AventureBoxExplore
Create your account
Pico da Bandeira

Pico da Bandeira

3º Pico mais alto do Brasil. Mais uma aventura memorável!

Nada como uma conquista daquelas pra ficar na memória!

Dia 23 de agosto, juntamos um pequeno grupo de aventureiros “malucos” a ponto de enforcar uma sexta feira de trabalho para virar a noite dirigindo de São Paulo até o Alto do Caparaó, nada menos que 760 km de distância e mais de 11 horas de estrada só para fazer uma trilha.

Desafios a parte, essa foi umas das trips mais bonita e tranquila que fizemos. Apesar de ser o 3º maior Pico do Brasil com seus 2.892 metros de altitude, essa trilha foi muito de boa pra fazer.

Curiosidade a parte, o Pico da Bandeira tem esse nome porque em 1859 o Imperador Dom Pedro II mandou que fosse colocada uma Bandeira do Império no alto do cume, já que na época aquela montanha era considerada a mais alta do Brasil.

Galera na entrada do Parque

Assim que chegamos no Alto do Caparaó, fizemos nosso check in na entrada do Parque (previamente agendado por Felipe) e seguimos para a base do acampamento e estacionamento no Tronqueira. Nossa ideia era subir para o Acampamento Terreirão, mas com a chegada de um grupo com mais de 40 pessoas, decidimos ficar no Tronqueira mesmo e fazer o ataque ao cume por volta das 0:00 percorrendo a trilha durante a noite. Confesso que foi a melhor decisão que tomamos, já que o grupo que subiu pro Terreirão ficou acordado a noite toda pelos comentários que ouvimos lá no cume, não deixando a galera dormir por conta da música alta e muita conversa. Sorte a nossa!

Antes de encarar a trilha para o cume, aproveitamos nossa tarde livre e descemos para curtir a Cachoeira Bonita, com mais de 40 metros de altura e águas geladíssimas, mas foi muito bem aproveitada pelos corajosos e congelados amigos que encararam mais essa cachoeira. Logo em seguida subimos para o Vale Encantado, o nome já diz tudo né! Bonito mesmo! Por lá tomamos mais alguns banhos nos poços naturais esculpidos pela força da água ao longo dos anos. (nem preciso dizer que estava congelante também né?).

Cachoeira Bonita

Voltando a trilha para o cume.

Do Terreirão até o cume, a trilha é um pouco mais acentuada e bem sinuosa, mas é muito de boa, mesmo quando o percurso passa pelas pedras, se considerar que é uma subida para um dos Picos mais altos do Brasil, ela não foi tão difícil. Achei que seria mais do que realmente foi.

Um dos conselhos que ouvimos do Felipe: “levem isolante térmico e blusa, lá em cima é um frio da P....” Considere isso quando subir! Faz frio mesmo! A pedra do cume é super gelada por conta da altitude e do vento constante lá em cima.

Saímos as 23:50 do acampamento Tronqueira e as 4:10 já estávamos no cume esperando pelo Majestoso Nascer do Sol. Eu diria que tem que colocar MAJESTOSO em letras garrafais mesmo. Foi simplesmente divino, mágico, esplendido, top, perfeito, sensacional, fantástico e por aí vai.

Nascer do Sol no Pico da Bandeira

Na hora de descer parte do grupo resolveu ir direto para o acampamento e eu e o Marcão (o outro Marcão) resolvemos ir para o Pico do Calçado bem ao lado do da Bandeira. Uma trilha fácil, já que estávamos no Cume da montanha, a dificuldade pra chegar ali foi mínima, mas a satisfação de percorrer mais um cume no mesmo dia foi das melhores pode apostar!

Não se sabe ainda, oficialmente, porque o Calçado não entrou na lista dos 10 Picos mais altos do Brasil, ele tem 2.849 metros de altitude de acordo com o Projeto Pontos Culminantes do Brasil e com isso ocuparia a posição de número 4 (quatro) na lista. Além de ser a segunda maior montanha entre os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

Pico do Calçado

Depois de mais alguns minutos no cume, descemos a trilha aproveitando o que não vimos durante a noite e contemplando todo percurso e os desafios encarados no escuro.

Já na Base do Acampamento Tronqueira, desmontamos o acampamento e descemos para a cidade onde finalizamos nossa aventura por terras mineiras e capixabas antes de voltar pras bandas da terrinha paulista.

Foi uma das trilhas mais top desse ano (olha que fizemos muitas). Agora é colocar o projeto dos 10 cumes em andamento e ir riscando um a um da lista, até que outra lista de picos, cumes, trilhas, travessias... vão sendo riscadas e concluídas para que outras trips possam substitui-las.

Valeu pela pareceria de todos os envolvidos nessa aventura, pela organização e agilidade do Felipe nas partes burocráticas necessárias para a boa execução desta aventura!

Valeu galera, até a próxima! (ups, o próximo cume!)

Marcos Roberto
Marcos Roberto

Published on 09/23/2018 12:38

Performed from 08/23/2018 to 09/23/2018

Views

1577

Marcos Roberto

Marcos Roberto

São Paulo

Rox
100

Guia de Turismo, caminhante, trilheiro, aventureiro, organizador de eventos e roteiros.

Adventures Map
acaonaturaltrilheiros.blogspot.com.br/

99 Following