AventureBoxExplore
Create your account
Anhangava em família

Anhangava em família

Quando a familia toda vai para a montanha

Hiking Mountaineering

O morro do Anhangava, no município de Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba é uma montanha de fácil acesso e considerada o melhor campo-escola para escalada em rocha do estado.

Seu cume está a apenas 1430 metros de altitude e fica na serra da Baitaca na serra do mar paranaense. Da cidade, segue uma trilha de pouco mais de 3km de extensão, tornando sua ascenção muito fácil.

Por este motivo, escolhi o Anhangava como sendo a montanha ideal para levar a família, num sábado ensolarado de inverno. Eu, Leila minha esposa, meus filhos Luiz Henrique e Lais, meu genro e minha nora Vinícius e Mariane.

Acordamos cedo, tomamos um belo café, arrumamos os sanduíches e as tralhas e rumamos de Curitiba a Quatro Barras. O dia amanheceu lindo, coisa muito rara em Curitiba e na nossa serra.

Ao chegar no trailer do IAP, na borda da trilha, fizemos o checkin e iniciamos a trilha, às 8h30 com apenas 3 graus de temperatura. No início a trilha é entre as árvores onde andamos na sombra o tempo todo, o que faz com que a sensação térmica seja ainda menor.

Como somos do Paraná, e aqui o frio é de raxar, encaramos com normalidade. Aos poucos a temperatura foi aumentando e nossos corpos aquecendo.

Eram pouco mais de 9h00 da manhã quando chegamos ao primeiro mirante, onde fizemos uma parada para reidratar e registrar algumas fotos. Em poucos minutos iniciamos a trilha e chegamos a primeira via ferrata.

O local é bem seguro e em pouco tempo vencemos os osbtátulos. Tínhamos no grupo dois marinheiros de primeira viagem e ainda a Leila, que faz de tudo para fugir desse tipo de programa.

Um pouco antes do cume, uma rampa de granito com uma inclinação de uns 45 graus estende-se por vários metros mas nada que torne difícil a ascenção. Neste mesmo ponto na volta, encontramos uma montanhista com seu pai próximo dos 70 anos, calçando um belo sapato social e com roupa domingueira.

Em 2h10 de trilha chegamos ao cume. Para a Mariane e o Vinícius seu primeiro cume. Para o Luiz Henrique e a Lais, uma volta ao passado, quando na infância estavam sempre conosco em nossas aventuras.

A volta foi rápida; pouco mais de 1 hora. Trouxemos de lembrança várias fotos e a promessa de uma nova aventura em família.

Luiz Carlos Piccinin
Luiz Carlos Piccinin

Published on 10/13/2018 20:09

Performed on 08/11/2018

1 Participant

Viavertical

Views

1181

Luiz Carlos Piccinin

Luiz Carlos Piccinin

Pato Branco, PR

Rox
356

Sou empresário, montanhista, canoista, ex-paraquedista, fundador da equipe ViaVertical.

Adventures Map
www.viavertical.com.br

1 Posts


434 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruna Fávaro, Fabio Fliess and 405 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Peter Tofte, Fabio Fliess and 156 others support the Together page.