AventureBoxExplore
Create your account
Pedal Caçandoca | Mochila Viajante Osprey

Pedal Caçandoca | Mochila Viajante Osprey

Mountain Bike da Praia da Lagoinha até a Praia da Caçandoca em Ubatuba-SP para avaliação da Mochila Manta 28 da Osprey.

Mountain Bike

No final do ano passado, fui convidado pela Osprey Brasil que representa a marca Norte Americana aqui no país para fazer uma avaliação da Manta 28 em um projeto chamado Mochila Viajante. A proposta do projeto era que praticantes de atividades outdoor como Mountain Bike, Hiking e Escalada de diversos lugares do Brasil recebecem a mochila, fizessem uma avaliação, compartilhassem suas impressões sobre a Manta 28, e em seguida enviassem a mochila para outro aventureiro.

Topei fazer a avaliação para conhecer o equipamento, que até então não tinha tido contato, e para divulgar as aventuras aqui do AventureBox para os aventureiros que acompanham a Osprey.

Para avaliar a mochila resolvi fazer um pedal de Mountain Bike até a praia da Caçandoca em Ubatuba e um Hiking aqui na região. Ao menos esse era o plano inicial mas depois desse pedal começou a temporada de chuva de final de ano e tive que mudar os planos e ir para São Bento do Sapucaí, onde fiz uma trilha próximo à Pedra do Baú até a o cume da Pedra Ana Chata (na sequência irei publicar essa aventura com relato).

Organizei a mochila para fazer um café com a French Press e os equipamentos fotográficos. O espaço da mochila foi suficiente para carregar o material de cozinha também. Coloquei 3l de água no reservatório (limite máximo) para ver se mesmo com toda água o equipamento ficava confortável.

Saí no meio da tarde e segui um pequeno trecho pela Rio Santos até o início da estrada de terra que segue para praia da Caçandoca. Nesse trecho já foi nítido o conforto da mochila, que permite boa ventilação nas costas e no ombro. Nas alças tem alguns espaços vazados que permitem a ventilação.

Depois de alguns metros de estrada plana logo começaram as ladeiras. Nessa hora, com o calor, foi o momento de testar o sistema de hidratação. Um dos recursos que gostei muito no pedal foi o sistema de ímã que prende o bico da mangueira de hidratação na fita peitoral da mochila, mesmo sem parar de pedalar foi muito fácil retirar e prender o bico. Um recurso muito simples e eficiente.

A estrada de terra passa pelo Mosteiro Castelo dos Arautos, uma construção que parece um castelo em estilo medieval, e que chama a atenção dos turistas e pescadores que a observam no alto do morro. Seguindo pela direita a subida continua, a vista do mar e das praias da região já compõe o visual deslumbrante.

Ladeira abaixo passei pelo Quilombo Caçandoca, o primeiro quilombo brasileiro reconhecido em terras da Marinha que ocupa uma área de 890 hectares. Toda a área se extende da Praia do Pulso, Caçandoca, Caçandoquinha, Bairro Alto, Saco da Raposa, São Lourenço, Saco do Morcego, Saco da Banana e Praia do Simão.

Em frente ao centro comunitário do Quilombo encontrei a Senhora Marciana, e com todo o contato humano que a bike te possibilita logo começamos a trocar alguns dedos de prosa. :)

Segui mais alguns metros até a praia, com uma bela vista para o mar e costeiras de Ubatuba, areia branca, chapéu de sol e totalmente deserta... Só que não! Com o crescimento dos quiosques e com mais infraestrutura, a praia atualmente fica cheia nos finais de semana e temporadas. Felicidade para os moradores que estão aumentando sua fonte de renda. Mas triste para os amantes dos lugares tranquilos e sem lixo.

Lá sentei embaixo de uma árvore na beira do mar e preparei meu café! :D

Na caminhada até a praia, testei o suporte de capacete que fica no centro da mochila, mas ficou balançando um pouco então segui a sugestão do Tiago Borges e prendi com as fitas de compressão lateral. Muito melhor!

Não consegui colocar meu celular no bolso da alça da barrigueira por conta do tamanho do celular (158.1 x 77.8 x 7.1 mm), seria legal para as fotos. Para smartphones menores o bolso é suficiente.

Cafeína no sangue, segui pela esquerda da praia (de frente para o mar) onde sai uma trilha estreita até a praia do pulso. A mochila se saiu muito bem na trilha e ficou bem presa ao corpo para os movimentos mais rápidos, o design da alça me surpreendeu, ela permite total mobilidade dos braços na trilha.

Passei pelas mansões da Praia do Pulso e retomei a estrada de volta pra casa. Pausa para o Açaí, claro! :D

Considerações Gerais:

A Manta 28 é uma mochila de hidratação com diversos recursos técnicos. Ideal para pedais de um dia onde se pretende levar uma boa quantidade de água e alguns outros equipamentos. Muito confortável e leve. Recomendo muito!

Informações Técnicas:

  • Capacidade: 28 Litros
  • Peso 1.02 kg
  • Composição: 70 x 100D Nylon / 600D Poly
  • Dimensões: 49 x 29 x 25 cm
  • Reservatório de Água: 3 Litros
  • Capa de chuva

Valeu pessoal, espero que as informações ajude quem pretende investir em uma mochila de hidratação.

Boas Aventuras!

Renan Cavichi
Renan Cavichi

Published on 02/17/2018 20:58

Performed on 12/16/2017

Views

5037

1
Camila
Camila 09/19/2019 21:30

Quero voltar nessa praia!!!!

Renan Cavichi

Renan Cavichi

Caraguatatuba - SP

Rox
4789

Apaixonado por atividades outdoor e aventuras. Explorar as belezas naturais do nosso mundo na companhia dos amigos é uma das minhas maiores felicidades na vida.

Adventures Map
www.linkedin.com/in/renancavichi

5 Posts

See More

6121 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Fabio Fliess, Peter Tofte and 386 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Peter Tofte, Renan Cavichi and 142 others support the Together page.