AventureBox
Create your account Login Explore Home
Priscila Nascimento 02/13/2017 18:37 with 1 participant
    Pico Selado

    Pico Selado

    Momentos Variantes

    Em um domingo não muito amistoso estava tudo combinado para a conquista do Selado.

    Localizado em Monte Verde- MG no Parque Ecologico Verner Grinberg, tequin da extensão da Serra da Mantiqueira.

    Saimos de SP ao nosso destino com transito fluindo bem. Acredito que a falta de interação no começo foi apenas de umas pessoas, pois algumas ainda não se conheciam e alguns ainda com sono, mas a cena muda ao chegar em Camanducaia, muitos já começa a interagir e trocar experiencias vividas antes.

    A presença das mulheres vem crescendo no Montanhsimo e para compor esse time estava todas belas a rigor (rsrs). Então naturalmente começa a troca de zideias por aí, onde se é firmado a amizade e parceria ao decorrer da trilha, ai pronta lá vamos nós arriba!!! Nessa trilha a Mara tem um desafio que deixou pendente em 2016 "conquistar o cume" visto que a mesma se preparou para esse retorno como aquela famosa cena do filme "Rock Balboa". Seguimos em direção ao Pico Chapeú do Bispo, passando logo pelo Platô onde fizemos uma parada; ao longo do visual para o Pico Selado estava incoberto e timidamente o tempo foi se estabilizando ao longo do dia mas as ameaças de chuvas era notória, prosseguimos e alguns estavam com cara de suspense para se alcançar o Cume, chegamos a um lajeado de rochas o grupo foi dividido uma parte ficaria por ali montando o pic-nic e a outra ja avançaria para o Cume.

    Agora todos apreensivos, ao ver os primeiros corajosos na escalaminhada para assinar o livro do Cume. Eu ia ficar na base,porém inverti a função e acabei ficando no cume para apoio, gritei: -Arriba galera, bora aêee. Cada superação de conquista foi um exemplo um do aoutro alio companherismo foi crucial a todos.

    Deixo o exemplo da Sra Rita que é deficiente visual a conheci no Parque Juquery onde nos deu uma aula e tanto de argilas e outros componentes no local, com muita cautela superou as barreiras e chegou no cume do Pico Selado. Pensei: Mas caraca ela chegou aqui? fiquei um tempo olhando para seu rosto tinha muita determinação, foi um exemplo para muitos ali e também nos contou um pouco da flora local como uma Boa Artesã organica. Outro fato curioso nós passa na Montanha no que diz respeito ao emocional, aconteceu com a Ana ela prosseguiu bem na sua caminhada sem muito desgaste. No ponto de partida da escalaminhada viu as meninas escalaminhando, o psicológico era uma barra difícil de equilibrar isso era nitído na face de cada uma , mas quando alcançavam o Cume a sensação de conquista era única que apenas cada uma poderia se expressar, e na vez da Ana me assustou um pouco, ela subiu com apoio da corda tremendo muito e pedindo calma a nós o tempo todo seu namorado o Jhon estava do meu lado o que facilitou sua chegada, mas derrepente ja no cume ficou trêmula e mal conseguia falar uma palavra completa. Então pensei: Caramba! Acrofobia a atingiu em cheio, então aguardamos um pouco depois dei um abraço nela, aos poucos foi conseguindo pronunciar as palavras completas, e quando conseguiu falar explicou que estava muito emocionada e que quando atingiu o Cume foi uma surpresa boa e agradável. Começei a ficar mais tranquila mesmo sabendo que teria que ver um jeito de rebocar. Disse a ela: Você tem todo direito de ficar assim, é seu momento partilhe com o Jhon, na descida disse ao Jhon ir atras dela que o Elson aguardaria ela na base e eu continuaria no topo para auxílio, como o emocional voltava aos poucos a pena-lá, disse para ela escutar o Jhon o que deu certo e chegou com segurança na base da rocha. Para os homens nada de novidade subiram ate que sem receio e quase que pode se dizer "voando"

    Após a missão ser conquistada nosso objetivo era retornar para o Chapeú do Bispo, onde tem uma via de escalaminhada boa para todos nós por lá, conseguimos chegar no topo da Pedra, nessa parte a Michelle superou bem na escalaminhada, visto que no cume máximo não teve dificuldade devido o auxílio da corda.

    Teve também a 7° edição do Projeto "Montanha Sem fronteiras" contou com a participação de Jhon (Columbia) e da Le Chau (Vietnã). A troca de cultura sempre promove lembranças boas. O retorno foi uma reprise, agora todos tagarelas contava suas experiências vividas o que durou pouco a maioria capotou na van.

    Essa galera que nos acompanhou não são muito lá experiente, mas acreditamos em cada uma delas quando se manifestaram o desejo de conhecer uma Montanha, talvez para muitos o Pico Selado não é uma montanha difícil, mas nosso objetivo era apresentar todos para a beleza da natureza, com segurança e respeitando o limite de todos. Deixo meus agradecimento a todos em especial a Sra Rita Engi que autorizou sua experiência vivida nesse relato. Inté.

    1 Comments
    Odair Behn 02/17/2017 11:48

    botando todo muito pra esquentar as pernas.

    Priscila Nascimento

    Priscila Nascimento

    Sao Paulo-SP

    Rox
    563

    Perfil direcionado a montanhistas e aventureiros autônomos.

    Adventures Map


    Minimum Impact
    Manifesto
    Rox

    Renan Cavichi, Bruno Negreiros and 435 others support the Minimum Impact Manifest


    Together
    Inclusive Adventures
    Rox

    Bruno Negreiros, Peter Tofte and 176 others support the Together page.