AventureBoxExplore
Create your account
Subida ao Vulcão Lascar

Subida ao Vulcão Lascar

Subida ao Vulcão Lascar em Novembro de 2014 no Deserto do Atacama.

Fazendo varios planos e promessas e toda inspirada com a virada do ano, eu vim aqui explicar pra voces porque, na minha opnião, todo mundo deveria subir uma montanha!
É assim... todo começo de ano eu faço uma listinha dos lugares que eu gostaria de ir. Geralmente sao 3 ou 4 que variam de acordo com a época e dinheiro que eu vou ter disponivel. Esse ano, minha lista inclui Nepal, Camboja e India, ou Africa, ou Patagonia ou Italia. E minha lista de metas não pára por aí.
Eu amo correr então coloquei na lista uma meia maratona e a São Silvestre. Também comecei a nadar, então quem sabe um duatlhon. Enfim... essa é a epoca do ano em que eu decido tudo que eu quero fazer nos próximos 12 meses e a partir daqui cada passo meu vai ser em direção aos meus objetivos.
Minha lista de lugares parece maluca? Correr 21 km mais ainda? Tudo bem... eu já subi até a cratera de uma vulcão ativo de 5600 mts de altura.
EU POSSO FAZER QUALQUER COISA!
É com esse espirito que voce sai de uma aventura como esta. E é burrice quem fala: "Não entendo pessoas que sobem montanhas pra chegar lá no alto ... e descer". É ignorância falar isso. Subir uma montanha não é só chegar no topo. Subir uma montanha é sobre a jornada até lá em cima. E vai além.
Então quando eu topo qualquer mochilão, a primeira coisa que eu penso é... O que dá pra subir naquela região? E no Atacama eu vi o Vulcão Lascar. Um vulcão ativo de 5600 mts e que geralmente entra em erupção todo ano. Ele é considerado excelente para iniciantes - meu caso - e relativamente facil.
Nós fechamos todos os nossos passeios pela Colque Tour, inclusive esse e saiu por 65 mil pesos chilenos. Refeições, transporte excelente numa 4x4, lanchinhos e guia incluído. Nos buscaram no hostel as 4h30 da manha e foram quase 3 horas de carro até pararmos em um lago para o café da manha.


Com o café da manha tomado, fomos para a base do vulcão. Lá nos preparamos, recebemos o lanchinho para a subida e todas as orientações necessárias. O nosso guia Guillermo era super experiente e inclusive tem o recorde de subida da montanha - algo em torno de 1h ou 1h30 entre subida e descida ou menos... nao lembro bem !
Foram quatro horas de subida. Poderia ter sido menos, mas a culpa foi minha. Eu falei aqui em cima que corria, mas na epoca da viagem eu tinha acabado de me recuperar de uma torção no pé e em seguida uma lesão na lombar séria que me deixou 6 meses de molho sem poder fazer exercicio nenhum. Então eu não estava somente fora de forma, eu também ganhei 7 kilos nesse tempo e lembrei de cada um deles na subida! rs.
Mas tudo bem, o guia parava quando eu precisava, mas não deixava perder o ritmo nem sentar durante os descansos pro corpo não esfriar, afinal o vento lá em cima era forte. E também porque era importantissimo subirmos o mais rápido possível, dentro do minha condição de marmota claro. Na parte da tarde ele disse que o vento virava e ventava MUITO. E infelizmente pegamos esse vento na decida. É vento daqueles que se te pega desprevenido te desequilibra rumo ao chão! rs.



Pausa para descansoQuando chegamos na altitude de 5500 mts ele nos disse que quem chegou até ali, chegava até o topo! E ele confessou que duvidava da minha capacidade no começo e que eu talvez tivesse problemas. Mas apesar de mim, o que conta muito na montanha era a cabeça, o psicologico que te leva até lá em cima quando a altitude te tira o oxigenio do pulmão. É a sua cabeça, sua determinação que te faz continuar. E amém... eu tive equilibrio, determinação pra superar a falta de ar, a eventual dor na lombar e nosso grupo foi o primeiro a chegar no topo naquele dia. MISSÃO CUMPRIDA!
Sabe quando aquele ditado "Você não sabe o quanto é forte, até sua unica opção é ser forte". É exatamente isso!
E a satisfação de ver algo que só alguns privilegiados veêm ao vivo: a cratera de um vulcão ativo, ali, cheio de fumaça, enxofre e atividade. Como eu aprendi na mitologia Inca, as montanhas são consideradas Deuses e de alguma forma tem uma energia incrível quando voce é permitido subir uma!
Sim, permitido. Não se engane. Voce só sobe uma montanha, se ela permitir!





Aí voce pensa. Missão cumprida. Subi. E agora? Agora eu tinha que descer... e meu amigo, PUTAQUEOPARIU.
Gastei toda minha energia e força subindo, mas a descida é mais curta e se voce acha que estava exausta de subir, voce passa o limite da exaustão descendo. Muita força na perna, dor nas costas, na cervical de ficar olhando pra baixo! Mas desci que eu não sou boba de ficar lá em cima!

Eu filmei tudo da minha subida e voces podem assistir o video:

https://www.youtube.com/watch?v=_MxhMDWg-io

7
Bruna Fávaro
Bruna Fávaro 09/29/2016 15:23

Caraca, Cristina!! 5600 mts !! Mas e aí, não rolou um mal de altitude? Vc devia estar super bem preparada! Ow, só uma dica, coloca esse link do vídeo numa abinha nova, própria pra inserir vídeos. ;)

Cristina Rodrigues
Cristina Rodrigues 09/30/2016 12:02

Ai brigada! to aprendendo a usar aqui ainda!! vou ajustar! Então... tem que fazer a aclimatação direitinho, aí fica BEM mais tranquilo, mesmo assim o cansaço e a falta de ar sempre batem forte!

Lidiane Cesila
Lidiane Cesila 10/12/2016 10:12

Adorei seu texto! Sinto o mesmo que você! Subir uma montanha não é conquistar o topo, mas sim empreender uma jornada...é um momento de reflexão, autoconhecimento...Aprender a respeitar os limites e compreender como somos pequenos diante da natureza... Se chegamos lá é porque a natureza nos permitiu. E isso serve para qualquer outra coisa na vida...embora nos esqueçamos disso com frequência...

Cristina Rodrigues
Cristina Rodrigues 10/13/2016 09:22

Isso aí Lidiane! Quem bom que compartilhamos a mesma visão! Odeio quando me perguntam porque eu subo até lá em cima só pra descer! rs Tem tudo haver com a jornada! ;)

Fabio Fliess
Fabio Fliess 11/16/2016 17:13

Demais Cristina!!! Muito show o texto! Posso te garantir que mesmo "fora de fora" como você disse, tem que estar bem para chegar a 5600m! Ainda mais com o cheirinho de enxofre!! rsrs Parabéns!

Cristina Rodrigues
Cristina Rodrigues 11/17/2016 10:40

Obrigada Fabio !! O segredo é a mente! :)

Fabio Fliess
Fabio Fliess 11/17/2016 10:41

Concordo totalmente! :)

Cristina Rodrigues

Cristina Rodrigues

São Paulo

Rox
41

Mochileira, apaixonada por cachorros, louca por subir montanhas e por uma boa cerveja gelada. Nerd. Analista de Sistemas e tentando ser blogueira. Necessariamente nessa ordem! :)

Adventures Map
inspiraviagem.blogspot.com

52 Following