AventureBoxExplore
Create your account
Pico Paraná

Pico Paraná

Subida ao Pico Paraná

Blog Mochilão América do Sul
www.meumochilao.com

É a montanha mais alta da Região Sul do Brasil. Está a 1.877,392 metros de altitude e fica bem pertinho de Curitiba.
Estava já algum tempo sem viajar para esses fins e como tenho a intenção de fazer a patagônia em breve já iniciei meus testes de preparo físico e mental.

O Roteiro foi o seguinte.

Sexta – Chegar na fazenda por 16:00 e arrumar acampamento
Sábado – Iniciar a subida até o Acampamento Base 2
Domingo – Iniciar a subida ao cume e voltar a fazenda

Fiz essa subida com mais três colegas, sendo dois de Curitiba e um da minha cidade Chapecó.
Chegamos a Fazenda “Pico Parana” na sexta feira por 16:30.

A Fazenda possui uma ótima área de camping e possui uma casinha onde tem um banheiro com ducha quente para banho e caso precisar tomadas para carregar celular etc. Foi pago 10,00 para entrar e é obrigatório fazer um cadastro onde é preciso informar telefones de emergência, data de retorno etc. Caso tenham intenção de ficar mais dias deixem isso informado para o pessoal não ficar preocupado e ligando para todos teus familiares. Na sexta foi um dia bem tranquilo onde apenas armamos a barraca e subimos até a primeira pedra para ver o pôr do sol. Caso chegar cedo dá para fazer uma cachoeira que fica uns 10min do acampamento. Na sexta levamos torradeira, ovos, queijo, cobertas etc.. Pois depois era só deixar no carro o que não seria usado pra subir.

Acordamos no sábado bem cedo para tomar banho e arrumar as coisas para a trilha.
Vou listar os itens básicos para a subida ao pico, sendo que a subida tem um tempo estimado de 6 a 8 horas então cada kilo na mochila faz uma enorme diferença.

O que eu levei

· Barraca mini pack – azteq (essa barraca é perfeita para uma pessoa) pesa 1.7kilo

· Saco de dormir Nautika X-Lite (5 a 8c) Pesa 600 gramas. Perfeito.

· Isolante térmico

· 2 pares de meia para caminhada

· 1 calça moletom

· 1 fogareiro portátil

· 1 refil de gás

· Kits de primeiros socorros

· 1 litro de água

· 1 camisa segunda pele

· 1 Jaqueta corta vento

· 2 Camisas de caminhada

· Miojo, Chocolates, Café, Açúcar, Barras de cereais, Kit de Strognoff da liofoods

· Copo, Prato pequeno, garfo e Faca

· Lanterna de Cabeça

· Protetor solar, óculos de sol, Desodorante

· Câmera Fotográfica

· Boné

· Luvas ---- Levem isso....

· Mochila Cargueira de 70 litros

No fim isso tudo deu uns 11 kilos. E mais o que a galera levou.

Ontem na subida até a primeira pedra eu já percebi que o negocio não seria fácil. Era a primeira trilha que eu fazia com muita carga.

A Trilha é puxada do inicio ao fim, não tem parte fácil. Já vá preparado pois você terá q fazer um esforço físico tremendo. Para quem nunca fez esse tipo de trilha é melhor fazer outras menores. No meu caso eu estava parado a dois meses sem sair de casa devido a problemas de saúde e eu senti muito essa trilha.

Para quem acha que a trilha é fácil já vou alertando, ela é uma trilha bem diversificada e você terá que fazer pequenas escaladas com um pequeno risco, você terá q subir sobre raízes, pedras, lugares lisos, subir com apoio de cordas ou grampos. Se tiver medo de altura pense bem antes de ir.

Iniciamos a subida e eu pra variar fiquei por último, como eu tinha tempo fui andando no meu ritmo. Andava uns 10 minutos para pôr 1 minuto e seguia nesse ritmo. Encontrei muita gente na trilha acho que deveria ter umas 50 pessoas nesse final de semana. As vezes a galera me esperava para ver se estava tudo bem e depois eles seguiam na frente. No início a trilha é bastante movimentada pois ela dá acesso para outras trilhas.
Durante a trilha existe um ponto para pegar água que é cerca de 2 a 3h depois de iniciar e depois só terá á

gua no acampamento A2. Então para o início da trilha leve apenas a agua que você irá usar para tomar.

Fizemos diversas paradas e eu já estava sentindo que minha bota era uma porcaria e minha mochila era muito grande para meu tamanho e muito fraca. Por volta de 12:30 paramos para almoçar. Comemos miojo com molho de tomate, barras de cereal, chocolates.

Depois de andar muito e passar por diversas raízes grandes e uma mata bem fechada tivemos a primeira vista do Pico Parana e vimos o quanto ele era grande e lindo. Isso nos motivou e nos deu mais energia.
Chegamos em uma parte da trilha onde tinha uns grampos para subir uma rocha. Tinha visto isso nas fotos porem na pratica isso dá um medo gigante pois caso cair o estrago será grande.

Por volta das 16:30 chegamos enfim no acampamento A2. O Lugar é muito bacana porém é bem ruim para armar as barracas pois o lugar não tem muitos locais planos. E além de você ficar inclinado existe bastante pedras e irregularidades no solo onde fica quase impossível dormir. Como chegamos tarde perdemos os melhores lugares “tentem chegar por 15:00”. Procurei bastante e achei um lugar onde eu tinha apenas um local para deitar sendo que não poderia me mexer. Arruamos o acampamento e fomos buscar agua onde fica perto do acampamento porem o local é bem chatinho para chegar.
Fizemos a janta por 19:00 e por 21:00 já fomos para a barraca descansar pois a ideia era acordar por 5:00 e iniciar a subida ao cume.

Durante a madrugada fez muitooooo vento e pude pela primeira vez testar minha barraca. Ela resistiu perfeitamente e pude dormir um pouco, porem teve duas barracas que quebrarão com o vento. Nem levem aquelas barracas MOR que é furada na certa.

Por 5:00 iniciamos a subida ao cume. Estava um vento muito forte e um pouco de frio mas sem nenhum risco a nossa segurança. Iniciamos a subida e depois de uns 20min subindo minha lanterna de cabeça morreu e fiquei totalmente no escuro. A Sorte que o dia já estava nascendo e pude me guiar na subida. A Subida em si é um pouco tranquila pois não levamos a mochila.

Cheguei ao cume por 6:20.
O Lugar é maravilhoso e só estando lá para ver a perfeição do PICO Paraná. Quando cheguei la em cima quase chorei de emoção de ter conseguido pois achei que não iria até o fim. Mas passo por passo cheguei lá.

Ficamos uns 40 minutos lá em cima, fizemos diversas fotos e iniciamos a descida até o acampamento A2.

Durante a descida deu para ver de longe onde estávamos acampados e nossa a visão é fantástica.
Chegando no acampamento fizemos um rango bem reforçado e descansamos um pouco para iniciar a volta.
Na minha cabeça seria bem mais fácil voltar.... Engano meu

A Volta para mim foi pior que a subida pois minha bota era uma porcaria e meu pé estava ferrado. Eu não tinha mais cansaço porem todo meu corpo doía. Para ajudar estava seguindo uns camaradas e o pessoal pegou o caminho errado descendo uma pirambeira. Eu alertei que esse caminho era errado e desci até metade, depois a galera viu que o caminho era errado e voltou. Ali perdemos 1h.

Depois de 6h finalmente cheguei ao acampamento base. Nas ultimas 2horas eu fui ao meu limite sendo que caminhava e parava devido ao pé machucado e o peso da mochila.

Considerações finais.

Vale cada esforço gasto para subir ao pico, o lugar é maravilhoso e será uma bela experiência.
Na primeira vez tente ir acompanhado pois isso lhe dará mais segurança e deixara a trilha mais animada.
Tente levar o mínimo de carga possível pois no fim isso irá pesar muito.
Vá bem preparado com seu joelho pois você vai fazer muito esforço com ele.
Vá com uma bota que você já usou antes pois isso poderá atrapalhar sua trilha.

Willian Fae
Willian Fae

Published on 10/02/2015 17:43

Performed on 08/01/2014

Views

3912

5
Camila
Camila 10/03/2015 09:11

Lindo demais!

Edson Maia
Edson Maia 10/03/2015 20:42

Esse ano não rolou...mas ano que vem é certo!

Edson Maia
Edson Maia 10/03/2015 20:42

Parabéns pela conquista!

Suzane
Suzane 10/04/2015 11:52

Tooop demais. Quero ir lá em breve!!

Carlos Araújo
Carlos Araújo 11/03/2015 00:14

Nossa! a montanha é imponente!

Willian Fae

Willian Fae

Chapecó - SC

Rox
124

Sou um mochileiro nas horas vagas, e tenho uma paixão por viajar, conhecer novas culturas, apreciar a boa qualidade que todos os países tem.

Adventures Map
www.meumochilao.com

146 Following