AventureBoxExplore
Create your account
Pico da Bandeira - Parque Nacional do Caparaó

Pico da Bandeira - Parque Nacional do Caparaó

Travessia ES x MG

Trekking Mountaineering

A viagem até o Parque Nacional do Caparaó começou na noite do dia 14/08/15, com um encontro dos Mochileiros RJ na Cinelândia, no Centro do Rio. Todos bastante animados, a confraternização começou com algumas cervejas e bastante risada. Neste ponto, pegamos o ônibus que nos levaria durante a madrugada até a cidade de Pedra Menina, no Espírito Santo.

Com uma noite tranquila, porém animada, fizemos excelente viagem até finalmente chegarmos na portaria capixaba do parque.

Parque Nacional do Caparaó - Portaria de Pedra Menina - ES

Ali, na portaria, em 15/08/15, por volta de 09h da manhã, iniciamos a pé a subida até a nossa base na Casa Queimada. Iniciamos a caminhada com um trecho de subida forte até a Macieira, onde pudemos contemplar a beleza da Cachoeira dos Sete Pilões.

Cachoeira dos Sete Pilões

No Macieira, nos reunimos para o almoço. Fogareiros a postos, aquecemos a água e tivemos nossa primeira confraternização gourmet.

Almoço no Macieira

Depois de almoçar e descansar um pouco, reorganizamos os nossos pertences, aguardamos pelo jipe, que levaria nossas cargueiras, e depois seguimos o nosso caminho.

Eu, que ainda não conhecia praticamente ninguém do grupo, tratei de fazer logo amizade com a galera.

No caminho até a Casa Queimada, passamos pela Cachoeira da Farofa, uma queda d'água linda, porém pouco convidativa devido à temperatura ambiente e da água.

Cachoeira da Farofa

Terminamos nossa subida até a Casa Queimada às 16h20. Antes do banho (gelado!), montamos as barracas e organizamos nossos pertences. Durante a noite, parte do grupo se reuniu para jantar e confraternizar. O frio nesse momento se fez bastante presente, por volta de 4°C.

Acampamento Casa Queimada

Fomos dormir pois acordaríamos entre 0h e 1h da manhã. Desmontamos nosso acampamento sob um céu incrivelmente estrelado. A ansiedade tomava conta, iniciaríamos a subida final às 2h20min de 16/08/15. O grupo grande se subdividiu de acordo com o ritmo de cada um. Fiquei no segundo pelotão, junto aos companheiros Stifler, Richard, Bruno Freedom e Márcio, onde Stifler puxou o ritmo seguido por mim, depois Richard, Freedom e Márcio. Pegamos um ritmo bom de caminhada, fazendo paradas estratégicas para não cansar e nos hidratarmos. O frio nessa momento estava entre 0º e -2ºC.

Trecho final da subida ao Pico da Bandeira

Terminamos os 4,2km às 05h40 de 16/08/15. Após 3h20min de caminhada com fortes subidas, peso... E, felizmente, o dia já clareava, porém o Sol ainda não havia aparecido. No cume do Pico da Bandeira ventava bastante, o que fazia a sensação de frio chegar a -10ºC.

Enfim, no cume do Pico da Bandeira, pudemos nos acomodar e relaxar para curtir o nascer do Sol do terceiro ponto mais alto do Brasil. E, foi só alegria!

Assistimos ao espetáculo, descansamos e nos aquecemos. Ali, a sensação era de emoção, dever cumprido, conquista. Muita felicidade por ter finalmente chegado ao Pico da Bandeira.

Então, passamos a confraternizar mais, tomando café da manhã juntos e explorando todos os cantinhos do cume.

Como sou meio louca e adoro altura, vi a torre e entendi que precisava subir pra sentir mais daquele lugar incrível.

Então, me senti em paz. Entendi que tudo o que eu dependia para viver estava ali, diante dos meus olhos e dentro da minha mochila.

Recebemos o resto da galera que ainda faltava, algumas pessoas tiveram dificuldades devido ao frio e à falta de ar. Apenas quando todos chegaram que iniciamos os preparativos para a descida pelo lado mineiro, que aconteceu às 09h40min.

Descendo, não encontramos muitas dificuldades. Apenas o cansaço se fazia presente. Na descida, o calor começou a surgir e, com ele, mais cansaço.

Chegamos no Terreirão depois de algumas poucas horas, onde paramos para lanchar, tomar água e tirar parte dos casacos que vestíamos. Os pés ali já sofriam pois, por conta da quantidade de meias que usei pra suportar o frio, a bota ficou bastante desconfortável. Porém, a felicidade se fez mais presente, e todos eram solidários com todos.

Terreirão

O fim da caminhada veio em Tronqueira, por volta de 13h de 16/08/15. Lá, havia um jipe nos esperando para nos levar até uma pousada em Alto Caparaó, onde tomamos um banhozinho quente e almoçamos, terminando, então, a travessia ES x MG.

O que ficou foi uma alegria sem igual. Amizades novas e incríveis. Imagens lindas que não sairão tão cedo da mente. E a sensação de que querer é mais que suficiente pra iniciar a jornada em busca em de um sonho.

Finalmente conquistei o Pico da Bandeira!

Danielle Hepner
Danielle Hepner

Published on 11/18/2015 13:03

Performed from 08/14/2015 to 08/16/2015

Views

3116

6
Renan Cavichi
Renan Cavichi 11/20/2015 11:00

Demais, saudade dessa região! Parabéns pela conquista Danielle!

Carlos Araújo
Carlos Araújo 11/20/2015 15:09

- 10 graus?? vishhh!! rsss

Danielle Hepner
Danielle Hepner 11/20/2015 20:16

Valeu galera! (: Sensação de menos -10ºC por conta do vento Carlos! Lá no alto o frio é bem nervoso!

Rodrigo Lacerda
Rodrigo Lacerda 11/20/2015 20:23

Irado o lugar..foi uma aventura e tanto!

Danielle Hepner
Danielle Hepner 11/20/2015 20:25

'tamo' juntos, Lacerda!! (:

Elisangela Miranda(Siri)
Elisangela Miranda(Siri) 11/30/2015 20:52

Opa Dani, essa aventura foi demais mesmo!

Danielle Hepner

Danielle Hepner

Rio de Janeiro - RJ

Rox
2155

nerd! professora de matemática apaixonada por montanhas, viagens, doguinhos e ukulele.

Adventures Map

8 Posts

See More

1258 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Bruna Fávaro, Bruno Negreiros and 405 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Renan Cavichi, Bruna Fávaro and 156 others support the Together page.