AventureBoxExplore
Create your account
Pico dos Três Municípios

Pico dos Três Municípios

Bate e volta ao Picos dos Três Municípios 2080m na tríplice divisa entre os municípios de Teresópolis, Nova Friburgo e Cachoeiras de Macacu

Mountaineering Hiking

A convite do meu irmãozão Bruno Negreiros embarquei nessa aventura com nosso amigo Adhemar Sette como Guia lider (na base do ódio/amor rs).

Aventura é essa que já havia sido remarcada por questões de chuva, alías não recomendo que seja feita essa trilha com chuva por diversos trechos em grota, em que viram rios perigosos. Na segunda metade do caminho há trecho de caminhada em costão rochoso com uma exposição ao risco considerável.

Conquista do Centro Excursionista Brasileiro de 23 de dezembro de 2001 de Francesco Berardi, Cláudia Bessa e José Carlos Oliveira.

Partimos aproximadamente às 5:30 do Rio em direção a cidade de Teresópolis tomar café da manhã obrigatório na padaria e comprar gatorade/água e doces pra reviver depois de uma boa pirambeira. Após o café da manhã reforçado partimos em direção ao Vale dos Frades, mais precisamente a Fazenda Itatyba No limite do Parque Estadual dos Três Picos.

Para chegar lá há um trecho grande de estrada de terra, que em caso de muita chuva pode ficar perigosa. Ao estacionarmos no portão de entrada da fazenda que dá acesso também ao Vale dos Deuses (Nova Friburgo) por trilha, revisamos nossos equipamentos, alguns como eu, mais parados pela pandemia, um pequeno alongamento e entramos na fazenda para acessar a trilha.

No portão de entrada da fazenda responsável pela água mineral Teresópolis passamos por uma pequena entrada "mata burro" às 8:44 aproximadamente. O acesso se da por uma Servidão de Passagem pequena rua de pedras após a segunda casa, virando a direta (onde ficam as ovelhas). Nesse caminho bem largo e tranquilo de caminhar cheias de enormes hortências, araucárias e eucaliptos começamos o aquecimento pra verdadeira aventura que nos aguardava no Parque Estadual dos Três Picos.

A trilha em si começa aproximadamente após 1,5km de caminhada subindo a escada da “fonte da sede” (primeiro ponto de água) e virando à esquerda no final da escada (cuidado com o arame farpado).

No início dessa primeira grande subida é caracterizada por caminharmos em região de grota, caminho de água em rochas bem escorregadio (vira uma cachoeira com a chuva). Nosso Guia líder Adhemar estava preparado com uma corda para ajudar a gente em alguns trechos bem expostos na grota. Após esse trecho o toca pra cima segue firme porém em trecho de muita terra úmida, muita serrapilheira, pontos de erosão com deslizamento de terra, por sorte tem muitas árvores para se puxar (cuidado com os espinhos).

Haverão mais uns 2 pontos de água, a Cachoeira da Josye tem a melhor água rs, até atingir o colo da montanha com vegetação de campos de altitude e visual incrível para o Pico Maior, Caixa de Fósforo e Cabritos. Após isso começará uma descida bem grande e difícil pelo solo muito úmido e escorregadio, depois desse descidão atravessamos um pequeno rio com uma água OK (um pouquinho de sedimento) se tiver Clorin talvez seja mais seguro.

Seguindo a trilha haverá uma bifurcação entre os enormes capim elefante, siga pelo da esqueda. A navegação nos capins é um pouco dificultada mas sempre procure as fitinhas que indicam o caminho.

Passando esse trecho da “Mini Caixa de Fósforo”-Dani, mais uma grande subida contornando a montanha em trechos em horizontal na rocha e solo raso e atingimos um fake cume, atrás outro fake cume (e as pernas chorando já rs) com um pequeno colo, atravessando o colo e subindo finalmente chegamos ao cume!! O dia estava lindo! O visual de lá é incrível com precipício enorme formado por uma parede negativa com enormes lacas.

Pausa para lanche reforçado pra volta, tentando não pensar na subida íngrime que íamos pegar na volta rs. Sessão de fotos e voltamos aproximadamente às 14h:45 para não precisarmos usar a headlamp, e não usamos! Chegamos ao final da trilha em si (fonte da sede) com suficiente iluminação e seguimos pela rua dentro da Fazenda Itatyba, terminando a aventura às 19h aproximadamente.

Agradecimento especial ao Adhemar pelo guiamento e carona e meu brodi Negresco pelo guiamento e amizade.

Renato Olmos
Renato Olmos

Published on 01/17/2021 15:13

Performed on 01/17/2021

6 Participants

Danielle Hepner Bruno Negreiros Josye Villela Adhemar Marias Aventureiras William Nascimento

Views

679

6
Bruno Negreiros
Bruno Negreiros 01/17/2021 15:17

FIQUEI MUITO FELIZ EM LER ESSE RELATO, IRMÃOZÃO!!

Marias Aventureiras
Marias Aventureiras 01/17/2021 17:11

Muito bacana seu relato, Renato! Obrigada pela cia durante a caminhada.

Adhemar
Adhemar 01/17/2021 17:20

Dia lindo, o clima com certeza estava perfeito para a pernada, companhia também mais que especial, TAMO JUNTO!!!

Danielle Hepner
Danielle Hepner 01/17/2021 17:20

Relato tá maravilhoso! Agradeço a simpatia, companhia... Prazerzão, Renato!! (:

Josye Villela
Josye Villela 01/17/2021 18:40

Nem acredito que fui homenageada com uma cachoeira nessa trilha rsrs. Foi top demais! Valeu pelo relato Renatenho!

Jose Antonio Seng
Jose Antonio Seng 01/18/2021 10:13

Parabéns aos envolvidos ! É uma trilha razoavelmente difícil, com uma mata meio fechada. Mas o visual compensa.

Renato Olmos

Renato Olmos

Rio de Janeiro

Rox
100

Eng° Ambiental 🌱👷🏻 Operador de Expedições de Trekking 🏃🏻🙇🏻

Adventures Map
www.instagram.com/renatoolmos

51 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruno Negreiros, Dri @Drilify and 405 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Fabio Fliess, Bruno Negreiros and 156 others support the Together page.