AventureBoxExplore
Create your account
Trilha 7 fontes e Gruta do Pirata - Ubatuba

Trilha 7 fontes e Gruta do Pirata - Ubatuba

Trilha em Ubatuba, que percorre a algumas praias ate começar a trilha para a Gruta do Pirata, um visual maravilhoso. Trilha de 1 dia.

Sobre o grupo Camecol

Essta trilha fiz com o grupo Camecol, eles são um grupo de amigos que todo mês, se reunem e fazem 2 trilhas, uma no primeiro domingo do mês (chamadas de trilhas ecologicas, são feitas em Taubate, Cacapava ou Pindamonhangada, todo mês é uma diferente e são muito leve, sempre em torno de 2 km no maximo), e a ultima trilha é sempre no ultimo domingo do mês ( essas são feitas cada mês em um lugar diferente, e são mais dificil e já envolve montanha). Quem quiser conhecer o grupo, é só procurar no facebook por Camecol - Caminhadas Ecologicas e procurar por Lauro Natal.

Sobre a trilha

Acordei as 3:00 a.m, para me arrumar e esperar o Luiz, que mora no Rio de Janeiro e sempre esta fazendo as trilhas do mês com o grupo, como ele passa por Lorena, então ele aproveita e me dá carona, ele passou em minha casa por volta das 4:50 a.m, e fomos rumo a Taubaté/SP, onde se esperamos a van com o grupo no posto Petroval, tanto eu como o Luiz, preferimos ir com a van, uma pq a serra de Ubatuba não é para qualquer um e outra por que tanto eu como o Luiz, podemos ir descansando e conversando com nossos amigos na van ;), no total fomos em 11 pessoas.

Chegamos acho que por volta de umas 9:00 a.m,em Ubatuba, nossa parada é a praia do Saco da Ribeira, nessa praia fica uma Marina, é só andar pelo bairro, ate o final, onde inicia a trilha a pé.

Após uma caminhada de 40 minutos chegamos à bela e de águas verdes claras na praia do Flamengo e no final desta uma entrada para a praia Flamenguinho, tem uma placa indicando onde ir, e só seguir a trillha pela floresta, está bem demarcado e tem varios degrais ao longo do caminho, pode ser um pouco cansativa para as pessoas que estão um tempo sem fazer atividade fisica.

Quando se chega até a praia 7 fontes, ela estava bem lotada, estava ocorrendo uma corrida de canoas, muito divertida por sinal, pena que não conseguimos ver, pois tinhamos que seguir rumo a gruta, bom a trilha até a gruta, estáva bastante fechada e digo um pouco perigosa, só dá para andar em fila indiana, e tinha varios pontos desbarrancados, então tinha que prestar bastante cuidado para não cair ribanceira abaixo, e se caisse era uma descida direto pro mar, não sei se seria fatal, mais era digno de ir pro hospital na certa.

Como a Claudia tinha levado sua filha a Lais, ela tem somente 7 anos (pensamos que estava mais de boa a trilha), tivemos um cuidado bem redobrado, tinha muito capim lixa, a trilha toda, muitas pessoas se cortaram (nada grave), mais era um tipo de vegetação bem ruim, pois grudava na roupa, se tentava tirar, cortava os dedos (sabe aquele corte que faz em folha de papel, bom era nesse nivel, corte fino e super dolorido), eu graças ao bons céus, já tava com camiseta de manga longa, luva, calça, bota, pescoceira e chapeu rs, então não sofri nenhum tipo de machucado (salvo a cabeçada que dei em um tronco caido, pois tava andando com a cabeça mais baixa e dei uma acelerada no passo e bati a cabeça com tudo, cai e foi um mico a parte :O ) , depois desse pequeno sofrimento na trilha até a gruta, chegamos ao ponto dela, bom nunca me acostumo com as escalaminhadas, tem uma corda que ajuda chegar ate as pedras (leve a sua, pois a que fica no local, está bastante deteriorada) , Lais com seus 7 anos, fez bravamente a descida ate proximo a gruta, serio queria ficar como ela, sem ficar com medo hahaha, desci no maior medão de cair e meter a cara nas pedras, bom chegando a gruta, tem q usar lanterna de cabeça, tem uma pedra que dá acesso ao um pequeno salão que é um pouco dificultoso, pois é uma pedra alta, tem meio q dar uma mini escalada, e estava com barro, foi um ajudando o outro e todo mundo conseguiu acessar o salão. Depois de contemplar a gruta, fizemos todo o caminho de volta, para chegar na praia 7 fontes, quase todo o grupo, entrou no mar, tava super fria a água, mais vale a pena, energizar o corpo e tirar qualquer urucubaca hahaha.

OBS: Não te recomendo ir com crianças pequenas, por mais que não tem medo de altura, acho uma trilha perigosa para crianças, leve lanterna de cabeça e vá com uma boa bota, luva, camiseta de manga comprida e calças, para nao sofrer tanto com a vegetação. E use o tracklog pois é sempre bom, ter para consulta se caso se sentir meio perdido.

Bom te desejo uma boa leitura.

Jéssie S. Almeida

Jéssie S. Almeida

Lorena

Rox
231

Apaixonada por natureza. Buscando muita montanha e bons amigos para compartilhar os melhores momentos.

Adventures Map

181 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Renan Cavichi, Bruno Negreiros and 385 others support the Minimum Impact Manifest