AventureBoxExplore
Create your account
Travessia dos Alpes: Mer de Glace - Vallé Blanche

Travessia dos Alpes: Mer de Glace - Vallé Blanche

Travessia realizada em junho de 2019, em 04 dias, percorrendo 39 km de distância e desnível de 3.800 m.

Trekking Mountaineering

Intrudução

Este é um complemento do relato que postei sobre o Tour du Mont Blanc (https://aventurebox.com/lufema/tuor-du-mont-blanc-no-modo-super-economico/report). No perído que fiquei em Chamonix realizei o TMB e a Travessia dos Alpes: Mer de Glace - Vallé Blanche, a qual passo agora a compartilhar as informações.

Trata-se de uma travessia completa, abrangendo trekking em floresta, travessia de glaciar, deslocamento em neve, noite em refúgio de montanha, além de acesso gratuito a estrutura de teleférico, tanto na parte italiana (Skyway) quanto na francesa (I'Aiguille du Midi). Além disso, é possível realizar a descida pelo Teleférico I'Aiguille du Midi, até Plan de I'Aguille, onde está o refúgio de mesmo nome, sem gasto nenhum. Agora, se optar por descer de Plan de I'Aguille a Chamonix pelo Teleférico, terá que pagar o valor de 17,5 euros, se não me engano.

Recomendo fortemente para aqueles que forem a Chamonix com objetivo de prática de montanhismo. Obviamente, requer alguma experiência em travesssia e navegação em geleira/glaciar/neve, além de equpamentos (piolet, grampon, capacete, traje completo de montanha), que podem ser alugados facilmente na cidade.

O custo é bem acessivel, pois se pode levar toda a comida e ficar nos refúgios. O valor da noite é tabelado e custa 25 euros. Então é possível fazer a travessia com menos de 100 euros (3 noites em refúgio mais comida), para quem possui os equipamentos/roupas.

Vídeo resumo da travessia: https://photos.app.goo.gl/1Vz4Z2TxeYJ9VxrF8

Álbun de fotos: https://photos.app.goo.gl/xm66QcR4QvwN6Sq97

Wikiloc:https://www.wikiloc.com/wikiloc/spatialArtifacts.do?event=setCurrentSpatialArtifact&id=38176320

Obs: não recomendo o uso do tracklog para navegação, pois foi gravado com celular e não é totalmente confiável, servindo mais como uma referência visual para planejamento da travessia.

Relato

Trekking realizado em junho de 2019, em 04 dias, percorrendo 39 km de distância e desnível de 3.800 m. A travessia da geleira Mer de Glace é uma caminhada de longa distância exigente, pois transcorre sobre glaciar, em meio a fendas e em aclives e declives de neve. O Mer De Glace, terceiro maior glaciar dos alpes, com 7km e 200m de espessura, está em um processo avançado de derretimento. Deverá recuar 1200 metros até 2040, podendo este ser o último século para vê-lo. Na literatura, é o local onde “Frankenstein” se escondeu ao ser abandonado por seu criador.

Na figura acima, ilustração com a marcação da rota, que se inicia no vale, na cidade de Chamonix (1042m), próximo ao teleférico e da estação de ski Planards. Segue em meio à floresta até alcançar a estação de trem Montenvers (1913m), onde se situa o Grand Hotel de Montemvers, construído em 1880 para abrigar os primeiros alpinistas e viajantes que visitavam a geleira Mer de Glace. Em Montenvers, está localizada o trecho de descida para o glaciar, realizada por meio de escadas metálicas fixas à parede de pedra.

Para se ter idéia da involução do Mer de Glace, no século IX, quando teve origem a exploração túristica do local, sua altura possibilitava o acesso praticamente sem uso de escadas.

O trekking atravessa a moraina (trecho de pedras) do glaciar, seguindo sobre a cúpula de gelo por mais ou menos 2km, até chegar às fendas, um trecho perigoso da travessia.


Transpostas as fendas, segue-se por um trecho mais plano formado por gelo e neve até as escadas que dão acesso ao Refúgio du Requin (2516m), local do primeiro pernoite. O refúgio situa-se no alto de uma parede vertical de pedras, e o acesso se dá exclusivamente por meio de escadas metálicas fixas à parede.

Refúgio du Requin foi construído em 1926. Atualmente, pertence ao Clube Francês de Alpinismo e é administrado por um escalador de rochas/guia aposentado.

Vista do glaciar a partir do alto do refúgio:

O segundo dia segue por um trecho na parte acima dos seracs, em um acentuado aclive de neve por mais ou menos 6km, transpondo o Glaciar du Géant, subindo pelo Vallée Blanche (vale glacial) até o Col do Géant, para alcançar a parte italiana do Maciço do Mont Blanc, onde se situa o Refúgio Torino (3376m), local do segundo pernoite. Além do refúgio, em Punta Helbronner (3466m) está localizado o Skyway, um teleférico que interliga a cidade Courmayeur (1300m) com o Vallée Blanche (3.400).

O Refúgio Torino (3375m) foi construído na década de 50 e reformado em 2015 durante a construção do Teleférico Skyway.

No terceiro dia, o trekking segue novamente pelo Glaciar du Géant, cruzando todo o Vallée Blanche, até o pico de I'Aiguille du Midi (3842m), onde se situa o teleférico que interliga com a cidade de Chamonix (1042m), em duas secões. Depois de subir até as instaçaões do teleférico por uma cornija de neve, desce-se, sem custo, em um das gôndolas até a seção intermediária, localizada em Plan de I'Aguille, onde se encontra o refúgio do terceiro pernoite.

Detalhe do Teleférico Aguille du Midi, com observatório e a antena de telecomunicações em seu pico:

O quarto dia da travessia segue do Refúgio Plan de I'Aguille (2308m), em declive constante, pelo caminho du Roche, até alcançar a cidade de Chamonix (1042m), no local de início da caminhada, finalizando assim a travessia.

Conclusão

Como dito, a realização dessa travessia é muito recomendada como um programa de montanhismo em Chamonix de baixo custo, para aqueles que gostam de trekking, montanha nevada e glaciar, mas exige alguma experiência.

Durante a realização, temos acesso a vistas panorâmicas dos alpes e a refúgios de montanha, além das estruturas dos teleféricos que, de outra forma, somente são alcançadas por meio das gôndulas, cujo custo é de 63 euros (ida e volta), sem contar os 30 euros necessários para cruzar o Valle Blanche (pelo alto) e conhecer o lado italiano (Skyway).

Luis Alves
Luis Alves

Published on 08/26/2019 10:58

Performed from 06/18/2019 to 06/21/2019

Views

727

3
Edson Maia
Edson Maia 08/28/2019 20:33

Muito bacana, Luís! Trekking com gelo e neve deve ser uma experiência desafiadora e interessante. Bela aventura. Parabéns!

Renan Cavichi
Renan Cavichi 08/30/2019 10:11

Sensacional! Lindas fotos!

Rodrigo Oliveira
Rodrigo Oliveira 09/01/2019 08:48

Sensacional!!! Estive na região esse ano, mas apenas em uma breve passagem. Pretendo retornar para fazer os 2 trekkings, e seus relatos serão fundamentais para me ajudar no planejamento!