia Fliess

Views

3206

6
Edson Maia
Edson Maia 05/21/2019 08:35

famoso Di Menor! hahaha... fiquei imaginando a cena.

Fabio Fliess
Fabio Fliess 05/21/2019 15:41

Salve bro. Vou atualizar o texto e colocar uma foto do elemento! Saca um Chevette rebaixado? É o cara! kkkkkk

Edson Maia
Edson Maia 05/21/2019 15:50

famoso estilo roda baixa...kkkk

Bruno Negreiros
Bruno Negreiros 05/23/2019 00:11

Você acredita que ainda não fui nessa?

Fabio Fliess
Fabio Fliess 05/23/2019 10:45

Sério Bruno??? Quando estiver para vir a Petrópolis, me avisa. De repente, fazemos a travessia e você conhece esses cumes! Abração.

Vitor Hotz Partiu Trilha
Vitor Hotz Partiu Trilha 05/30/2019 16:24

Ta afim de encarar uma empreitada no Pico da Bandeira este ano não, sem agencia essas paradas, junta uma galera, rachar a gasolina e partiu !!?? To colado com uma galera bacana ai de Petrópolis o pessoal do TrioTrilhas, André, Alvaro, Luana.... galera bacana....

Fabio Fliess

Fabio Fliess

Petrópolis - RJ

Rox
3339

Montanhista desde que me conheço por gente!!! Sócio e condutor do CEP - Centro Excursionista Petropolitano. Take it easy e bora pras montanhas! Instagram: @fliess

Adventures Map

3 Posts


6575 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruna Fávaro, Peter Tofte and 385 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Renan Cavichi, Peter Tofte and 142 others support the Together page.