AventureBoxExplore
Create your account
Trilha Praia da Fome – Ilhabela/SP

Trilha Praia da Fome – Ilhabela/SP

Localizada no lado norte de Ilhabela, a calma e bela praia da Fome, com águas transparentes, areias claras e rodeada pela mata atlântica é f

Hiking Navigating

Localizada no lado norte de Ilhabela, a calma e bela praia da Fome, com águas transparentes, areias claras e rodeada pela mata atlântica é famosa pelas condições ideais para a pratica de mergulho.

Mas não para por ai, a praia também é parte de um capitulo triste da história do Brasil, o nome “Praia da Fome” vem do fato de que ali eram tratados e alimentados os escravos que vinham da África, para que depois fossem vendidos a um preço maior. No passado era um dos pontos de tráfico de escravos e atualmente as ruínas de uma antiga senzala se tornou uma casa de veraneio a beira mar por lá.

Características:

Dificuldade: Leve/ nível 2 – Entenda
Distância: 7,28 km
Altitude Máxima: 256 m
Circular: sim

A trilha

A trilha começa exatamente onde termina a estrada que sai da balsa, quando entrar no Parque Estadual de Ilhabela ela vira estrada de terra, não existe estacionamento, então se você for com mais de um carro ou se já tiver um carro no fim da estrada o ideal é voltar na praia do Jabaquara que fica a poucos metros antes e deixar o carro em um estacionamento.

O começo dela é longe da encostas, então os primeiros 20 minutos é subindo um pouco e indo para a esquerda em direção ao mar, depois das primeiras e belas visões do mar, ele vai ser seu companheiro quase que o tempo todo do lado esquerdo da trilha.

Continuando a trilha depois de quase 30 minutos vem o trecho confuso. Você vai chegar em um local que parece um terreno abandonado, em teoria tinha uma casa ali ou será construída uma casa por ali. Se você olhar a trilha que esta seguindo, ela vai continuar para a esquerda e descendo, porém, esse não é o caminho, ele te leva até um mini pier e você vai ter que subir tudo de novo. (Se estiver com tempo vale a descida, o visual é muito bonito), esse foi nosso primeiro erro.

Quando chegar nesse terreno, do seu lado direito vão estar 2 moirões de madeira formando uma passagem na cerca, esse é o caminho que você deve seguir.

Desça essa trilha, passe por uma pinguela sobre um pequeno rio e siga para a esquerda subindo um pouco. Você vai chegar em outro terreno, a trilha esta exatamente a direita, assim que chegar nesse terreno olhe para sua direita e verá um vão na cerca iniciando uma subida. Esse foi nosso segundo erro, o mato estava alto, não achamos essa entrada de primeira, achamos que tínhamos errado o caminho, voltamos e pegamos uma trilha a direita, subindo uma pirambeira beirante uma cerca de arame, não façam isso rsrsrs

Após esse trecho praticamente não tem mais erro, você vai começar a subir e vai manter o mar sempre a sua esquerda e sempre por perto, se começar a se afastar muito dele é porque errou o caminho.

Com cerca de 2 km de trilha vão começar algumas descidas bem ingrimes, tome cuidado por lá que são escorregadias. Você ainda vai encontrar dois trechos que parecem bifurcações a esquerda em meio as pedras, a primeira parece mais local onde passa água indo para o mar, não entre nela pois você vai descer até a encosta, a segunda já fica próxima a primeira casa, também não desça a esquerda, mantenha a direita para contornar a casa.

Passando a primeira casa, você vai ver um bambuzal do lado direito, siga em direção a ele e as casas começarão a aparecer, a praia fica logo depois das casas.

A praia é pequena, com um belo casarão no meio dela, alguns barcos de pesca e alguns barcos de turista. Nos disseram que na temporada lota de barcos e ai o encanto deve ser bem menor.

Uma ultima dica, de hora em hora vem uma onda que cobre toda faixa de areia, chinelos, botas e tudo mais que estavam no chão foram levados para o pequeno rio no lado esquerda da praia…não deixe nada solto na areia kkkk

Depois de curtir a praia, você pode voltar todo o caminho a pé, ou fazer igual fizemos, contratamos um dos moradores para nos levar de volta a praia do Jabaquara de barco de pesca, uma experiencia diferente e divertida, sabe aquelas barcos que balançam de verdade e tal? Então, esse mesmo…vale a aventura

Tiago Borges
Tiago Borges

Published on 10/19/2016 17:43

Performed on 07/30/2016

Views

4685

3
Bruna Fávaro
Bruna Fávaro 10/19/2016 18:22

Puxa, parece super exclusiva. Demais!

Tiago Borges
Tiago Borges 10/19/2016 20:21

No verão ela "bomba", as agencias levam a galera de lancha e escuna e ai lota a pequena faixa de areia...o melhor é ir fora da temporada para curtir por lá

Paulo Lima
Paulo Lima 10/28/2016 10:47

bacana