AventureBoxExplore
Create your account
Pico do Lopo

Pico do Lopo

Trekking na Serra do Lopo, passando pela Pedra dos Cabritos, Pedra das Flores e Pedra do Cume.

Climb Mountaineering Hiking

O trekking do Pico do Lopo surpreende bastante pela beleza da paisagem.

Indo de SP pela Fernão Dias, a viagem dura cerca de 1:30 h. Chegando na cidade, o caminho é intuitivo. Dá para ver a serra do Lopo e ir em direção a ela.

Nós fomos com o carro até a pousada Brumas da Serra (onde quem preferir pode se hospedar ao invés de fazer um bate e volta) e lá na pousada está sempre o Igor, para nos receber e dar uma série de nformações. É cobrada uma taxinha para deixar o carro dentro da pousada e mais um valor simbólico por pessoa que fizer a trilha, que é auto guiada.

Logo passando a entrada da pousada começa a trilha. É relativamente fácil, tendo apenas alguns trechos de subida, mas não tão íngrimes. A primeira atração é a parada na Pedra dos Cabritos. O visual de lá já vale a viagem. O Pico visto deste ponto é bem impressionante.

A segunda parada é na Pedra das Flores. É um gigantesco platô de pedra e a vista do Pico e da represa é demais! Bom lugar pra ficar por um tempo curtindo o passeio, fazer um lanchinho, e depois seguir. Talvez essa seja a parte menos bem marcada da trilha, mas não tem segredo. Basta andar em direção ao Pico.

Sem maiores dificuldades, chega-se a uma passagem estreita entre pedras, momento em que algumas pessoas podem querer parar. Mas não é difícil subir por essas pedras, e vale a pena chegar lá no alto. Uma das vezes fui com meu sobrinho de 8 anos, que subiu quase sozinho sem ajuda.

Uma vez lá em cima, quando a gente acha que não tem mais pra onde ir, ainda é possível se levar corda e equipamento, fazer um lance bem curto de escalada fácil, e assinar o livro de cume.

Esse é um dos primeiros passeios que hoje em dia me vêm à cabeça quando me perguntam pra onde ir perto de SP no final de semana. Recomendo.