AventureBox
Create your account Login Explore Home
Ana Retore 01/31/2021 19:17 with 1 participant
    Mountain Bike em Pouso Frio, Natividade da Serra - SP

    Mountain Bike em Pouso Frio, Natividade da Serra - SP

    Um roteiro para quem quer explorar as estradas de terra da Serra do Mar e, de quebra, aproveitar uma linda vista da Represa de Paraibuna

    Mountain Bike

    Morar no litoral tem suas vantagens e desvantagens. Neste mês de janeiro, além do calor intenso que tem feito por aqui, as praias estão muito cheias (e o trânsito então, nem se fala). Por isso, para aproveitar os fins de semana temos escolhido subir a serra, para fugir do calor e da muvuca por aqui.

    Estamos em uma empreitada de explorar a região da Serra do Mar, na região de Pouso Alto (um bairro de Natividade da Serra). Saímos de Caraguatauba, pela manhã, e subimos pela Tamoios até a Estrada de Pouso Alto. Deixamos o carro estacionado em frente à um bar, na beira da estrada.

    A partir daí começamos o pedal. O início do trecho é muito bom, pois a estrada tem poucas pedras soltas, e é bem plana. Com a sombra das árvores, e a altitude da serra, o clima estava muito agradável. A gente saiu sem um roteiro definido, por isso fomos tomando as decisões conforme elas iam aparecendo. A única coisa que eu fiz questão, era de quebrar minha meta pessoal, e pedalar pelo menos 20km nesse dia.

    Depois de passarmos por uma igreja, que fica bem no meio de uma bifurcação, começaram mais subidas, e com pedras mais soltas. Mas nada impossível, até mesmo para iniciantes como eu. Quanto mais andávamos menores iam ficando as estradas, mais fazendas, pequenos sítios iam aparecendo.

    Atravessamos, em uma descida enorme, uma plantação de eucaliptos. Eu só pensava comigo mesma "Vish, depois vamos ter que subir isso tudo de volta" rs. Mas, junto com esse pequeno pessimismo, eu aproveitava o trecho de pouco esforço, aroma agradável e visual bonito.

    Aos poucos começamos a ver a represa. Realmente, uma vista muito bonita e recompensadora. Pedalamos mais um pouco, seguindo a represa, e em seguida paramos para comer uma fruta e beber uma água. Demos meia volta e começamos o retorno.

    Sim, de fato a subida no meio da plantação de eucaliptos foi comprida. Mas eu aguentei, e não precisei empurrar a bike em nunhum momento (que orgulho rs). Maaaaaas... quase no final do trecho de retorno, faltando uns 2km para chegar no carro, em uma descida cheia de pedras soltas e com uma pessoa empolgada em cima da bicicleta eis que, em uma freada mal medida, eu capoto com tudo.

    Nas minhas memórias de infância os tombos de bicicleta não eram tão constrangedores quanto os da vida adulta. Foi uma cena terrível haha Era Ana morro abaixo, tentando frear com a palma das mãos, bicicleta vindo por cima, perna ralada, braço ralado. Até quem estava passando de carro por perto, parou para oferecer ajuda. Mas eu, naquela mistura de vergonha, dor e raiva, disse que estava tudo bem, que eu me viarava. Logo depois o Renan chegou, e me ajudou. Deitei um pouco, porque a pressão baixou quando eu vi a mão cheia de sangue rsrs Mas voltamos os km faltantes pedalando.

    Bom, o final dessa história é o clássico: chega em casa, lava as feridas, faz curativo, passa a semana tentando trabalhar mesmo sem conseguir mexer o mouse direito rs. Mas, apesar dos tombos, eu continuo animada nessa empreitada. Tenho gostado muito de pedalar e, pouco a pouco, quero ir melhorando meu preparo e minha resistência.

    Queria deixar aqui também, meu agradecimento ao Renan que, além de cuidar de mim, lavou a louça a semana inteira sem reclamar (e eu sei que isso não foi fácil pra ele) rsrs. Obrigada meu amor, e eu prometo ir mais devagar na próxima 😜

    Confira o outro relato de nossos pedais na região: Mountain Bike | Tamoios x Pouso Alto - Natividade da Serra

    Ana Retore
    Ana Retore

    Published on 01/31/2021 19:17

    Performed on 01/24/2021

    1 Participant

    Renan Cavichi

    Views

    2120

    5 Comments
    Bruno Negreiros 01/31/2021 19:26

    Me lembrei de um tombo que tomei uma vez descendo de Cunha pra Paraty (quando ainda era estrada de terra)...hahahahahahahah

    Bruno Negreiros 01/31/2021 19:27

    #lavaalouçarenan

    1
    Renan Cavichi 02/01/2021 22:04

    Hahaha viu só... além de primeiros socorros tem que lavar a louça! Mas já vetamos as quedas. Limite agora é de 15 km/h nas descidas :D rsrs

    Fabio Fliess 02/15/2021 11:15

    Boa Ana! Boa Renan! Visual top esse da represa. Valeu o esforço. Aqui estamos com esse projeto também, de voltar as pedaladas, depois de um longuíssimo e tenebroso inverno. Também já tomei meu capote, para ficar esperto! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Que venham mais km. Abs

    Ana Retore 02/25/2021 18:07

    Nada como tomar um capote para ficar ligado né! 🤣 🤣

    Ana Retore

    Ana Retore

    Videira-SC Oswego-NY Curitiba-PR

    Rox
    1763

    Porque, no futuro, vou mostrar esse perfil para os meus netos 😊

    Adventures Map
    www.anaretore.com

    Minimum Impact
    Manifesto
    Rox

    Dri @Drilify, Bruno Negreiros and 426 others support the Minimum Impact Manifest


    Together
    Inclusive Adventures
    Rox

    Bruno Negreiros, Bruna Fávaro and 167 others support the Together page.