AventureBoxExplore
Create your account
Volta Completa Ilha Grande - Rj

Volta Completa Ilha Grande - Rj

6 dias dando a volta na Ilha Grand, foram 100 km pelas principais praias e atrativos da ilha.

Trekking Camping

Realizamos a volta na Ilha Grande em cinco noites e seis dias, fomos em cinco amigos. Foi um pouco corrido, mas deu para pegar as principais praias e atrações da Ilha. Recomendo incluir uma pernoite na praia de Parnaioca, dia bom para descansar e curtir. Apesar de ter sido um pouco corrido, achei a volta bem tranquila. Fomos para curtir, então, a cada bar que víamos, parávamos para tomar uma cerveja. Em alguns vilarejos é possível comprar mantimentos e lanches para trilha, principalmente nas vilas de Aracatiba, Japariz e Proveta. Da Praia de Abrahão até Aventureiro a infraestrutura é boa. Já do Aventureiro até o final da volta, apenas na praia Dois Rios tem alguma estrutura, o restante é bastante selvagem. Depois de Proveta não existe mais mercadinhos, então sugiro reabastecer em Proveta para o final da volta. Outra coisa importante é que depois do Aventureiro a trilha não é tão bem demarcada mas é de boa, atenção no trecho de Dois Rios até Caxadaço e até Castelhanos a trilha é mais discreta, fora isso as trilhas da ilha são bem demarcadas e sinalizada.

1º dia: Pegamos um táxi boat em Angra e chagamos em Abrahão. Iniciamos por volta das 10h da manhã e seguimos para a praia do Bananal. Passamos em várias praias, destaque para as praias Feiticeira, Praia de Fora e Japariz. Existem várias praias até o Bananal, algumas com boa estrutura (cerveja e outras coisas), trilha bem demarcada. Uma boa referência é que sempre andamos seguindo a fiação elétrica, linha elétrica que abastece os vilarejos, seguindo até Proveta. Tomamos banho de mar na Praia da Feiticeira e na Praia de Fora. Acampamos no camping do Juca, que eu não gostei. A estrutura é bem ruim, na verdade, é uma casa com quintal. Paguei 20 reais. Existem outros campings em Bananal, vale a pena procurar.

2º dia: Fomos de Bananal até Aracatiba, passamos em várias praias, com destaque para Passaterra, que tem um píer muito bom para mergulhos. Destaque também para a Praia do Sítio Forte, praia de Ubatuba, praia Longa e Lagoa Verde. Quase todas têm cervejas geladas. Chegando em Araçatiba, fomos para o camping Bem Natural. Camping com melhor estrutura da ilha. Paguei 30 reais. Foi um dia bem tranquilo, dia mais fácil da volta.

3º dia: Fomos de Araçatiba até Aventureiro, passando pela Gruta do Acaia. Meus amigos gostaram da gruta, eu, particularmente, não gostei. Preferiria gastar o tempo que usamos para chegar até a gruta para curtir mais a praia do aventureiro. Loga na saída de Araçatiba tem a bifurcação para a gruta, escondemos as mochilas e fomos à gruta. Lá tinha um senhor que cobrou 15 reais para visitar a gruta. O ataque à gruta, ida e volta, demora cerca de 2 horas. Depois tem duas subidas que dá para suar, principalmente a que tem entre Proveta e Aventureiro. Proveta tem uma boa estrutura e um mercadinho com boas opções de mantimentos para o restante da volta na Ilha. Ficamos no camping do Luís, pagamos 30 reais e lá tem uma boa estrutura. Principais atrativos são a gruta e a praia do Aventureiro (praia mais bonita da ilha, na minha opinião). Esse dia é relativamente um pouco "pegado", principalmente a subida e a descida entre Proveta e Aventureiro.

4º dia o dias mais pesado. Fomos do aventureiro até a praia do caxadaço, passamos pela praia do sul e praia do leste, esse trecho é uma área de conservação não permitido passar por lá, passamos mas sugiro pegar combinar no aventureiro um barco até a praia parnaioca, há relatos de fiscalizações neste trecho rendendo uma boa dor de cabeça de quem
Foi pego. Esse trecho é o mais selvagem e bonito da volta andamos por duas praias com uma faixa de areia muito grande na divisa entre as duas é preciso ter atenção com a trilha. Chegamos em parnaioca, uma das praias mais bonitas da ilha. De parnaioca ate caxadaço e trecho longo, no caminho tomamos uma cerveja em dois rios, depois seguimos para o caxadaço, chegamos já escurecendo, lá existem espaço para no máximo 4 barracas camping selvagem mesmo, não explorei muito a área para ver se tinha mais espaço para barracas. Praia bastante bonita, pequena mas bem diferente das outras.

5º dia: Fomos de Caxadaço até a ponta dos Castelhanos. Dia tranquilo, mas longo. Passamos pelas praias de Santo Antônio e praia de Lopes Mendes, praias muito bonitas, principalmente a Lopes Mendes, onde tem bastante ambulantes e banhistas. De lá, seguimos até Castelhanos, onde deixamos nossas cargueiras e fomos até o farol. Trilha bem discreta, mas curta. No farol fica um pessoal do exército e não pode tirar fotos. Pessoal foi bastante receptivo e nos mostrou como funciona o farol. Depois voltamos para a Praia dos Castelhanos, onde bivacamos no píer do Alex, que não nos cobrou nada. Visual muito bacana do píer.


6º dia: Último dia. Depois de dias de sol o tempo fechou e choveu, mas foi um dia tranquilo. Seguimos praticamente direto para Abrahão. Passamos pelas praias de Aroeira, praia do Pouso e chegamos em Abrahão. Ainda fomos na praia do Abrahaozinho e finalizamos a volta.

Samuel Santos
Samuel Santos

Published on 04/27/2020 02:31

Performed from 06/29/2019 to 07/05/2019

1 Participant

Trilhando Trekking

Views

664

3
Paula @mochilaosabatico
Paula @mochilaosabatico 04/28/2020 10:25

Muito bom! Deu saudades da Ilha Grande.

Manoel Rabello
Manoel Rabello 05/02/2020 09:18

Show, uma curiosidade. Usou que tipo de calçado?

Samuel Santos
Samuel Santos 05/02/2020 09:19

Normalmente uso botas, nessa volta aí fui com tênis de trail Run..