AventureBoxExplore
Create your account
Siririca!

Siririca!

~Eu gosto de você ~ Você gosta de mim ~ Mas com essa timidez ~ Só o que rola entre nós ~ É siririca baby ~

Trekking Mountaineering Camping

Apesar do nome engraçado, que rende piadas a viagem inteira (e provavelmente vai render mais algumas), o Siririca* (ou Ciririca) é a montanha com trilha consolidada mais distante da Serra do Mar e uma das mais difíceis da região.

"Ciririca, a montanha onde você se f#d& pra chegar e pra sair, mas não ficará p#+o (se sair vivo)", "o K2 paranaense", "montanha mais isolada da Serra do Mar paranaense", "montanha mais difícil de subir", "subi, adorei, nunca mais voltarei". Vários posts de blogs têm essas simpáticas e motivadoras menções. Junto com a Talita, Bion, Andreia e Jeane, nos debandamos para desvendar o mistério da "montanha das placas", ou ainda a "mãe dos caranguejos do mato", tradução do nome em tupi-guarani. As placas são elementos passivos de repetição de sinais de microondas instalados na década de 70 com o objetivo de fazer a conexão de rádio entre Curitiba e a Usina Parigot de Souza, do outro lado da Serra do Mar. Existe uma terceira, localizada em local remoto. Hoje elas encontram-se desativadas, por causa do difícil acesso e dos custos de manutenção.

Encontrei algumas divergências quanto à altitude, já li 1640m, 1770m, 1784m. Enfim... independente da altitude, o desafio é grande. A trilha é extensa, pesada, cansativa, cheia de sobes e desces. Grande parte dela é feita pela floresta, costeando as montanhas, então você não tem vista nenhuma até chegar perto do final. Outra dificuldade também é não haver local adequado para acampamento. A temível rampa não pareceu tão temível assim, mas pegamos tempo bom. Aliás, foram dois dias lindos!

*Há divergências quanto à grafia com S ou C, dizem ser Siririca com S, mas acabou pegando a outra...

Eduardo Sato
Eduardo Sato

Published on 04/19/2017 04:23

Performed from 04/14/2017 to 04/15/2017

Views

3046

1
Junior Baggio
Junior Baggio 03/10/2019 09:54

Show de humor e montanha! A descrição é impagável!