AventureBoxExplore
Create your account
Trilha do Rio Mogi | Paranapiacaba x Cubatão

Trilha do Rio Mogi | Paranapiacaba x Cubatão

Trekking próximo a capital paulista. A travessia desce a serra saindo da cidade de Paranapiacaba e segue as margens do Rio Mogi até Cubatão.

Trekking Waterfall Camping

Este relato de 2009 foi recuperado do antigo Blog Piá Ventura, que era escrito por mim, Jeff Almeida, Carol Emboava, Ederson Wagner e Mariana Ricatieri. Aos poucos estamos trazendo as publicações aqui para o AventureBox, acompanhe no perfil desta galera ;)

O convite para a trilha do Rio Mogi (Travessia Paranapiacaba / Cubatão) partiu de nosso amigo Lex Blagus, que já realizou diversas incursões na região, e como não poderia comemorar seu aniversário de outra forma, organizou a trilha convidando outros amigos trilheiros e leitores do seu blog, formando um grupo de 8 pessoas.

Comemoramos também o início de uma das mais belas aventuras de nosso amigo gaúcho que a pouco tempo recebera a notícia que seria pai.

Jeff Almeida, Celso, Marcão, Joana, Lex, Eu, Gaúcho e “Tio” Edu Amador

A organização para trilha começou por email algumas semanas antes, onde foi estabelecido o cardápio, checklist de equipamentos e horário de encontro do grupo.

No dia 13 de novembro nos encontramos na estação da Luz em São Paulo, eu e Ederson (Tchê) partimos de Caraguatatuba, Marcos de Jundiaí, Jeff de Mogi das Cruzes e o restante de São Paulo.

Pegamos o trem até Rio Grande da Serra, e logo em seguida um circular até Paranapiacaba onde estava acontecendo o encontro de bruxas e magos no cemitério da cidade (percebemos alguns seres estranhos no ônibus rsrs). Fizemos os últimos ajustes na mochila, colocamos os headlamp e entramos na trilha.

Logo chegamos ao primeiro acampamento, montamos as barracas e como os “100m” de caminhada foram muitoooo cansativos, a janta foi uma bela feijoada. Não demorou muito para todos sentirem que o entrosamento do grupo era muito legal, mas as piadas e histórias não foram suficientes para a poderosa feijoada que logo derrubou a todos e garantiu uma boa noite de sono.

O dia seguinte começou com um café da manhã com direito a pão sírio, presunto, queijo e capuchino. Com acampamento desmontado iniciamos descida da serra, muitas nascentes de água pelo caminho garantem uma boa hidratação.

Após 3 horas de caminhada começamos avistar o Rio Mogi cortando a mata. Uma imagem belíssima para todos aqueles que apreciam os encantos da natureza.

Chegando ao rio começamos a procurar o lugar para o segundo acampamento, Lex caminhou alguns metros rio a baixo para mapear a região e logo voltou para nos guiar até a pedra do pulo onde encontramos dois novos amigos, André e Fabrício.

Antes de montar acampamento um bom banho de rio e alguns saltos da pedra do pulo foram o ideais para relaxar e descontrair.

Acampamento montado aproveitamos para tirar algumas fotos na caída da noite enquanto um belo carreteiro e um cozido de legumes já estava no fogo. Muitos causos e piadas garantiram o bom humor no acampamento.

No dia seguinte mais um café de primeira para garantir energia e seguir a trilha rio a baixo. A trilha pelo rio exigiu muita atenção ao caminhar entres as pedras para não torcer o pé ou escorregar, levando em conta que o peso da mochila poderia ser um inimigo para o equilíbrio. Esse trajeto seria bem complicado sem um bastão de caminhada ou um cajado improvisado.

A paisagem na descida do rio é fantástica, logo chegamos a uma pequena queda d’água com um posso muito convidativo que garantiu a descontração da galera.

Descendo o rio desviamos alguns metros para vislumbrar um paisagem fantástica de uma queda d’água que corre por entre uma parede de pedra que garantiu algumas belas fotos e uma súbita incorporação de Tarzan em nosso amigo Lex rsrs :D

Retomando o percurso, logo chegamos a Cubatão e entramos em uma pequena trilha a esquerda que leva até a casa do pacato Sr. João, que nos recebeu com um bom café.

Logo adiante chegamos aos trilhos da ferrovia ativa, e paramos na estação abandonada para recompor os trajes secos e calçados.

Mais alguns quilômetros margeando os trilhos chegamos ao final da caminhada onde fica o ponto de ônibus e final da jornada.

A expedição em geral não poderia ter sido melhor, o entrosamento entre a galera se mostrou de primeira mesmo a maioria se conhecendo pouco, a comida estava excelente (palmas para Joana que fez todos os preparativos), o tempo ajudou muito.

Por fim com toda amizade e companheirismo que se firmou nos restou a certeza de que muitas aventuras ainda estão por vir.

Até a próxima!

Renan Cavichi
Renan Cavichi

Published on 10/09/2015 10:17

Performed from 11/13/2009 to 11/15/2009

5 Participants

Jeff Almeida Lex Blagus Joana Rocha Ederson Rafael Wagner Piá Ventura

Views

10735

10
Leandro Paschoalin
Leandro Paschoalin 10/11/2015 23:02

Cara...Vou fazer uma bem selvagem de Bertioga para Cubatão uns 3 dias mais ou menos, essa não tem trilha demarcada estou estudando o trecho e pretendo fazer até o final de outubro, o que Vc acha de vir com a gente?

Renan Cavichi
Renan Cavichi 10/14/2015 09:23

Massa, acho que esse mês não tenho mais 3 dias direto, mas valeu o convite! Ainda quero conhecer mais a região por aí! A Funicular da pra fazer em dois dias Leandro?

Leandro Moda
Leandro Moda 10/16/2015 19:17

Ótimo post! Estou querendo trilhar por essa região há alguns anos... sabe informar se o acesso é controlado? Ouvi alguma coisa sobre gente sendo parada por guardas florestais, mas não me lembro se era nesse trecho.

Renan Cavichi
Renan Cavichi 10/16/2015 21:44

Valeu Leandro! Também não tenho certeza, tinha uma informação que a Funicular (Ferrovia) estava proibida por conta do risco dos trilhos e pontes abandonadas, mas o pessoal por conta e risco entrava na trilha em um trecho depois das guaritas. Essa do Rio Mogi e a da Ferradura que também é bastante conhecida acredito que não tenha nenhuma restrição.

Renan Cavichi
Renan Cavichi 10/16/2015 21:47

No perfil da Bruna Fávaro tem um post sobre a trilha da Ferradura da Fumaça, dá uma olhada, e o Leandro Paschoalin, que comentou anteriormente, também conhece bem! Tem muitas trilhas na região e são muito bonitas! Vale a pena!

Leandro Paschoalin
Leandro Paschoalin 10/19/2015 12:03

A Funicular é bom entrar por Cubatão, ai não tem erro, pois la na vila os guardas não deixam entrar.Mas caso quiser entrar por Paranapiacaba tem um macete.Na rua do lado do cemitério na ultima casa do lado direito mora um alemão sangue bom que toma conta de carros, no fundo do quintal dele tem uma trilha que vai para o mogi e funicular, só deixar um trocado com ele que ele libera tranquilo.Os outros picos e cachoeiras da na região da vila Mercenária somente com "guias".Mas se for com alguém que conheça dá pra burlar as principais passagens e ir tranquilo.

Carlos Araújo
Carlos Araújo 10/20/2015 21:25

Eu queria tanto fazer essa rota... mas sem quem tem experiência não dá....

Leandro Moda
Leandro Moda 10/21/2015 20:54

Renan e Leandro, Obrigado pelas dicas!

Renan Cavichi

Renan Cavichi

Caraguatatuba - SP

Rox
4867

Apaixonado por atividades outdoor e aventuras. Explorar as belezas naturais do nosso mundo na companhia dos amigos é uma das minhas maiores felicidades na vida.

Adventures Map
www.linkedin.com/in/renancavichi

5 Posts

See More

6182 Following



Minimum Impact
Manifesto
Rox

Fabio Fliess, Renan Cavichi and 396 others support the Minimum Impact Manifest


Together
Inclusive Adventures
Rox

Peter Tofte, Fabio Fliess and 150 others support the Together page.